Asturias: primeira etapa dura, curta, e muito seletiva

A primeira etapa da Volta às Asturias promete, pelo menos em termos de dificuldade, dado o elevado grau de dificuldade das montanhas que os ciclistas terão de transpor, ao longo dos 150 kms de corrida.

A etapa é curta, o que até pode complicar ainda mais o nível competitivo, favorecendo os ataques, e as dificuldades começam logo ao km 24 de corrida, numa ascensão de segunda categoria. Mas as dificuldades maiores estão centradas nas duas subidas ao Alto de la Cobertoria, a primeira escalada pela vertente mais dificil e empinada, com a segunda passagem com cerca de 20 kms sempre a subir lentamente, a apenas 16 kms para a linha de chegada. Antes da chegada a Pola de Lena, uma subida que este ano não conta para o Prémio de Montanha, na Cordal de las Segadas – Cuchu Puerco fará a seleção final. Muito dificilmente cortará a linha de chegada um grupo com mais de dez unidades.

Equipas mais fortes, Movistar, Caja Rural e Colômbia são as grandes favoritas, esperando-se para ver até onde resistem as equipas nacionais.

Perfil da etapa:

 

pola