A HISTÓRIA DO CICLISMO NA UVP/FPC

Numa altura em que o ciclismo parece ter entrado em hibernação, as equipas, contudo, continuam a constituir-se e a prepara-se a bom ritmo para a nova época.

Aproveitando esta aparente paz, faço referência a uma área específica da página de internet da UVP/FPC. Quem conhecer o canto onde a história do ciclismo foi arrumada, e tiver gosto pelo conhecimento do passado da modalidade em Portugal (sempre útil), com toda a certeza, já por lá passou.

Os dados disponíveis são essencialmente estatísticos, nomeadamente, locais de partida e chegada da Volta a Portugal, os vencedores de praticamente todas as competições em Portugal ou participações em eventos internacionais. Também temos acesso a momentos e datas importantes do ciclismo português, seleccionados, na sua grande maioria, como momentos consensuais.

O trabalho, não sendo fácil, foi feito arquivísticamente, com as dificuldades inerentes às falhas dos arquivos da Federação, designadamente, porque bastantes documentos importantes infelizmente desapareceram num incêndio ocorrido na sede da Federação.

O essencial da pesquisa, tanto quanto se sabe, foi feita por Guita Júnior, a quem devemos agradecer a organização de informação a que, de forma rápida, podemos ter acesso. No entanto, ao trabalho deste ilustre jornalista, já podia a Federação ter, com facilidade, ter actualizado os dados disponíveis.

Quem consultar os tais dados verá que muitas informações terminam há cerca de quatro anos, inclusive, o presidente em exercício de funções assinalado. Quem desconhecer a modalidade pensará que Artur Moreira Lopes ainda é o presidente da Federação.

Existem também alguns lapsos visíveis, nomeadamente, com a inscrição de vitórias já retiradas em virtude de controlos anti-doping positivos.

Nos medalhados assinalados, não pode deixar de se reparar na falta da vertente de btt, tanto no xco, como nas maratonas.

Apesar da desactualização que pode facilmente ser corrigida e melhorada, para quem gosta de ciclismo, este não pode deixar de ser um ponto de visita, sobretudo agora, quando temos mais tempo, durante a pré-época.
Luís Gonçalves