David Blanco quer ser recordista da Volta

O vencedor da Volta a Portugal de 2008, David Blanco (Palmeiras Resort-Tavira), não se contenta com o facto de ser o único estrangeiro a ter bisado na prova-rainha e afirma querer igualar o recorde de vitórias na Volta, que pertence a Marco Chagas, com quatro triunfos. De visita ao Festival Bike, em Santarém, onde está a dar uma sessão de autógrafos no espaço do importador das bicicletas Bianchi, que equipa os tavirenses, o galego declarou que continua a sentir-se em forma e que, apesar dos 33 anos, ainda não sentiu qualquer perda de rendimento.

“Gostaria de empatar com o Marco (Chagas), mas ainda tenho de ganhar mais duas e está complicado”, gracejou o ciclista, citado pela Agência Lusa. “O que me deixa mais contente é que a cada ano que passa consigo subir um escalão e ainda não comecei a andar para trás, por isso, penso que posso continuar a lutar para ganhar”, explicou David Blanco.

O vencedor da Volta deste ano mostrou-se incomodado com os novos controlos, em busca de CERA, que serão feitos às amostras de sangue recolhidas durante aquela prova. “Parece que temos de demonstrar dez vezes que somos inocentes e os outros desportos já são inocentes antes de fazer as analises e o controlo. É o que há e o problema é que um ciclista não pode dizer não a estas coisas, porque, se não, já é culpado antes de fazer as análises”, sintetizou o galego.

O futuro de David Blanco continua a passar pela equipa de Tavira, com a qual ainda não formalizou o vínculo para as próximas duas temporadas, embora faltem apenas pequenos acertos e o acordo esteja praticamente alcançado para a renovação contratual.

Foto: PAD/JLS