Doping : ciclismo no bom caminho

Afinal, no contexto mundial, na luta contra a dopagem, o ciclismo tem vindo a ganhar pontos a todas as outras modalidades. Segundo dados que recolhemos junto da Agencia Mundial Anti dopagem e do Movimento para um Ciclismo Credível ( MPCC), o ciclismo já não é a principal modalidade envolvida nestes escândalos, contudo, os grandes meios de informação têm escamoteado a situação.

Assim, e conforme podemos avaliar no gráfico que anexamos, o ciclismo tem baixado significativamente os seus casos de doping, sendo já ultrapassada por quatro modalidades, muito embora muitas outras, como o ténis, por exemplo, não revelam publicamente os seus casos positivos, o que foge à malha estatística.

Atualmente o atletismo, é a modalidade com maiores problemas, e só o é agora, porque só agora os seus dirigentes foram pressionados para publicarem os casos positivos dos seus atletas. O recente escândalo que envolveu atletas russos e que poderá impedir a Russia de participar nos JO do Rio, na modalidade de atletismo, é bem significativo da envolvência de atletas e dirigentes deste disciplina desportiva, e cujos problemas se arrastam para os países africanos, cujos atletas dominam as várias maratonas realizadas no nosso país.

Já o ano passado o atletismo tinha sido, de longe, a modalidade com maior numero de casos, 95, mais 33 casos que o beisebol, a segunda modalidade mais atingida. Este ano, o atletismo continua a ser a modalidade mais penalizada, com 26 casos até 26 de agosto, a que se seguiram inopinadamente mais 15 casos positivos, por ocasião dos campeonatos do Mundo.

Em termos de países,  a Rússia é o país com maior numero de atletas envolvidos, logo seguido pelos Estados Unidos, Reino Unido e a Bulgária.
Parafraseando o antigo presidente da IAAF, o africano Lamine Diack que opinou” Que nós não somos o ciclismo.”, afinal começa a desvendar-se o mundo oculto de uma modalidade desportiva, esperando-se agora que muitas outras comecem a divulgar publicamente os seus casos de doping, pois só desta forma se pode avaliar esta problemática.

Para já, porém, para além do atletismo já o futebol tem mais casos positivos que o ciclismo e se tivermos em linha de conta que o futebol ainda está muito longe dos parâmetros utilizados pelo ciclismo, é caso para acreditarmos que, afinal, o ciclismo começa a ganhar o seu espaço, como a modalidade desportivo que mais esforços tem desenvolvido na luta contra o doping.

doping grafico