Daniel mestre , afinal, não trocou o ciclismo nacional

A notícia que vinculamos ontem a possível saída de Daniel Mestre para França não se confirmou, o que poderá ser uma boa notícia para o ciclismo nacional.  Na verdade, a modalidade tem vindo, nos últimos anos a sofrer uma debandada de ciclistas para a cena internacional, alguns deles demasiado jovens, tentados pela ganância dos empresários, que pensam encontrar um filão de onde, menos esperam.

Alguns ciclistas são incorporados em equipas, sem as condições da grande maioria das equipas nacionais, com a esperança que possam passar a uma equipa de maior dimensão, do que aquelas em que alguns militam atualmente.

Caso não se venha a confirmar a saída de Daniel Mestre para uma equipa internacional, o que parece ser o caso, segundo o ciclista hoje confidenciou, será bom, repetimos, para a modalidade internamente, onde os vencimentos começam já, com uma velocidade maior, a serem tentadores e a não justificarem a troca por um ciclismo internacional duvidoso.