GP Portugal termina de novo no Alto de Santa Quitéria

Caminhada vitoriosa de Portugal em 2008 começou em Felgueiras
Caminhada vitoriosa de Portugal em 2008 começou em Felgueiras

O Alto de Santa Quitéria, Felgueiras, volta este ano a receber o final do Grande Prémio de Portugal, primeira corrida a contar para a Taça das Nações de Sub-23. A prova vai para a estrada de 27 a 29 de Março, na região do Vale do Sousa, sendo composta por três etapas, a mais difícil das quais está guardada para o último dia. No total, as 14 selecções presentes irão percorrer 361,9 quilómetros para encontrar o sucessor do português Vítor Rodrigues, vencedor das únicas edições já disputadas desta competição. Portugal começa aqui a campanha em que tem a responsabilidade de defender o triunfo na Taça das Nações alcançado em 2008.

A corrida, este ano designada Grande Prémio de Portugal Rota do Românico do Vale do Sousa começa com uma ligação de 112,2 quilómetros entre Penafiel e Paredes. Três metas volantes e outras tantas contagens de montanha – um de terceira e duas de quarta categoria – serão os aperitivos para a luta pela primeira camisola amarela, no centro de Paredes.

A segunda etapa começa em Castelo de Paiva e termina, 113,6 quilómetros depois da bandeirada de partida, em Paços de Ferreira. Teoricamente, é a jornada mais fácil da competição, comportando dois prémios de montanha de quarta categoria e três metas volantes.

As grandes decisões ficam guardadas para a última e mais longa etapa, 136,1 quilómetros com partida de Lousada e chegada ao alto de Santa Quitéria, após uma curta mas íngreme subida de terceira categoria. O traçado inclui ainda três metas volantes, uma contagem de montanha de terceira categoria e outra de segunda, esta a apenas 23,4 quilómetros do pano de meta.

Portugal, por ser o país organizador, alinhará com duas equipas, Portugal A e Portugal B. Aos lusos juntam-se para completar o pelotão uma selecção mista a cargo da UCI e onze equipas representando os seguintes países: Espanha, Colômbia, Holanda, França, Eslovénia, Rússia, Ucrânia, Bielorrússia, Luxemburgo, Dinamarca e Alemanha.

Resumo das Etapas
Percurso/Km para o final/Hora
Etapa 1: Penafiel – Paredes, 112,2 km
Partida: Largo da Feira 112,2 11h25
Montanha 4ª cat. Vila Boa do Bispo 95,7 11h52
Meta Volante Rio Mau 75,2 12h14
Montanha 4ª cat. Sarnada 64,7 12h38
Meta Volante Paredes 34,4 13h26
Meta Volante Paço de Sousa 22,9 13h42
Montanha 3ª Baltar 9,7 14h03
Meta: Parque José Guilherme 0 14h18

Etapa 2: Castelo de Paiva – Paredes, 113,6 km
Partida: Campo da Feira 113,6 11h25
Montanha 4ª cat. Labercos 97,8 11h49
Meta Volante Canedo 91 12h01
Meta Volante Torre 54,8 12h52
Montanha 4ª cat. Alto Canelas 46,3 13h02
Meta Volante Lordelo (Estátua Ribeiro da Silva) 11,7 13h52
Meta: Centro de Exposições 0 14h12

Etapa 3: Lousada – Alto de Santa Quitéria (Felgueiras), 136,1 km
Partida: Largo da Feira 136,1 11h30
Meta Volante Fafe 110,8 12h11
Montanha 3ª cat. Cumieira 100,7 12h27
Meta Volante Fermil 47,1 13h59
Montanha 2ª cat. Outeiro 23,4 14h06
Meta Volante Mota 17,2 14h09
Meta e Montanha 3ª: Alto Santa Quitéria 0 14h34

Foto: PAD/JLS