Prémio do Minho e Critério de Circuitos anulados

O Prémio do Minho ficará mais uma ano no plano de intenções da Associação de Ciclismo do Minho, organismo que não conseguiu reunir os meios necessários para colocar de pé a prova. A Associação, em comunicado emitido, informou ter tentado contactos em todas as autarquias do região do Minho, bem como entidades privadas, mas os elevados custos de uma prova deste tipo, eram isnuportáveis.

Se o Prémio do Minho fica mais um ano na gaveta, também o Critério Nacional de Circuitos não terá segunda edição, segundo um comunicado já emitido pela FPC. Na base deste decisão, está a dificuldade em coordenar os diversos organizadores, cuja maioria não vê grandes beneficios na iniciativa. É pena que assim seja, pois a primeira edição foi um êxito.