Segunda divisão com 23 equipas confirmadas

A Caja Rural é uma das novidades no segundo escalão

A União Ciclista Internacional (UCI) divulgou hoje a lista de 23 equipas inscritas no segundo escalão mundial. A grande ausente é a australiana Pegasus, de Robbie McEwen, que foi candidata à divisão principal e que agora está dependente de um prazo adicional, até 15 de Dezembro, para conseguir aceder ao estatuto secundário de Continental Profissional.

As formações que garantiram um lugar na segunda divisão foram Acqua & Sapone, Andalucía-Caja Granada, Androni Giocattoli, Bretagne-Schuller, Caja Rural, CCC Polsat Polkowice, Cofidis, Colnago-CSF Inox, Colombia es Pasión-Café de Colombia, De Rosa-Ceramica Flaminia, Europcar, Farnese Vini-Neri Sottoli, FDJ, Geox-TMC, Landbouwkrediet, Saur-Sojasun, Skil-Shimano,Team NetApp, Team Spidertech Powered by C10, Team Type, Topsport Vlaanderen-Mercator, Unitedhealthcare Pro Cycling e Verandas Willems-Accent.

As novidades neste escalão são protagonizadas por duas equipas que caem do ProTour, FDJ, Cofidis e Geox-TMC (ex-Footon-Servetto) e por oito promoções: Bretagne-Schuller, Caja Rural, Team Type 1, UnitedHealthcare, Veranda’s Willems, NetApp, SpiderTech e Colombia es Pasión. Desapareceram Xacobeo, CarmioOro-NGC, Cervélo e Scott-Marcondes César-S. José dos Campos. A BMC e a Vacansoleil subiram à primeira divisão, enquanto a Flaminia e a De Rosa se fundiram.

Os 23 conjuntos confirmados para 2011 representam o maior pelotão Continental Profissional em três anos. Desde 2008, quando 25 equipas conseguiram tal estatuto, que não havia tantas equipas na antecâmara do ProTour.

3 thoughts on “Segunda divisão com 23 equipas confirmadas”

Os comentários estão fechados.