Nota do dia – Seleção no mundial

Não vamos , de alguma forma colocar em causa o critério da seleção para os mundiais da Holanda, o que nos parece é que quem corre intramuros perdeu qualquer hipótese de pertencer aos quadros de uma seleção, que nem os seus campeões nacionais respeita.

José Poeira decidiu não convocar nenhum ciclista que corre em Portugal, já o tinha feito para os Jogos Olímpicos, apesar de ter um campeão nacional que , curiosamente foi o melhor ciclista, naquele período, segundo o ranking da Associação de Ciclistas e o segundo do ano. Nem tão pouco, convocou o melhor desse mesmo ranking, pelos vistos por ter no passado acusado positivo, será esta a unica razão plausível, que dentro dos normais impedimentos conseguimos descortinar para a ausência de Sérgio Ribeiro.

Quanto a José Gonçalves, o óbice que encontramos talvez seja por ser demasiado novo, o que não o impediu de ser o campeão nacional de C/RI elite, o que, pelos vistos, parece ser um contratempo para quem venha a representar a seleção nacional.

Não dando qualquer incentivo aos ciclistas e equipas nacionais, esta seleção poderá até reunir os melhores ciclistas internacionais, mesmo que estes não estejam no seu melhor momento de forma, como parece ser o caso de alguns, mas que não contribui para o desenvolvimento do que se passa no nosso país e de quem, com tanto esforço consegue ter quatro equipas na estrada, bem merecia que, pelo menos, por consideração e respeito por essas quatro equipas e os seus ciclistas, pelo menos um ciclista das quatro fosse chamado a esta seleção.

Assim foram pré-selecionados os seguintes ciclistas de elite: Rui Costa (Movistar), André Cardoso e Manuel Cardoso (Caja Rural), Bruno Pires e Sérgio Paulinho (Saxo Bank-Tinkoff) e Tiago Machado (RadioShack-Nissan).

Na categoria junior : Francisco Valinho (CC José Maria Nicolau), Luís Gomes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) e Rúben Guerreiro (Alcobaça CC/Crédito Agrícola).

A aposta da equipa vai para a prova de estrada e, ironia das ironias não foram indicados ciclistas para a prova de C/RI, que também não foram para o setor feminino e muito menos para o setor de sub-23 , estes por não alcançaram o seu apuramento.

Pensando numa questão de economia até está bem pensado, temos duvidas é que, numa questão de evolução estes caminhos serão os melhores.

José Santos

21 thoughts on “Nota do dia – Seleção no mundial”

  1. pelos vistos não se confirmou os 4 nomes que adiantaram e ainda bem, visto que em torno de 1 objectivo, penso que será a equipa mais unida possivel

  2. Ó Rui já vi que pouco percebes de ciclismo.Então os ciclistas a correr em Portugal não tem km nem provas de qualidade para poderem ir fazer um mundial?.Pelo que eu sei nestes ultimos anos o nosso melhor classificado nos mundiais tem sido quase sempre o Andre cardoso e pelo que eu sei ele só correu em equipas portuguesas e nunca em pro-tour.O porque de não levar o josé Gonçalves?Será por berrice do seleccionador quando um dia disse que não o levava mais a um mundial enquanto seleccionador???.E os juniores porque vão ao mundial??.Pois só correm em equipas nacionais e fazem circuitadas de 37,5km.Como é possivel ser convocado um desses juniores que ainda há 8dias andou a volta toda agarrado ao carro de apoio e a fazer meio fundo nesse mesmo carro e que no contra relógio final fez 4ºou 5ºlugar com 3 ou 4 portugueses há sua frente e só um desse é que vai ao mundial.Será que o seleccionador é mesmo esse sr.Poeira ou esse sr.poeira é um pau mandado?.

  3. Uma grande questão faço eu,a mim mesmo. O que vai o Manuel Cardoso fazer ao Mundial? Será que esse Grande senhor dito Seleccionador já viu bem o percurso? Será que já pensou que o Sergio Ribeiro tem características mais favoráveis a um percurso daquele calibre? Ca a mim parece-me que nao. Quanto ao CR,estava a contar que uma luz se fizesse na cabeça desse dito senhor e realmente desse a oportunidade ao Zé de estar presente num campeonato do Mundo. Mas nao,o Onda e uma equipa muito pequena. Nao tem direito a essa visibilidade. Pelos critérios apresentados,o melhor era mesmo ir só com o Rui Costa. E mesmo de todos o que da sempre mais credibilidade.

  4. Porque é que so falam do Tiago e do Nelson!?
    ganhem mas é juizo, pois tanto um como outro já provaram o seu valor! acho que é mais é dor de cotovelo! não comparem o nivel do nosso ciclismo ao do que eles competem 😉

  5. Meu caro diretor. não fazemos fumaça realçamos factos,e apresentamos argumentos, e se me permite não constatamos nenhuma variável no seu comentário. Dos seis ciclistas irão quatro, Manuel e André Cardoso, Machado e Rui Costa.

  6. Caro Algarvio
    Segundo refere o site da Federação – http://www.uvp-fpc.pt/index_noticia_ver.php?id_noticia_new=2866&pag=1 – “Os sub-23 não conseguiram pontos suficientes para se apurarem para o Campeonato do Mundo (…)”
    Consta que isto deve-se ao fato de as prestações da seleção Nacional de Sub 23 ter sido inferior ao normal e sem pontos, quer em termos de quantidade da participação (devido à esqueces de verbas) e em termos de qualidade das mesmas (leia-se resultados) e também ao fato de as equipas portugueses não terem conseguido pontos.
    É a crise.
    E com os ladrões que temos no governo para o ano será ainda pior…

  7. “Nosso diretor tecnico sr Jose Poeira” e desculpas para nao levar ninguem ao CR!!!Nao arranjas nada ….Tipo o Jose Gonçalves ou o Tiago Machado!!!Ja vi que te doi alguma coisa pelo teu diretor tecnico!!!!

