VOLTA A PORTUGAL JÁ TEM PARTIDAS E CHEGADAS DELINEADAS

A Volta a Portugal já tem um percurso delineado, não fugindo à tradição dos últimos anos,ou seja com um peso excessivo dos C/R na decisão do vencedor e com bastantes neutralizações.

A prova ir-se-á iniciar em Oliveira de Azeméis, cidade que já acolhe duas   competições do calendário nacional  de estrada, com Hermínio Loureiro mais uma vez, a apostar num dia grande para o seu concelho.  Será um prólogo, disputado em C/R, faltando saber se individual ou por equipas.

A primeira etapa ligará outra cidade que, nos últimos anos tem feito uma ligação frutuosa com a modalidade, referimo-nos a Ovar que fará a ligação á cidade dos arcebispos, Braga. Uma chegada em alto ? Ou  em pleno centro da cidade, depois da Falperra ?

A segunda etapa irá levar a caravana de Viana do Castelo a Fafe, onde se espera algumas emoções, com a inclusão nos quilómetros finais da etapa, de um troço em macadame de 2,2 kms, que vai provocar alguma curiosidade, e talvez um bom momento televisivo.

Segue-se uma neutralização até Montalegre, em pleno nordeste transmontano, onde a tirada parte para chegar a Macedo de , numa região que pode proporcionar um bom momento competitivo.

A prova continua na região, com a partida no dia seguinte de Bragança para uma chegada mítica, à Sª da Graça, demasiado cedo na cronologia da prova, e com os ciclistas ainda com muitas reservas físicas, para provocar grandes diferenças.

De Mondim de Basto os ciclistas rumam a Lamego, local de início da etapa que vai terminar a Viseu, normalmente uma tirada sem qualquer dificuldade.

A seguir vem o dia de descanso em Viseu, cidade que já nos habituou a receber a caravana nesta fase da corrida.

De Viseu nova neutralização para Belmonte, onde dizem estará concentrada a etapa rainha, que termina na Guarda, com passagem pelas Penhas da Saúde e Torre, confirmando-se que a Volta, apenas passa pela mítica subida, para terminar na cidade mais alta de Portugal.

Depois a caravana vai a correr para Figueira de Castelo Rodrigo bpara chegara a Castelo Branco, cidade de Marçal Grilo, etapa sem dificuldades de maior.

Uma novidade na Volta será esta que ligará a Nazaré a Arruda dos Vinhos, duas estreias na prova, e um prémio para a região do Oeste.

Depois nova neutralização para a penúltima etapa partir de Alcacer do sal para chegara a Setúbal, com passagem pela serra da Arrábida.

Para final, a ligação Vila Franca de Xira a Lisboa em C/RI, faltando saber a sua extensão.

Resumo das etapas:

27 de julho – Prólogo em Oliveira de Azeméis.

28 de julho – 1ª etapa – Ovar – Braga

29 de julho – 2ª etapa – Viana – Fafe

30 de julho – 3ª etapa – Montalegre – Macedo

31 de julho – 4ª etapa – Bragança – Sª da Graça

1 de agosto – 5ª etapa – Lamego – Viseu

2 de agosto – Descanso em Viseu.

3 de agosto – Belmonte – Guarda

4 de agosto – F. Castelo Rodrigo-  Castelo Branco

5 de agosto – Nazaré – Arruda dos Vinhos

6 de agosto – Alcácer do Sal – Setúbal

7 de agosto – V. Franca – Lisboa C/RI