João Portela vencedor do 2º Prémio José Amaro

O contra-relógio colectivo de 9,9 quilómetros foi decisivo para o desfecho do 2º Prémio José Amaro, prova de masters open realizada neste fim-de-semana. A equipa do CC Salvaterra venceu o exercício colectivo, corrido em Grândola, conseguindo com isso ganhar a geral individual, através do elite João Portela, mas também as classificações de veteranos A, por intermédio do antigo profissional e actual comentador televisivo Paulo Martins, e de veteranos B, pela mão de Vítor Faria. Só escapou a classificação de masters C, que foi conquistada pelo campeão nacional do escalão, Tito Timóteo (Aluvia/Valongo).

O contra-relógio por equipas foi a última das três etapas da competição. A primeira foi conquistada por João Portela. A segunda tirada, 73,6 quilómetros entre Melides e Grândola, foi ganha por Rui Rodrigues (Crédito Agrícola/Fundiarte/CC Litoral Alentejano), que, graças ao desempate por pontos, passou a liderar a geral individual. O contra-relógio vespertino de ontem, devolveu a camisola amarela a João Portela.

O CC Salvaterra juntou a vitória colectiva aos triunfos individuais e ainda viu o seu corredor Carlos Gomes conquistar os sprints especiais. O individual João Martins sagrou-se melhor trepador e Luís Romão (Sintra CC/Viveiros Vítor Loureço) levou para casa a camisola dos pontos.

1 comentário a “João Portela vencedor do 2º Prémio José Amaro”

  1. 3 Amigos de PARABENS.
    João Portela, Paulo Martins e Luis Romão. continuação de bosn resultados

Os comentários estão fechados.