Monsalve bonifica e passa para a frente na Malásia

O venezuelano Jonathan Monsalve (Androni Giocattoli) ascendeu ao comando da geral individual do Tour de Langkawi, na sequência da oitava etapa, ganha pelo alemão Robert Förster (United Healthcare) num apertado despique ao sprint com o compatriota André Schulze (CCC Polsat). O português José Mendes (CCC Polsat) segurou o 12.º posto, a 1m46s do líder, depois de mais uma jornada cumprida no seio do pelotão.

A tirada de 156,5 quilómetros, entre Kuala Pilah e Jasin, desenrolou-se sob chuva. O maior beneficiado com a viagem foi Jonathan Monsalve. O venezuelano partiu a dois segundos do colombiano Libardo Niño (Le Tua Cycling Team), mas conseguiu acumular quatro segundos de bonificação, trocando de posição. Agora é Monsalve o dono da camisola amarela, com dois segundos de vantagem sobre Niño. Emanuele Sella, colega de equipa do líder, é o terceiro, a 21 segundos.

Amanhã corre-se a nona e penúltima etapa. São 151,7 quilómetros entre o antigo território português de Malaca e Nilai. Uma contagem de montanha a cerca de 30 quilómetros do final é a maior dificuldade do traçado.

1 comentário a “Monsalve bonifica e passa para a frente na Malásia”

Os comentários estão fechados.