quem será o mais combativo do tour

O mais combativo do Tour ? Uma pergunta dificil de responder, de caráter subjetivo, pois não há uma fórmula que possa objetivamente definir o melhor neste domínio.

É um prémio sempre discutido e sempre criticado qualquer que seja o nomeado. Este ano o tema não foge à regra, quando os componentes do juri se reunirem para elegeram o mais combativo, as criticas vão chover.

A combatividade deverá implicitamente estar ligada aos grandes momentos, de uma prova, para eleger o super combativo, ou de uma etapa. No caso de uma etapa, qual será mais combativo ? O ciclista que andou 150 kms isolado e que pouco interfere na geral individual, ou aquele que, nos ultimos 20 kms dessa etapa atacou para tentar ganhar isolado, com vista a melhorar a sua classificação ?

No caso do super combativo, será a qualidade dos seus ataques a ser preponderante, ou será o ciclista que mais vezes andou isolado ?

São questões oportunas, seja como for, o prémio da combatividade é um dos mais prestigiados prémios de uma prova, e não deve ser banalizado, como por vezes tem acontecido na Volta a Portugal. A sua nomeação carece de seriedade, de estudo profundo pois, em termos mediáticos é um dos maiores galardões que um ciclista pode ter no final de uma competição.

Quem será o super combativo do Tour 2017 ? Para os que gostam de muitos ataques, mas pouco influentes para o desenrolar da prova, poderemos nomear Thomas de Gendt, para quem mexeu com a corrida será Bardet ou Barguil, a subir ao pódio.

A resposta aguarda confirmação e nomeações.

1 comentário a “quem será o mais combativo do tour”

Os comentários estão fechados.