David Millar campeão da Commonwealth de contra-relógio

O escocês David Millar impôs-se hoje na prova de contra-relógio dos Jogos da Commonwealth, que se disputam em Nova Deli, Índia. O corredor da Garmin-Transitions, a correr pela Escócia, confirmou estar a viver um grande momento de forma no final da temporada, que já lhe valera, há duas semanas, a medalha de prata nos mundiais da disciplina de luta contra o tempo, e o bronze na corrida de fundo da competição que decorre na Índia.

David Millar cumpriu os 40 quilómetros do traçado em 47m18s, batendo por 55 segundos o inglês Alex Dowsett, campeão europeu de sub-23. A medalha de bronze foi para o vice-campeão mundial de sub-23, o australiano Luke Durbridge, que gastou mais 1m01s do que o novo campeão.

O escocês David Millar regressou da melhor forma aos Jogos da Commonwealth, depois de, em Dezembro do ano passado, lhe ter sido levantado o impedimento vitalício de representar a Escócia, na sequência do caso de doping em que esteve envolvido. A boa conduta posterior e as suas reconhecidas posições actuais de combate à dopagem permitiram-lhe voltar a vestir o equipamento escocês, o que lhe valeu as medalhas alcançadas na Índia.

3 comentários a “David Millar campeão da Commonwealth de contra-relógio”

  1. Ó meu caro amigo, que interessa o que se passa na casa dos outros, não é isso que vai tornar a situação do ciclismo melhor, não é a apontar defeitos aos outros, que os nossos passam, nem me sinto grande, quando diminuo os outros.

    O Millar fez 2º no mundial, aqui há dias, lógico que nos jogos da Commonwealth, onde não está o Cancellara, que é Suiço, e seria o mais sério candidato a vitória, porque se o Spartacus lá estivesse a história era outra, ele é imbativel, e mesmo quando muita gente dizia que, ele não estava bem, depois do CR da Vuelta, eu achei aquilo era bluff e tambem por culpa do vento nesse dia, e o que é certo é que ele veio a dar-me razão.
    Não ouvi falar, foi do Rogers, nem do Richie Porte, que estiveram muito bem na prova de CR nos Mundiais, eram talvez os unicos que podiam perigar a vitória ao Millar, e eles são Australianos, podiam ter ido a estes jogos, não sei se foram, nem se não foram?

  2. Depois de um 2º lugar no Mundial de contra-relogio em Melbourne , Millar mantem a boa forma e conquista uma boa vitoria.

    Pode ser que seja o regresso de Millar depois de ter estado de quarentena…

Os comentários estão fechados.