Faleceu roger pingeon

roger

Roger Pingeon faz parte do imaginário coletivo da geração dos anos sessenta, Com 77 anos, o antigo vencedor do Tour e de uma Vuelta faleceu hoje, em Beaupont, vitima de um ataque cardíaco.

Conhecido pela sua fragilidade psicológico, era um estratega em corrida, com uma visão tática que, muitas vezes lhe foi útil em momentos decisivos. Assinou pela equipa Peugeot,  em 1964, com um ordenado de miséria, ganhava o ordenado mínimo nacional francês, única maneira de encontrar um lugar na equipa francesa.

roger1

Foi o vencedor do Tour em 1967, graças a uma fuga longa, que lhe deu vantagem suficiente para gerir até ao final da prova, mas o seu triunfo não foi obra do acaso. Em 1969 foi segundo logo atrás de Eddy Merckx, no ano de estreia de Agostinho no Tour. Nesse mesmo ano, Pingeon venceria a Vuelta.

A morte levou-o cedo demais, numa altura em que a organização do Tour estaria a planear uma homenagem para comemorar o 50º aniversário da sua vitória no Tour.

 

Célèbre pour son échappée solitaire à Jambes (Belgique), qui lui avait permis de remporter l’édition 1967 du Tour de France, le cycliste Roger Pingeon est décédé dans la nuit de samedi à dimanche. «Il a été foudroyé ce matin vers 4h00 par une crise cardiaque», a expliqué à l’AFP Georges Gouly, le maire de Beaupont, dans l’Ain, où résidait l’ancien champion depuis plusieurs années.

Surnommé «l’échassier», Pingeon avait, outre sa victoire sur le Tour 1967, pris la deuxième place de l’édition 1969 (derrière Eddy Merckx) et remporté cette même année le Tour d’Espagne. Connu pour son intelligence de course, mais aussi pour son moral fragile, il a vécu ses plus belles années (1965-1972) au sein de l’équipe cycliste Peugeot.

Il devait fêter cette année le 50e anniversaire de sa victoire sur la Grande Boucle.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *