Joaquim Silva ( Anicolor) venceu 2ª prova do Troféu Luso – Galaico

podio

 

O sub-23 português Joaquim Silva (Anicolor) conquistou hoje a segunda edição do Troféu Luso-Galaico, uma prova de 118,3 quilómetros, disputada entre Camariñas e Mirador de Ézaro, na Galiza.

Todo percurso foi composto pelo tradicional sobe e desce galego, mas o maior obstáculo foi encontrado nos últimos dois quilómetros, uma subida com 13 por cento de inclinação média com rampas de 29 por cento, num local onde, em 2012, Joaquím Rodríguez venceu uma etapa da Volta a Espanha.

Perante as dificuldades, os melhores trepadores do pelotão nacional de sub-23 puxaram pelos galões, com Joaquim Silva a ser o mais forte, cruzando a meta ao cabo de 3h08m55s de corrida. Rúben Guerreiro (Liberty Seguros/Feira/KTM) foi o segundo, a 13 segundos do vencedor. O terceiro foi o sub-23 galego Óscar González (Supermercados Froiz).

O Troféu Luso-Galaico é uma iniciativa conjunta da Federação Portuguesa de Ciclismo e da Federação Galega de Ciclismo, visando dinamizar o ciclismo de sub-23. Por esse motivo, apesar de as equipas de clube poderem alinhar também com ciclistas de elite, o troféu destina-se exclusivamente aos mais jovens, tendo, aliás, sido estes os mais bem colocados, com o primeiro elite a ser David Rodrigues (Liberty Seguros/Feira/KTM), quarto classificado.

Os portugueses impuseram-se em todas as classificações individuais, com Joaquim Silva a ser coroado melhor trepador e Leonel Coutinho (Liberty Seguros/Feira/KTM) a vencer as metas volantes. Gaspar Gonçalves (Anicolor) foi o melhor sub-21. Por equipas ganhou a galega Supermercados Froiz.