Bruno Pires para “trabalhar”

bruno pires

Numa equipa cuja grande aposta reside no Tour, ser selecionado para participar no Giro, a segunda grande prova mundial, e com um naipe tão alargado em quantidade e qualidade, já é motivo de reconhecimento para o escalonamento de Bruno Pires no seio da Leopard – Treck.

Contratado para “équipier”, a que não terá sido alheio a influência de Scheidecker, o alentejano irá completar 30 anos, em Itália, no dia 15 de Maio, e as boas provas dadas em algumas situações em que foi obrigado a estar na cabeça do pelotão, demonstraram que, afinal, o lugar foi conquistado com galhardia.

A sua presença no pelotão internacional não passa, pois, por ocupar qualquer luz de ribalta, que apenas poderá ser aberta, num acto isolado, potenciado por uma qualquer fuga onde se pode inserir. Mas apenas o facto de lá estar e desempenhar cabalmente a sua função é motivo de orgulho e reconhecimento ao seu valor.

3 comentários a “Bruno Pires para “trabalhar””

Os comentários estão fechados.