Philippe Gilbert pleno nas Ardenas

Philippe Gilbert pleno nas Ardenas (Fonte: Omega Pharma-Lotto).
Philippe Gilbert pleno nas Ardenas (Fonte: Omega Pharma-Lotto).

Um super herói para os belgas. Philippe Gilbert aguentou com todos, mesmo com os dois irmãos Schleck, cometeu a proeza quase única, de ter vencido de uma assentada as três últimas clássicas, afirmando-se como o ciclista do momento.
Foi uma corrida aberta, controlada em grande parte pela Leopard – Trek, em especial na parte final da corrida, de forma a proporcionar a Andy o caminho para o triunfo. E tudo correu pelo melhor, primeiro uma avaria de Vinokourov ajudou, depois o forte ataque, na Cote de la Roche aux Faucons, de Andy permitiu a formação de um trio com os irmãos Schlecks e Gilbert, que ainda rodaram na companhia do Van Avermaet, por pouco tempo.
Mais rápido Gilbert não teve dificuldades para vencer atacando mesmo a cinco kms da meta, na última “cote“ da Liége-Bastogne-Liége, quase humilhando os irmãos luxemburgueses, que se encolheram e nunca mais se mexeram até o final da corrida.
Consagrado em Liége, na Bélgica francófana, de onde é natural, Gilbert chefia agora o ranking de melhor ciclista da UCI, e foi, na verdade, o rei das clássicas em 2011, fazendo história no ciclismo e, por muitos longos anos os belgas não esquecerão tal feito.

Últimos kilometros da Liège-Bastogne-Liège (YouTube).

Classificações:

1. GILBERT Philippe OMEGA PHARMA – LOTTO 6h 13′ 18″
2 76 Frank SCHLECK TEAM LEOPARD-TREK 00:00:00
3 71 Andy SCHLECK TEAM LEOPARD-TREK 00:00:00
4 8 Roman KREUZIGER PRO TEAM ASTANA 00:00:24
5 97 Rigoberto URAN SKY PROCYCLING 00:00:24
6 136 Chris SORENSEN SAXO BANK SUNGARD 00:00:24
7 81 Greg VAN AVERMAET BMC RACING TEAM 00:00:27
8 146 Vincenzo NIBALI LIQUIGAS-CANNONDALE 00:00:29
9 176 Bjorn LEUKEMANS VACANSOLEIL-DCM 00:00:39
10 151 Samuel SANCHEZ EUSKALTEL – EUSKADI 00:00:39
11 15 Alexandr KOLOBNEV KATUSHA TEAM 00:00:43
12 91 Simon GERRANS SKY PROCYCLING 00:00:43
13 54 Paul MARTENS RABOBANK CYCLING TEAM 00:00:43
14 152 Igor ANTON EUSKALTEL – EUSKADI 00:00:43
15 52 Oscar FREIRE RABOBANK CYCLING TEAM 00:00:43
16 111 Damiano CUNEGO LAMPRE – ISD 00:00:43
17 107 Jelle VANENDERT OMEGA PHARMA – LOTTO 00:00:47
18 48 Tejay VAN GARDEREN HTC – HIGHROAD 00:00:53
19 127 Kristof VANDEWALLE QUICK STEP CYCLING TEAM 00:00:57
20 125 Jérôme PINEAU QUICK STEP CYCLING TEAM 00:00:58
21 137 Nicki SORENSEN SAXO BANK SUNGARD 00:00:58
22 34 Ben HERMANS TEAM RADIOSHACK 00:00:58
23 31 Janez BRAJKOVIC TEAM RADIOSHACK 00:01:01
24 174 Johnny HOOGERLAND VACANSOLEIL-DCM 00:01:01
25 95 Thomas LÖVKVIST SKY PROCYCLING 00:01:01
26 11 Joaquim RODRIGUEZ OLIVER KATUSHA TEAM 00:01:14
27 26 David LOPEZ GARCIA MOVISTAR TEAM 00:01:16
28 21 Vasil KIRYIENKA MOVISTAR TEAM 00:01:26
29 61 Ryder HESJEDAL TEAM GARMIN – CERVELO 00:01:40
30 51 Robert GESINK RABOBANK CYCLING TEAM 00:01:40
31 73 Jakob FUGLSANG TEAM LEOPARD-TREK 00:01:40
32 1 Alexandre VINOKOUROV PRO TEAM ASTANA 00:01:43
33 16 Daniel MORENO FERNANDEZ KATUSHA TEAM 00:01:43
34 222 Jonathan HIVERT SAUR-SOJASUN 00:02:10
35 242 Jérôme BAUGNIES TOPSPORT VLAANDEREN-MERCATOR 00:02:13
36 205 Arnold JEANNESSON FDJ 00:02:29
37 93 Stephen CUMMINGS SKY PROCYCLING 00:02:31
38 228 Ludovic TURPIN SAUR-SOJASUN 00:02:34
39 165 Blel KADRI AG2R LA MONDIALE 00:02:36
40 63 Christophe LE MEVEL TEAM GARMIN – CERVELO 00:02:36
41 13 Danilo DI LUCA KATUSHA TEAM 00:02:38
42 38 Haimar ZUBELDIA TEAM RADIOSHACK 00:02:38
43 12 Gianpaolo CARUSO KATUSHA TEAM 00:02:38
44 4 Enrico GASPAROTTO PRO TEAM ASTANA 00:02:38
45 124 Addy ENGELS QUICK STEP CYCLING TEAM 00:03:00
46 123 Dries DEVENYNS QUICK STEP CYCLING TEAM 00:03:00
47 55 Bauke MOLLEMA RABOBANK CYCLING TEAM 00:03:00
48 2 Rémy DI GREGORIO PRO TEAM ASTANA 00:04:03
49 53 Juan Manuel GARATE RABOBANK CYCLING TEAM 00:05:18
50 47 Kanstantsin SIVTSOV HTC – HIGHROAD 00:05:18
51 167 Rinaldo NOCENTINI AG2R LA MONDIALE 00:06:42
52 41 Tony MARTIN HTC – HIGHROAD 00:07:16
53 58 Laurens TEN DAM RABOBANK CYCLING TEAM 00:07:18
54 194 Alexandre GENIEZ SKIL-SHIMANO 00:07:35
55 212 Dirk BELLEMAKERS LANDBOUWKREDIET 00:07:35
56 27 Jose Joaquin ROJAS MOVISTAR TEAM 00:07:35
57 182 Mickaël BUFFAZ COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 00:07:35
58 46 Craig LEWIS HTC – HIGHROAD 00:07:35
59 75 Maxime MONFORT TEAM LEOPARD-TREK 00:07:35
60 158 Gorka VERDUGO EUSKALTEL – EUSKADI 00:07:35
61 177 Marco MARCATO VACANSOLEIL-DCM 00:07:35
62 213 Davy COMMEYNE LANDBOUWKREDIET 00:07:35
63 187 David MONCOUTIE COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 00:07:35
64 57 Bram TANKINK RABOBANK CYCLING TEAM 00:07:35
65 18 Eduard VORGANOV KATUSHA TEAM 00:07:35
66 175 Sergey LAGUTIN VACANSOLEIL-DCM 00:07:35
67 116 Daniele PIETROPOLLI LAMPRE – ISD 00:07:35
68 113 Francesco GAVAZZI LAMPRE – ISD 00:07:35
69 121 Sylvain CHAVANEL QUICK STEP CYCLING TEAM 00:07:35
70 6 Maxim IGLINSKIY PRO TEAM ASTANA 00:07:35
71 217 Bert SCHEIRLINCKX LANDBOUWKREDIET 00:07:35
72 141 Ivan BASSO LIQUIGAS-CANNONDALE 00:07:35
73 24 Benat INTXAUSTI MOVISTAR TEAM 00:07:35
74 67 Christian VANDEVELDE TEAM GARMIN – CERVELO 00:07:35
75 66 Peter STETINA TEAM GARMIN – CERVELO 00:07:35
76 118 Diego ULISSI LAMPRE – ISD 00:07:35
77 181 Rein TAARAMAE COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 00:07:35
78 201 Pierrick FEDRIGO FDJ 00:07:35
79 147 Maciej PATERSKI LIQUIGAS-CANNONDALE 00:07:35
80 221 Jérôme COPPEL SAUR-SOJASUN 00:07:35
81 85 Amaël MOINARD BMC RACING TEAM 00:07:35
82 164 John GADRET AG2R LA MONDIALE 00:07:35
83 126 Francesco REDA QUICK STEP CYCLING TEAM 00:07:35
84 185 Tony GALLOPIN COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 00:07:35
85 223 Fabrice JEANDESBOZ SAUR-SOJASUN 00:07:35
86 32 Matthew BUSCHE TEAM RADIOSHACK 00:07:35
87 42 Michael ALBASINI HTC – HIGHROAD 00:07:35
88 82 Mathias FRANK BMC RACING TEAM 00:07:35
89 33 Philip DEIGNAN TEAM RADIOSHACK 00:07:35
90 96 Lars-Peter NORDHAUG SKY PROCYCLING 00:11:02
91 172 Thomas DE GENDT VACANSOLEIL-DCM 00:11:29
92 122 Dario CATALDO QUICK STEP CYCLING TEAM 00:13:33
93 144 Damiano CARUSO LIQUIGAS-CANNONDALE 00:13:33
94 208 Jérémy ROY FDJ 00:13:33
95 62 Tom DANIELSON TEAM GARMIN – CERVELO 00:13:33

7 thoughts on “Philippe Gilbert pleno nas Ardenas”

  1. O Gilbert foi simplesmente fantástico durante esta semana das Ardenas demonstrando um ritmo competitivo completamente superior ao resto do pelotão e uma confiança e garra incriveis

    Se a Amstel era a corrida que todos esperavam que ganhasse porque o final e adequadíssimo as suas caracteristicas e estava na Holanda para defender o titulo ganho no ano passado, ninguem esperava que vencesse com a facilidade com que o fez, deixando o Rodriguez e o resto do pelotão completamente sem resposta

    Na Fléche, teoricamente a corrida menos adequada para o Gilbert porque o Muur de Huy tem inclinações muito elevadas e estende-se por 2 kms, adaptando-se assim a homens mais de “montanha”, surpreendeu tudo e todos com o seu ataque que fez com que qualquer outro rival estivesse literalmente a pé

    Na Liege, e partindo do principio que Schlecks, Vinokourov entre outros tinham assumido o desejo de vencer este Monumento e muitos duvidavam que o Gilbert tivesse pernas para aguentar ao ritmo da frente a corrida toda, mais uma vez provou que evoluiu desde o ano passado sabendo quem seguir, quando atacar e principalmente quem era os grandes rivais, apos o ataque dos Schlecks, o Gilbert assumiu que a corrida era sua e foi com eles quando mais ninguem no pelotao conseguiu, e apesar dos Schlecks serem os meus ciclistas favoritos, tenho de admitir que o Gilbert foi de um calculismo e frieza gigantes pois mesmo em desvantagem numerica soube resistir aos ataques e fazer o seu no momento exacto

    Espero que no fim da temporada quando regressarem as classicas eles esteja outra vez nesta forma, o que vai ser dificil pois ja assumiu que vai correr o tour, e as pernas começam a pesar
    Deixo aqui “uma mençao honrosa” aos irmaos Schleck pois atacaram como prometeram e so nao fizeram uma dobradinha para a Leopard devido ao Mr. Classicas, Philippe Gilbert

  2. Gilbert e um fenomeno!
    Incrivel como este homem consegue vencer as 3 classicas das Ardenas com uma facilidade notavel.

    Ja falei da Amstel e da Fleche noutras noticias e por isso vou falar da Liege onde o belga bateu ao sprint com enorme facilidade os irmaos Schleck que sao bastante mais lentos.

    Nem Andy nem Frank conseguiram deixar o Gilbert para tras na penultima subida apesar de terem deixado outros favoritos para tras como Rodriguez , Vinokourov que furou e Cunego por exemplo mas o homem realmente perigoso desde o inicio eles sabiam que era o Gilbert por aquilo que vale e pela confiança com que chegava a Liege.

    Como referi nao o deixaram para tras e foram mesmo atacados na ultima subida onde o Gilbert fez um ataque tao explosivo que o Andy ficou a pe(!) com apenas o Frank a conseguir seguir.
    Foi uma demonstraçao de força notavel e ai percebi que o belga venceria sem dificuldade tal como se viu no sprint final onde os luxamburgueses ja nem força tiveram para lançar um ultimo ataque.

    Para terminar digo apenas que espero que o Gilbert esteja totalmente “limpo” porque como temos visto, o ciclismo nos ultimos anos tem vivido muitos casos de doping depois desses ciclistas terem controlos positivos a seguir a grandes vitorias e como tal espero que o Gilbert, ciclista que admiro e que gosto imenso esteja a competir dentro da lei.

    A partir de Maio começa uma outra epoca terminando as classicas e vindo ai o Giro de Italia que este ano promete ser bastante emotivo e competitivo!

  3. hulmides os irmaos ….oh menus viram que nao conseguiam vencer o gilbert entao levaram no para a vitoria equanto paris – roubaix e assim tentar foi lixar o cancellara..tao de parabens os 3

  4. Grande Gilbert! Se já era o meu preferido agora ainda o é mais. Temos de lhe arranjar uma alcunha.
    Mais uma vez a Rabobank mal, com Martens como o melhor. Katusha nem merece a pena falar. Hermans, Gerrans, Kolobnev, Rodriguez e Hesjedal desiludem. Kreuziger, Uran e Sorensen sem duvida o futuro está presente.
    Ainda pensei que um dos Schlecks viesse a atacar ou até mesmo ambos para por o Gilbert a responder. No fim percebeu-se por que não o fizeram. Gilbert iria responder e até podia ter dado o K.O. a uns km da meta. Jogou pelo seguro e garantiu mais uma vitória.
    Neste momento Gilbert, Cancellara, Schleck, Cavendish e Contador são os quebra-cabeças deste pelotão.

Os comentários estão fechados.