Igor Astarloa condenado por irregularidades no passaporte biológico

A Real Federação Espanhola de Ciclismo (RFEC) sancionou Igor Astarloa com dois anos de suspensão e 35 mil euros de multa devido às irregularidades detectadas no passaporte biológico do corredor. O anúncio coube à União Ciclista Internacional (UCI). Apesar de o ciclista ter sido apontado como violador das regras em Junho do ano passado e de não ter voltado a competir desde então, a suspensão tem efeitos a partir de 26 de Novembro de 2010.

Igor Astarloa, 34 anos, nasceu no País Basco e tem como principal resultado o triunfo na prova de fundo do Campeonato Mundial de Estrada de 2003.

Foto: Heidas

5 thoughts on “Igor Astarloa condenado por irregularidades no passaporte biológico”

  1. desculpem a “vacorada”….mas ou é do óculos ou da careca….
    tem ar de batoteiro!!!

  2. Mais do mesmo, mas nós não podemos dizer nada, correndo o risco de não gostar de ciclismo ou de só falar em desgraças. O problema é que o ciclismo que eu gosto não é o mesmo de muita gente aqui, e falar em desgraças é o pão nosso de cada dia nesta modalidade. Viva o ciclismo, não este, o limpo claro! 🙂

  3. Nao e Astarloa , e Astarloza.

    Nunca apreciei muito este ciclista e com a idade que tem penso que nao voltara ao activo.

Os comentários estão fechados.