Sete equipas da primeira divisão garantidas no Algarve

A 37.ª edição da Volta ao Algarve, a disputar entre 16 e 20 de Fevereiro de 2011, conta novamente com alguns dos principais nomes do pelotão internacional, tendo já garantido a presença de sete equipas da primeira divisão mundial.

Astana, HTC-High Road, Omega Pharma-Lotto, Rabobank, RadioShack, Sky e Vacansoleil são os blocos de topo com passaporte assegurado para a prova portuguesa com melhor cartel internacional. A estes conjuntos juntam-se, para já, a equipa de segunda divisão Topsport Vlaanderen-Mercator e as portuguesas Barbot-Efapel, CC Tavira, LA-Paredes Rota dos Móveis e Onda-Boavista.

As equipas espanholas deverão ficar de fora da Volta ao Algarve do próximo ano, tudo porque a Volta à Andaluzia coincide parcialmente com a competição portuguesa, o que deverá inviabilizar a participação das principais figuras espanholas. Sem os grandes nomes, as formações do país vizinho são pouco apetecíveis.

À semelhança das edições transactas, a Volta ao Algarve terá uma chegada em média montanha, um contra-relógio e três etapas em linha.

A Volta ao Algarve de 2011 deverá continuar sem transmissão televisiva em directo, devido aos constrangimentos financeiros de que é vítima a organização. No entanto, está garantida a emissão de resumos diários pela Eurosport, provavelmente através do segundo canal daquela cadeia. “As imagens serão transmitidas para a Europa e também para a Ásia e Pacífico, chegando a 35 milhões de lares”, informa Nuno Sardinha, um dos parceiros da Associação de Ciclismo do Algarve na organização da corrida.

“A nível nacional continua em aberto a possibilidade de haver resumos diários da competição, dependendo dos patrocínios financeiros que seja possível reunir”, acrescenta Sardinha.

20 thoughts on “Sete equipas da primeira divisão garantidas no Algarve”

  1. pois, apesar de tudo a associação de ciclismo do Algarve continua a trazer o melhor pelotão que nós portugueses podemos assistir dentro das nossas fronteiras… porque a aquela volta, que dizem que é a volta a “Portugal” nem aos calcanhares chega em termos de qualidade… têm para lá uns camionzecos a mais e um podium com mais pinta, e uns carros mais luxuosos para os comissarios, porque em termos do que interessa, ciclismo, e ciclismo de qualidade nem ve-lo…

  2. Ó mourinho vé lá se entendes de uma vez! , só quem ignorar ou branquear o doping é que gosta de ciclismo, quem disser mal dos dopados não gosta de ciclismo, é a lógica de muitos cromos que cá escrevem. Não dizendo nada, dizem tudo do seu prórpio caracter.
    Já uma vez disse, é uum lobby de dopados que querem fazer pasar a ideia que eles é que gostam de ciclismo. Voces dão -me BUAH!!!

  3. Oh José Carlos Gomes, sem querer entrar aqui em pormenores ou divergências, bem sabemos que não foi a “destempo” que a CPA fez a comunicação… foi à cautela. Aquela gente da AMA e da UCI, entre outros, não são propriamente de confiança. Certo?! Cumprimentos

  4. A posição da CPA não foi ainda publicada por se tratar de uma reacção a destempo a uma coisa que já não existe. Há semanas, a Agência Mundial Antidopagem disse que o seu relatório foi mal interpretado e que não estava em cima da mesa a realização de controlos nocturnos.

  5. Em qualquer noticia, mesmo nas boas, vem o tema do costume!! Para os fanáticos do doping no ciclismo/futebol aconselho um texto publicado por um especialista, por acaso, francês, mas porventura de bom senso, acerca da ineficácia do controlo efectuado no futebol, bem como da falta de vontade da Fifa em efectivar de forma correcta e eficaz esse controlo… são os euros dos patrocinadores a funcionar ao contrário das outras modalidades! Já agora, e sem querer interferir na linha editorial, mas interferindo, gostava de já ter visto aqui publicada a opinião da CPA, pela voz de Gianni Bugno, acerca dos controlos antidoping nocturnos no ciclismo. É viável a sua publicação?

