Criterium International: a estreia de Rui Costa

O Criterium International, prova francesa de três etapas que tem como cenário as Ardenas, tem início amanhã, com o aliciante de incluir alguns dos protagonistas da última edição do Paris-Nice, assim como assinalar a estreia de Rui Costa (Caisse d’Epargne) nesta competição na qual o alemão Jens Voigt parte com uma missão: a quinta vitória na corrida, um novo “recorde”, após os quatro sucessos conquistados, no passado longínquo, por Jacques Anquetil.
Voigt (Saxo Bank), vencedor em 1999, 2004, 2007 e 2008, apresenta fortes argumentos a uma prova que se enquadra como uma luva nas suas características. O terreno do Criterium apresental, como é norma, uma etapa sem grandes dificuldades no sábado, seguindo-se, no dia seguinte, uma etapa com chegada em alto (Monthermé ), antes do contra-relógio vespertino com final Charleville-Mézières. Ausente da competição, por sua vez, estará Sérgio Paulinho (Astana).

Equipas e principais inscritos:
Landbouwkrediet (Bellemakers/HOL), Saxo Bank (A. Schleck/LUX, F. Schleck/LUX, Voigt/ALE), Caisse d’Epargne (Pereiro/Esp, Portal/FRA), Euskatel (Astarloza/ESP), BMC (Moos/SUI), Garmin (Dean/NZL, Wiggins/GBR), Columbia (Martin/IRL), AG2R (Dessel/FRA, Valjavec/ESL), Agritubel (Moreau/FRA, Feillu/FRA, Ista/BEL), Besson Chaussures (Casper/FRA), Bouygues Telecom (Rolland/FRA, Fedrigo/FRA), Bretagne (Jegou/FRA), Cofidis (El Fares/FRA), Française Des Jeux (Casar/FRA, Di Gregorio/FRA, Le Mevel/FRA), Astana (Klöden/ALE), Skil (Hivert/FRA), Vacansoleil (Lhotellerie/FRA), Katusha (Karpets/RUS)

As etapas:
1ª: Monthois – Charleville-Mézières (190 km)
2ª: Les Vieilles Forges – Monthermé (98,5 km)
3ª :Charleville-Mézières (8,3 km clm individuel)