Seleccionador Pedro Vigário feliz pela vaga olímpica

XCO: Portugal tem vaga nos Jogos Olímpícos

Seleccionador Pedro Vigário feliz pela vaga olímpica

O cross country (XCO) português assegurou a presença nos Jogos Olímpicos de Londres, informou a União Ciclista Internacional (UCI), depois de elaborada a lista final das nações apuradas. É a primeira vez que o BTT luso vai estar representado no principal evento desportivo global.

Portugal terminou a fase de qualificação no 25.º lugar do ranking, a uma posição do apuramento directo. No entanto, na elaboração da lista final de presenças o país acabou por conseguir garantir a presença na corrida que vai disputar-se no dia 12 de Agosto.

“Tendo em conta o grau de empenhamento que tivemos neste processo, a qualificação de Portugal foi justa. Funciona como recompensa do trabalho empreendido, nos últimos anos, pela Federação, pelos clubes, pelos atletas e pelos organizadores de corridas. Por outro lado, é a afirmação do BTT, e do cross country olímpico (XCO) em particular, como uma vertente de ciclismo de alta competição em Portugal”, afirma o seleccionador nacional de BTT, Pedro Vigário.

As cores portuguesas serão defendidas por um corredor, em príncipio o actual campeão nacional David Rosa, o mais activo na conquista dos pontos do ranking de apuramento olímpico, que estará entre o restrito lote de 50 betetistas.

O ciclista convocado para a corrida de XCO de Londres será divulgado amanhã, na conferência de imprensa em que também serão revelados os três corredores escolhidos para representarem Portugal nas provas de estrada dos Jogos Olímpicos. A conferência de imprensa vai realizar-se na sede da Federação Portuguesa de Ciclismo, às 11h00.

Fonte: FPC

10 comentários a “XCO: Portugal tem vaga nos Jogos Olímpícos”

  1. Portugal classificou-se com 25º lugar, quando na verdade deveriam só ir 24.
    Mas isso não é o mais importante. O mais importante é que Portugal lá está.
    Os cães ladram, a caravana passa.

  2. Uma grande notícia, de um apuramento que, mesmo assim, não é caiu do céu. Há que dar os parabéns aos envolvidos. Não conheço por dentro o que se passou durante o apuramento, mas penso que as críticas que foram aqui colocadas em alguns comentário noutras notícias representam algum preconceito em relação ao BTT, e ignoram totalmente alguns factos que importa realçar: só há 50 vagas para a corrida olímpica de XCO; e o nível da modalidade é altíssimo. Querer que estes atletas, que fizeram o seu percurso quase sempre a um nível amador, e que o mais velho tem 26 anos, vá à Taça do Mundo e ande lá a lutar de igual para igual com os melhores porque, afinal, têm um seleccionador profissional, é uma ideia completamente estrambólica. E há formas indirectas de comparar o nível do BTT com o nível de topo da estrada. Vejam o nível que os corredores de topo do XC podem atingir o topo também da estrada (Evans, Hesjedal); vejam que o Peter Sagan no ano anterior a entrar na Liquigas fez a Taça do Mundo de BTT e o melhor resultado foi 55º, e passado uns meses estava a ganhar uma etapa no Dauphiné ao Roche e ao Purito, vejam que o Jean Christophe Péraud, último 9º no Tour, em muitas das provas da Taça do Mundo de XC que fez este ano não andou muito mais forte que os nossos rapazes.

  3. Parabéns a toda selecção que mereceu esta conquista e que trabalharam arduamente para conseguir.
    Um abraço especial ao David Rosa que é o actual campeão e que deve ser ele sem dúvida o escolhido, que tive oportunidade de conhece-lo pessoalmente em S. Miguel nos Açores quando veio participar na volta a ilha de estrada em 2011.
    Parabéns a todos!!!! Viva Portugal…..Viva o ciclismo BTT e de estrada!!!!!

  4. Não tenho duvidas que a presença nos Jogos Olimpicos é muito importante para a modalidade até como prémio pelo trabalho desenvolvido.
    Meu caro Manuel por acaso sabe como é que Portugal se classificou ?
    Pois é meu amigo, perdeu uma boa oportunidade para estar calado quando fala em ratitos de peluche.
    Veja se consegue descobrir porque é que afinal estamos presentes, caso contrário não diga mais nada para não levantar o pó, a não ser que acredite em milages.

    Lucas – Ferreira do Zêzera

  5. Os meus sinceros parabéns a todos envolvidos. Mesmo ganhando nas bonificações, o apuramento é merecido para quem tanto trabalhou.
    Só não posso deixar de lamentar é que quando foi a notícia inversa em Maio tantos saltaram a pedir a cabeça de uns e outros e agora andam tão calados que nem uns ratitos de peluche.

  6. Que grande boa noticia! Parabens ao Sr. Pedro e ao Sr. Delmino. Viva a Federação Viva Portugal!
    Tem de ir o David Rosa o melhor ciclista português de todos os tempos.

  7. A nossa sina é fazer contas até ao fim!! O lugar é inteiramente merecido, até porque, em virtude do sistema de qualificação ficaram à nossa frente países bem menos capazes (em termos de btt, claro).

Os comentários estão fechados.