  8. eu gostava de saber a razão pela qual não temos representantes de sub23 nos MUNDIAIS de ESTRADA . SE alguem souber responda para todos ficar-mos a saber .

  9. A questão do apuramento das diversas seleções portuguesas deverá ser efetuada após análise de diversas varáveis que não forma expostas no texto: ou por desconhecimento ou porque o que interessa é fazer fumaça.
    Primeiro para os Elites prova em Linha, e em virtude da classificação de Portugal no ranking da UCI em meados de Agosto, Portugal ficou limitado a este número de corredores. Se tivesse sido utilizado um ranking de um momento diferente, antes ou agora, Portugal leva mais corredores pelo fato de estar no top ten dos países (obrigado Rui Costa). Isso me Agosto não aconteceu e vimos o número de corredores ser inferior ao do ano passado. O selecionador Nacional entendeu convocar aqueles que no seu conhecimento estariam em melhor forma nesta altura do ano e do meu ponto de vista fez as apostas certas.
    Em relação aos selecionados para o CR deveremos também respeitar a opção do Sr. José Poeira que decerto saberá melhor do que ninguém a forma de cada ciclista. È certo que existe na FPC um grande prurido em levar ciclistas que não seja para fazer muito bons resultados, o que não acontece com outras federações de maior responsabilidade, mas essa será uma opção politica, não cabendo por isso responsabilidade ao nosso diretor técnico Sr. José Poeira.

  10. O Rui na volta ao algarve veio ca ciclistas de topo e ninguem levou 20 minutos mas falas bem quando dizes de nao levar ciclistas a passear pois em outras modalidades toda a gente vai passear basta ver o caso do futebol que leva mais pessoas na comitiva de que jogadores mas como la se gasta o dinheiro todo depois tem se que poupar no ciclismo e nao levar ninguem ao CR e coisas assim!!!!

  11. Tiago não levaram 20 min porque não havia ciclistas que vão aos mundiais senão levavão mesmo 20 ou +, especialmente por ser prova de 1 dia.

  12. Com ideias como a do Toze nao sei quem es mas de ciclismo percebes pouco ou nada de certeza pois se falas pelos km de nao levar corredores portugueses a actuarem em portugal deves saber que na volta ouve uma etapa de 210 km onde se andou a media de 40km e os ciclista amadores que falas nao levaram 20 minutos dos primeiros mas ja vi que deves e ser mais um parolo com internet a saber pouco de ciclismo!!!Quanto a nao levarem o sergio ribeiro por causa do doping devem ter se esquecido que o vencedor dos jogos olimpicos ja acusou doping algumas vezes!!!!Quanto ao José Gonçalves esse senhor Poeira e mesmo uma vergonha para a FPC pois nao levar o campeao nacional de CR pois mesmo nao vindo ao campeonato nacional os ditos favoritos , pois segundo parece tem pouca importancia para as suas grandes equipas devia levar quem se interressa por o nosso pais ….Para finalizar se eu fosse o Jose que vai ser um grande ciclista quando tiver numa grande equipa e me chamassem para vir representar Portugal eu nao vinha!!!!!!Demitam esse Senhor Poeira!!!

  13. Pois realmente não sei qual é a lógica de abdicar das vagas no CR. Era justo levarem o José Gonçalves por ser campeão nacional em título e sempre era uma boa referência para a carreira dele.

    Quanto ao resto, creio que o seleccionador fez bem em optar pelos melhores para a prova em linha, em especial aqueles que vêm com a rodagem da Vuelta.

  14. Oh Rui o texto refere-se ao Zé Gonçalves e à prova de CR, onde o Zé foi Campeão Nacional. Aliás nem o Tiago nem o Nelson vieram cá uma vez que já sabiam que iam perder.
    Mas o melhor resultado virá do David Rosa que vai ganhar amanhã o campeonato do Mundo de XCO.

  15. Oh Rui, o texto refere-se ao Zé Gonçalves para a prova de CR… E aí ele j+á mostrou que é o melhor nível de Portugal, tanto mais que os possíveis adversários Nelson, Tiago, etc, nem vieram ao nacionais como medo de perderem para ele.

    Mas o melhor resultado dos mundiais, virá do mundial de btt. O David vai ganhar!

  16. Esqueceu-se que em Porugal corre-se poucas provas e todas com a distancia propria para o escalão de juniores. Não esquecer que os mundiais tem 261 km, ou seja dava para duas provas em Portugal. Tenho a certeza que nenhum dos acima mencionados conseguiria acabar a prova, e caso acaba-se acabaria a mais de 20 min dos primeiros.
    Acho que não estamos em tempos de levar atletas para irem passear ao estrangeiro.

  17. O Campeonato do Mundo é uma competição de alto nível, não é uma competição para amadores. Porque, por muito que nos custe, o calendário cumprido por aqueles que correm em Portugal é um calendário de amadores, com provas, na maior parte dos casos, com distâncias adequadas para juniores, com adversários, efectivamente, de equipas amadoras. E o Prof. José Santos é daqueles que quer ainda mais amadorismo quando defende uma Volta a Portugal 2.2.

Os comentários estão fechados.