Lisboa – Santarém no seu máximo

Texto e fotos: José Morais

Foi mais um “Mega” passeio que a Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) realizou este domingo dia 24 de Outubro, evento inserido no Festival Bike 2010.

Depois de em 2008, no primeiro passeio entre Lisboa e Santarém, ter juntado cerca de um milhar de participantes, em 2009 rondou os 1200, este ano à partida tinha inscritos 1266 cicloturistas, número que foi superado ainda ao longo do trajecto, já que muitos se juntaram à longa caravana, o que para a organização e nas palavras de José Caetano, presidente da FPCUB, no final dizia à nossa reportagem, “neste momento é difícil ter números exactos de participantes, estavam inscritos até ontem (Sábado) 1266 pessoas, mas pelo que fui assistindo ao longo do trajecto, muitos se juntaram a este magnifico pelotão, o que tudo me leva a dizer que ultrapassamos sem dúvida os 1300 e tais… cicloturistas, e entrámos aqui no Festival Bike com um pelotão de luxo se assim se pode chamar, o que nos deixa muito orgulhosos”.

O evento teve concentração no Parque Tejo, junto ao rio Trancão, pelas 8 horas, a partida foi dada pelas 8,45, pela frente os cicloturistas tiveram 79 quilómetros mais 100 metros para percorrer, entre Lisboa e Santarém, com passagem por Sacavém, Alverca, Vila Franca de Xira, Carregado, Azambuja e Cartaxo, com a chegada a ser dada no centro de exposições de Santarém pelas 12,15.

Foi um passeio muito animado, num trajecto de baixa dificuldade, o tempo, esse apesar de estar algum frio pela manhã, esteve soalheiro, apenas algum vento de frente dificultou mas os participantes, mas superado pelos mesmos.

O comentário final
Em final quase de época, “Lisboa/Santarém” foi sem dúvida o “Mega” passeio que se esperava, apesar de terem surgido dias antes, alguns rumores de que este evento não se realizaria por falta de participantes e condições, o mesmo não veio a acontecer, e os números aí o estão para o provar, e as imagens mostrando a realidade, sendo este o passeio, que mais amante da modalidade juntou em 2010, com agrado de todos e a promessa de estarem presentes na próxima edição.

Colocar um passeio deste na estrada é sem dúvida complexo, os quilómetros são muitos, e as estradas, as principais com muito tráfego, porem, o excelente trabalho feito pela brigada de trânsito da GNR é de louvar, como o empenho e o trabalho magnifico que mais um vez os Grupo de Motards do Ocidente deram a este passeio, e todos em conjunto puderam assim proporcionar a todos os participantes, a segurança para pedalarem, chegando ao Festival Bike, e ai entrarem no mundo da duas rodas sem motor.

Nós ficamos por aqui, uma certeza temos, foi um belo passeio, em 2011 estaremos também presentes, a promessa será de um novo “Mega” passeio, e os objectivos, o de levar milhar e meio (1500) é a nova meta, nós vamos estar lá para contar… até lá, bons passeios, boas pedalas.

9 comentários a “Lisboa – Santarém no seu máximo”

  1. Gostei do passeio que participei pele 1ª vez este ano e espero poder repetir para o ano que vem. Comecei só este ano a ir a estes eventos ciclisticos e tenho adorado, não só pelo desporto em si, mas pelo convívio e pelas pessoas que vamos conhecendo. Na verdade estes eventos são muito bons e é de louvar as pessoas que dedicam o tempo a organiza-los para que outros desfrutem dos momentos que ali passamos, mesmo acabando por “roubar” muito desse tempo às suas famílias para o darem a estas causas. A esses os meus agradecimentos.
    Quero aqui também realçar alguma falta de civismo que houve por parte de alguns ciclistas (muito poucos , felizmente) na questão das regras de segurança que insistiam em atropelar quando circulavam pela esquerda, mesmo com os batedores da GNR e os membros da organização que acompanhavam com as suas motos, constantemente a “empurra-los e a pedir-lhes para que só e apenas o fizessem pela faixa da direita. Apesar de uma pequena queda sem mazelas para os intervenientes, tudo correu muito bem e que todos os 1300 que participaram continuem ao longo dos anos e ter BOAS PEDALADAS.    

  2. Gostei do passeio,que fiz pela segunda vez, so acho que a fpcub tem de irrediar aquela gente que vai la pra frente armados em Contador, puchando como se duma prova se tratasse,não respeitando quem esta encarregue de pôr o andamento.

  3. Só nao percebo porque dizem que foram 79,1 km quando so percorremos 66,5 km. Foram varios os ciclistas que mediram os 66,5 km…

  4. Foi a minha primeira participação que fiz Lisboa Santarém, sinceramente adorei o percurso e espero lá voltar para o ano contem comigo. Parabens á organização pelo evento.

  5. para o melhor ciclista desta prova,um beijo doce.E nao estas só,estou sempre contigo e sabes que podes contar sempre comigo,amo-te muito

  6. Sr. Amorim, não sei qual o critério escolhido para se publicar aqui uma foto, penso que a mesma tem a ver com o excelente plano, bem enquadrada, mostrando um pelotão compacto, por acaso vai um participante sem capacete que se nota bem no meio dos outros, o qual do meu ponto de vista não vejo qual o mau exemplo, já que não e feito destaque sobre o mesmo.
    Concordo com a prevenção na utilização do capacete, mas alerto de que a sua utilização ainda não é obrigatória em Portugal, o que origina a que cada pessoa faça o que a sua consciência lhe diga para o fazer, por isso não sendo obrigatório, qualquer organização ou qualquer órgão de comunicação social que apresente uma foto deste género, não é um mau exemplo, é mostrar e divulgar o evento.

  7. Na minha humilde opinião deveria haver um critério mais rigoroso na selecção das fotos publicadas.
    É muito mau exemplo publicar uma foto, em destaque, com um cicloturista na estrada sem utilizar capacete de protecção!
    A prevenção também deveria passar por estas notícias… digo eu!!!
    Cumprimentos

Os comentários estão fechados.