Italianos arrasam gestão espanhola da Operação Puerto

O presidente do Comité Olímpico Italiano (CONI), Gianni Petrucci, arrasou hoje a gestão espanhola da Operação Puerto, dizendo que se não fosse o CONI a pegar no caso “não se tinha passado nada”. Numa entrevista ao jornal La Republica, Petrucci foi duro na avaliação da actividade das autoridades espanholas. “Nós combatemos a dopagem, o que quer dizer que vamos à procura de casos e, infelizmente, às vezes encontramo-los. Outros não o fazem”, sublinha.

A entrevista de Gianni Petrucci surge um dia depois da contestação de Alejandro Valverde ao processo que lhe foi movido pelo CONI. O corredor italiano quer que as provas existentes contra ele sejam remetidas para Espanha, alegando que o CONI não tem competência territorial para o julgar.