Volta a Portugal : retificação informativa

Na edição de ontem publicamos a possibilidade da Volta a Portugal ser colocada em concurso, noticia que terá sido adulterada pela nossa parte, sem que estivesse subjacente qualquer interesse, em favorecer ou desfavorecer a nossa intenção informativa.

Na verdade, será apenas intenção da FPC  elaborar um novo caderno de encargos e um novo modelo de concessão, cujas condições serão tornadas públicas até 31 de dezembro, dado que o contrato firmado entre a FPC e a Podium termina em 2017, e não a efetivação de um concurso publico.

O novo caderno de encargos abrange um  período de oito anos, e a decisão final será conhecida em abril de 2018.

À Podium e muito em especial a Delmino Pereira, o nosso pedido de desculpa pela informação ontem vinculada, e que teve como base uma entrevista dada pelo atual Presidente da FPC a um jornal desportivo.