Stefan Schumacher suspenso por dois anos em França

Stefan Schumacher foi suspenso por dois anos em França, após um controlo antidopagem positivo no último Tour, anunciou o advogado do corredor, Michael Lehner.A suspensão do corredor alemão, para já, concerne apenas ao território francês, tendo a suspensão sido aplicada pela Agência Francesa de Luta Anti-dopagem, responsável pelos controlos na última edição da prova gaulesa.

“As informações que indicam que fui suspenso pela União Ciclista Internacional (UCI) são completamente falsas”, reagiu o corredor. “Tudo o que desejo é um inquérito justo. Nessas condições poderei provar a minha inocência. Não renuncio à minha defesa e bater-me-ei até à última instância pelos meus direitos”.

Schumacher, vencedor de duas etapas no último Tour foi controlado positivamente por CERA, uma variante de EPO de última geração. Juntamente com Schumacher, outros três corredores obtiveram resultados “positivos”. Leonardo Piepoli e Ricardo Ricco foram suspensos por dois anos pelo Comité Olímpico Italiano (CONI), ao passo que a Agência Anti-dopagem austríaca (NADA) aplicou igual sanção a Bernhard Kohl.