Omega Pharma e Quick-Step juntam forças

As duas mais fortes equipas belgas, a Omega Pharma e a Quick Step vão unir forças para criar uma única “super-equipa” em 2012 que competirá debaixo da mesma bandeira. “Com este acordo, continuaremos a investir numa equipa belga. Como em anos anteriores, nosso objectivo é ser um das melhores equipas do mundo”, revelou Marc Coucke, CEO da Omega Pharma citado pelo Cyclingnews.
Já Patrick Lefevere, manager da Quick-Step confirmou o envolvimento do seu principal patrocinador assim como a renovação do apoio dado pela Innergetic.

“Estamos muito satisfeitos com o acordo que chegamos com Omega Pharma. Gostaria de agradecer a todos os envolvidos o profissionalismo demonstrado durante as negociações”, Lefevere disse.
A Omega Pharma revelou que romperia a sua ligação com a loteria nacional belga Lotto e manteve conversações com seis potenciais financiadores e patrocinadores do projecto. Coucke optou pelos 4,5 milhões da Quick Step e não com outros possíveis parceiros como Vacansoleil, Highroad e Trek Leopard. Os dois patrocinadores já são “velhos conhecidos” pois trabalharam juntos em 2003 e 2005, antes de Omega Pharma juntar forças com a Lotto.

No plantel é certo que Tom Boonen renovou com a estrutura Quick-Step por dois anos sendo que grande parte do colectivo está ainda por assegurar. Jurgen Van den Broeck e Jelle Vanendert, uma das revelações do último Tour, ficarão com a Lotto em 2012 e Philippe Gilbert terá ainda que estudar as propostas para decidir o seu futuro.

One thought on “Omega Pharma e Quick-Step juntam forças”

  1. Duvido que fiquem uma equipa muito forte porque a Omega tem claramente melhor equipa este ano mas grande parte dos seus valores como Van den Broeck ou Vanendert ficarao com a Lotto em vez de ficarem com a Omega/Quick Step.
    Alem destes penso que o Gilbert, esse sim, seria uma grande reforço quer na Lotto quer na Omega/Quick Step onde se juntaria a Boonen como referencia da equipa, ate porque sao os ciclistas belgas mais mediaticos.

Os comentários estão fechados.