Marque voou em Nelas e Daniel Mestre aproxima-se da liderança da Taça

Um C/R digno de uma Volta a Portugal, com um bom traçado, totalmente fechado ao trânsito, marcou a primeira etapa do Prémio do Dão, que registou o triunfo de Alejandro Marque, com um tempo canhão, em relação aos seus mais diretos adversários.

A realçar, neste dia inaugural, o fator sorte, com que o tempo decidiu brindar alguns ciclistas. Se o percurso não era perigoso, em tempo de chuva, algumas passagens tinham elevada percentagem de risco, principalmente na travessia de pequenas aldeias, em que o piso era de paralelo, talvez por isso, os tempos registados possam, para alguns ciclistas ser penoso.

Ultima jornada da Taça de Portugal, o C/RI de hoje colocou Daniel Mestre, num excelente lugar para poder, amanhã, pensar no triunfo desta competição.

Daniel Mestre que acabaria por ser a grande sensação, foi segundo no C/R, com Domingos Gonçalves a ocupar o terceiro posto.

António Angulo, LA-Metalusa, atual guia da Taça, foi 26º e as suas hipóteses não são as melhores, com a aproximação de Mestre e Gonçalves.

A prova termina amanhã, com a ligação penalva – Viseu, com um circuito final, no centro da cidade de Viriato, bastante duro.

Classificação: