fim de smena louco em Oliveira de azeméis – Gonzalez (Sporting) venceu troféu bruno neves

Quem tinha a convicção que o ciclismo nacional, pós Volta a Portugal não tinha pernas para andar, deve ter ficado um pouco entalado, com a demonstração dada pelos ciclistas que comparecerem neste fim de semana, para participarem, em duas provas, ambas disputadas de principio ao fim, com um alto nível competitivo.

Hoje, no Troféu Bruno Neves, foram muitas as tentativas de fuga, e os menos preparados, em especial as equipas de sub-23, onde faltaram as formações do Mortágua e Liberty Seguros, não tiveram qualquer hipótese.

Se ontem Domingos Gonçalves foi o vencedor isolado, hoje a marcação que lhe foi feita pelos seus adversários não lhe deram qualquer hipótese, foi o sportinguista Mario Gonzales, a aproveitar num forte ataque, para se isolar, a cerca de 10 kms para a meta, ganhando com uma vantagem confortável, à frente de Joaquim Silva e Domingos Gonçalves, numa chegada bastante dura,  que talvez que, com menos uma volta fosse o mais certo, para altura da época, o tipo em que foi disputada em circuito, e a rudeza do percurso.

Com esta prova terminou a temporada de 2017, bastante cedo, sendo de enaltecer o arrojo demonstrado pela Escola Ciclismo Bruno Neves, pela sua realização  nestas datas, numa aposta ganha, dado o empenho dos ciclistas. Lamente-se, contudo, a ausência das duas mais importantes formações de sub-23, que poderiam proporcionar à competição um maior interesse.

Classificação:

1º Mario Gonzalez- ( Sporting ) – 2.48.43

2º Joaquim Silva – / W52 -FCPorto) – a 30 ”

3º Domingos Gonçalves ( RP-Boavista) – a 33

4º Jeus del Pino ( Efapel) a 34

5º Luis Mendonça ( Louletano ) 36

6º Valter Pereira ( Sporting) – mt

7º César Fonte – ( LA-Metalusa) a 44

8º Xuban Errasquin ( RP-Boavista) – 55

9º Bruno Silva ( Efapel) a 1.07

10º Ivo Oliveira ( Axxeon ) – a 1.29

Por equipas:

1ª Radio Popular – Boavista.

Metas volantes – Luis Gomes ( RP-BFC)

Juventude – Xuban Errasquin ( RP-BFC)

Sprints especiais – Nuno Almeida ( Louletano)

Montanha– Rafel Silva ( Efapel)