Ciclistas franceses contra o auricular e a favor de penas mais severas por dopagem

Os ciclistas do pelotão francês manifestaram-se, por maioria, contra o uso generalizado de auriculares em corrida, ao mesmo tempo que advogaram por sanções mais fortes na luta anti-dopagem, anunciou a UNCP, a associação representativa dos ciclistas em França.

Nas 95 respostas recebidas, 53.7 por cento dos ciclistas manifesteram-se contrários ao uso de auriculares por todos os corredores, ao mesmo tempo salvaguardando a comunicação rádio, preferencialmente, deve ser efectuada por um só atleta em comunicação com o seu director-desportivo. Quanto à matéria anti-dopagem 43,2 por cento dos corredores profissionais gauleses preconizam uma suspensão de quatro anos e 40 por cento vão mesmo até à suspensão vitalícia em caso de utilização de produtos dopantes “pesados” como EPO.

Interrogados sobre a sua participação financeira na luta anti-doping, 51.6 por cento dos ciclistas concordam com a cedência de dois por cento dos valores dos prémios desde que as acções anti-dopagem sejam devidamente descriminadas.

Fonte: AFP

1 comentário a “Ciclistas franceses contra o auricular e a favor de penas mais severas por dopagem”

Os comentários estão fechados.