aí está o Tour na sua grandeza, com um percurso duro a valer

Será o Tour mais duro de sempre ? Pelo menos os sprinters não terão muitas etapas para se exprimir, em especial depois de entrarem na segunda semana da prova. Com etapas em que quase todas estão providas de grandes dificuldades, a prova marca o regresso dos pavês, e em grande quantidade, um C/R por equipas de 35 kms, que favorecerá as equipas ainda mais fortes, como o caso da Sky, e um C/RI muito seletivo são pormenores a acrescentar para um vencedor que terá de ser um ciclista de excelência.

Uma prova bem pensada, com um percurso que privilegia a alta montanha e onde até o C/RI é bastante duro, e nada propenso para os grandes especialistas.

A etapa mais dura, com um acumulado de mais de 5000 metros , e cujo perfil se anexa , reúne três montanhas ícones da história do Tour, la Madeleine, Croix de Fer e L’ Alpe d’ Huez. O regresso dos pavés poderá, de alguma forma, condicionar muitos vaticínios, pois numa simples etapa algum favorito poderá ficar pelo caminho, vitima  de um azar, que vai haver para alguém, com quase toda a certeza.

É o Tour na sua grandeza, marcado por duas longas transferências de avião, e para quem se queixa que a Volta a Portugal não percorre todo o território nacional, é bom que ponham os olhos no Tour, a prova mais importante do mundo, e talvez possam mudar de ideias.

As etapas em pormenor:

Etapas Data Partida Chegada Quilometragem e apontamentos
1 7/7/2017 Noirmoutier-en-Ile Fontenay-le-Conte 195km
2 8/7/2017 Mouilleron-Saint-Germain La Roche-sur-Yon 183km
3 9/7/2017 Cholet Cholet 35km (C/R equipas)
4 10/7/2017 La Baule Presqu’Île de Rhuys (Sarzeau) 192km
5 11/7/2017 Lorient Quimper 203km (Percurso valonado tipo clássica)
6 12/7/2017 Brest Mûr-de-Bretagne (Guerlédan)  181km ( Chegada após duas passagens pela meta)
7 13/7/2017 Fougères Chartres  231km (etapa mais longa da prova e com vento)
8 14/7/2017 Dreux Amiens 181km
9 15/7/2017 Arras Roubaix  154km (15 sectores de  pavés num total de 21,7km , máximo até agora no Tour )
Jour de repos – Transfert vers Annecy
10 17/7/2017 Annecy La Grand-Bornand  159km (passagem pelo Col de la Croix Fry, Glières o  Côte de Romme e o  Col de la Colombière)
11 18/7/2017 Albertville La Rosière (Montvalezan)  108km (passagem pela subida  de Bisanne, le Col du Pré, le Cormet de Roseland, Col du Petit Saint-Bernard,)
12 19/7/2017 Bourg-Saint-Maurice L’Alpe d’Huez  175km (passagem pelo Col de la Madeleine, l Lacets de Montvernier, Croix de Fer, acumulado  record do Tour de 5000 metros)
13 20/7/2017 Bourg-d’Oisans Valence  169km (unica ocasião para os sprinters na 2ª semana)
14 21/7/2017 Saint-Paul-Trois-Chateaux Mende  187km (Passagem pelo Col de la Croix Berthel)
15 22/7/2017 Millau Carcassone  181km
Descanso em Carcassonne
16 24/7/2017 Carcassone Bagnères-de-Luchon  218 (passagem pelo Portet d’Aspet,  Col de Menté, incursão em Espanha e Col du Portillon)
17 25/7/2017 Bagnères-de-Luchon Col de Portet (Saint-Lary-Soulan)  65km (passagem por Peyragudes, Col de Val Louron-Azet, t final com passagem pelo col de Portet mais  de 38 kms de subidas)
18 26/7/2017 Trie-sur-Baïse Pau 172km
19 27/7/2017 Lourdes (Sanctuaire) Laruns 200km (passagem pelo Col d’Aspin,  Col du Tourmalet, Col des Bordères, Col du Soulor e Aubisque)
20 28/7/2017 Saint-Pée-sur-Nivelle Espelett 31km (CLM)  – Quatro subidas  com passagens a 21%)
21 29/7/2017 Houilles Paris 115km