  6. Tia Gestrudes de Fevereiro a Novembro são poucos os fds k não existem provas na associação de ciclismo do Algarve.
    O objectivo de uma associação de ciclismo não é organizar provas, mas sim promover o ciclismo na região que se insere… A associciação de ciclismo de algarve é a unica associação que organiza uma prova internacional e além disso agarrou na Volta ao Algarve quando a PAD a deixou no lodo, porque dizia k não era viável…

  7. Uma coisa é certo…a volta ao Algarve tem a importância que tem por causa da altura do ano em que se realiza e principalmente ao bom clima em relação ao resto da Europa, nada mais…

  8. ” Tia Gestrudes ” já vimos que é de Tavira, mas mais importante que o local onde esteja a ACA importa é funcionar bem e com transparencia, mas o seu clube pode arranjar uma lista e candidatar-se quando há eleições para a ACA, assim a tia gestrudes já poderá você ser presidente, melhorar o serviço aos clubes e transmitir na tv. Não se esqueça que o Macário já não está em Tavira e para Loulé até era bom pois a cml tinha menos despesas com a sede, água e luz Leve a ACA para lá e leve tambem os seus dirigentes, Loule agradece….

  9. Ouvi dizer que em Guimarães realizaram uma prova ao Domingo à tarde, salvo erro para Juniores. Será verdade?

  10. Ó TONE, é a associação que organiza mais ou que faz os clubes organizarem mais provas, quais são as provas que eles organizam, cicloturismo Albufeira-Fátima e ciclismo Volta, BMX, nenhuma, BTT nenhuma.
    Resumindo organiza dois eventos, das quais o cicloturismo é mais de meio organizado por clubes e Diocese e a volta contrata fullsport. Acorda para a vida rapaz, que sei o que digo.
    É tão ruim que nem divulga os eventos, deveriam ter os olhos na associação do Minho que divulga tudo por todos, isso sim é trabalhar para o ciclismo.
    Eu não estou a tirar mérito á Volta ao Algarve, deveriam era manter o nível elevado durante a época nos outros eventos, não é fazerem duas coisas e deixarem o resto entregue aos bichos, já para não falar nas divisões que criam entre equipas, volto a dizer Associação Ciclismo do Algarve para Tavira

  11. Se a Volta ao Algarve acabar em 2011, o cicclismo português, com projecção internacional, ficará muito próximo do zero e da anedota em que se está a transformar…

  12. No futebol não ha batoteiros.
    Perguntem aos bracarenses quantas unidades daquilo que faz respirar melhor tomaram o ano passado. Lol. Foram tantas que este ano nem pega.
    Só sabem falar mal dos ciclistas, mas nos outros desportos não existem 10% dos controlos efectuados nesta modalidade.
    Gostava mt de ver a volta ao algarve na Tv em directo, mas penso que a mentalidade dos responsáveis para tal ainda não mudou tanto para nos brindarem com uma competição desse nivel na tv portuguesa.

  13. ver em directo só se for na beira da estrada.

    No ciclismo há batoteiros a mais…..os patrocinadores não se querem borrar|!!!!

  14. Tanta merda de futebol, porque a sportv não cobre um evento magnifico do desporto em Portugal, isto e a prova que os governos e as entidades não apoiam quem eleva ou se esforça por levar o nosso desporto ao topo, desejo ver em directo proximo da volta ao algarv em 2012

  15. Unico serviço k apresenta todo o ano?!?! É simplesmente a associação k organiza mais prova em todo o país…

  16. A Associação de Ciclismo Do Algarve é um exemplo??
    Vês-se mesmo que não são de lá, esta associação precisava de sangue novo, pois é uma fantochada, este é o único serviço que apresenta durante o ano, este ano ainda quero ver como vai ser esta associação de Ciclismo sem o seu protegido Sr. Baptista do C C Loulé, quero ver o Sr. Caliçozeco, a fazer figura de boneco. Precisa de sangue novo.
    A Associação de Ciclismo do Algarve precisa de sair de Loulé, poderia sair para Tavira, que é terra de ciclismo tradicional.

  17. Sem dúvida a Associação de Ciclismo do Algarve é um exemplo de dedicação em prol da modalidade, muitos parabéns!!

  18. Um bom exemplo para a modalidade, devendo ser seguido por outras entidades, como a televisão, pois dada a importancia dos participantes era muito util para os amantes desta modalidade e não só, pois a seguir ao futebol, o ciclismo é que leva mais publico nas provas.

Os comentários estão fechados.