Corridas do Mundo

Paris – Tours
O Paris – Tours é uma das últimas clássicas da época. A 102ª edição da prova corre-se no próximo dia 12, unindo os arredores de Paris a Tours. Num percurso quase sempre plano, esta corrida tem sido palco para que os sprinters se despeçam em beleza da temporada. O Paris – Tour integra o portfólio de eventos da ASO, empresa que também organiza a Volta a França. O conflito entre a ASO e a União Ciclista Internacional fez com que esta clássica tivesse abandonado em 2008 o calendário ProTour, em que estava incluída desde 2005. Dos ciclistas em actividade, Erik Zabel é o que venceu mais vezes esta prova. Fê-lo em três ocasiões, tantas como os outros recordistas do Paris – Tours: Gustave Danneels, Paul Maye e Guido Reybroeck. O vencedor do ano passado foi Alessandro Petacchi. A primeira edição, em 1896, ainda era disputada por amadores, tendo sido conquistada por Eugène Prévost.

Giro da Lombardia
O Giro da Lombardia é um dos “Monumentos” do ciclismo. Partilha com o Paris – Tours a “etiqueta” de Clássica de Outono, mas destina-se a ciclistas diferentes daqueles que estão na berlinda na corrida gaulesa. Num percurso sempre acidentado, é preciso ter resistência e subir bem para estar na frente na altura de discutir a vitória. A prova lombarda começou em 1905, denominando-se Milão – Milão. Logo dois anos depois assumiu a designação que tem hoje. Ao fim de cem edições já disputadas, o mais vitorioso na Lombardia é Fausto Coppi, que somou cinco sucessos. Dos ciclistas em actividade, os mais vitoriosos neste Monumento são Damiano Cunego e Paolo Bettni, ambos com dois triunfos. A organização está a cargo da RCS, empresa que promove a Volta a Itália e que, devido ao diferendo com a UCI, retirou o Giro da Lombardia do calendário ProTour, ao qual pertencia desde 2005. A edição de 2008 corre-se no dia 18 de Outubro.

Nationale Sluitingsprijs Putte-Kapellen
Designada como uma semi-clássica, a Nationale Sluitingsprijs Putte-Kapellen é uma prova de um dia que se disputa em Outubro na região belga da Flandres. Começou a correr-se em 1929, estando marcada para 14 de Outubro a 75ª edição. Entre os vencedores contam-se homens que dão boa conta de si tanto em clássicas como em chegadas ao sprint, de que são exemplo Gert Steegmans, Max van Heeswij ou Tom Steels. Os belgas são os dominadores do palmarés desta corrida. Os dois ciclistas que ao longo da histórias mais vitórias ali acumularam foram o belga Frans van Looy e o holandês Adri van der Poel. A Nationale Sluitingsprijs Putte-Kapellen integra o calendário continental europeu da UCI.