Antevisão da 6ª Etapa

Amanhã teremos a 6ª etapa que ligará Braga a Fafe numa extensão de 182,7km. A etapa aperfila-se como uma etapa bastante dura e irá conter três Metas Volante e quatro Contagens de Montanha, com claro destaque para a subida ao Alto do Viso, subida catalogada como sendo de 1ª categoria.

A etapa passará também pelo mítico Salto da Pedra Sentada, em Fafe, local esse que é aparição habitual do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) e que costuma proporcionar saltos impressionantes nesse campeonato. Amanhã, será, uma Contagem de Montanha que por sinal será bastante dura para todos os ciclistas desta Volta a Portugal em Bicicleta. A W52 – F.C. Porto parte, mais uma vez, como a grande favorita à vitória na tirada. A tirada, em princípio, acabará num pelotão reduzido devido à dureza que esperará o pelotão no dia de amanhã.

Como já foi referido, a W52 – F.C. Porto parte como clara favorita à tirada, no entanto há alguns nomes que querem quebrar a hegemonia e a supremacia da equipa nortenha. Em primeiro plano aparecem os nomes de Vicente García de Mateos e de Daniel Mestre. Eles que hoje mostraram que estão bem e que amanhã estarão, caso não aconteça nenhum azar, na luta pela vitória. O duo do Sporting – Tavira, Rinaldo Nocentini e Alejandro Marque, amanhã quererá mostrar-se e tentar levar de vencida a tirada. César Fonte mostrou hoje que poderá ser um homem a ter em conta para a tirada de amanhã. João Benta também entrará na luta, ele que tem estado bastante regular e a apresentar-se em boa forma na Volta. Davide Rebellin terá amanhã outro dia para tentar levar de vencida uma etapa na 79ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta. Krists Neilands também terá uma palavra a dizer, ele que já mostrou dotes quer a subir, quer a sprintar e poderá mesmo causar uma surpresa no dia de amanhã.
Estamos em crer que Raúl Alarcón seguirá na liderança da classificação geral após a etapa do dia de amanhã. A supremacia demonstrada pela W52 – F.C. Porto faz pensar que será impossível, ou quase impossível, a equipa perder esta 79ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta. Esperam-se ataques durante a tirada de amanhã, até porque, a Volta está quase a atingir a segunda parte e há ciclistas que têm que começar a pensar em atacar a W52 – F.C. Porto caso queiram levar de vencida a Volta. Claro está que não será fácil, visto que a W52 – F.C. Porto tem uma super equipa e tem dominado o pelotão, o que faz com que as outras equipas não consigam atacar, mas tudo isso poderá mudar amanhã, caso haja ataques de várias equipas. Temos os ingredientes todos para ter uma boa etapa amanhã e com possivelmente mais ataques que no dia de hoje.

Tiago Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *