Rabobank vence contra-relógio no Tirreno – Adriático

A Rabobank ganhou hoje o contra-relógio de 16,8 quilómetros que abriu o Tirreno – Adriático. A formação holandesa cumpriu o percurso em 18m08s, levando Lars Boom à liderança individual da prova. O pódio da jornada ficou completo com a Garmin-Cervélo, que gastou mais nove segundos do que a formação vencedora, e com a HTC-Highroad, que perdeu dez segundos.

A RadioShack, do português Tiago Machado, fez o oitavo registo, a 30 segundos da equipa vencedora. Com este resultado, o corredor português ganhou tempo à maioria dos candidatos ao triunfo final. Entre os homens com aspirações, aqueles que ganharam tempo a Machado foram Robert Gesink (Rabobank), Ivan Basso e Vincenzo Nibali (Liquigas-Cannondale), oito segundos, e Cadel Evans (BMC), quatro segundos.

Amanhã corre-se a segunda tirada,202 quilómetros desde Carrara até Indicatore (Arezzo).

3 comentários a “Rabobank vence contra-relógio no Tirreno – Adriático”

  1. rabobank, liquigas, garmin cervelo e htc columbia… as equipas mais fortes do pelotao mundial sem duvida…

Os comentários estão fechados.