Michael Rogers transfere-se para a team Sky [actualização]

O australiano Michael Rogers troca a HTC-Columbia pela Team Sky em 2011. Aos 30 e depois de cinco temporadas na estrutura dirigida por Bob Stapleton – T-Mobile, High Road e HTC – o triplo campeão mundial de contra-relógio arrisca mudar de ares. Fá-lo após uma época em que disse ter descoberto o seu “nicho de mercado”, as provas de uma semana. Em 2010 venceu a Volta à Andaluzia e a Volta à Califórnia.

Michael Rogers é o quarto reforço confirmado pela equipa ProTour britânica para 2011, juntando-se ao campeão europeu sub-23 de contra-relógio, Alex Dowsett (ex-Trek-Livestrong), e a Rigoberto Úran e Xabier Zandio (ex-Caisse D’Epargne).

A Team Sky chegou ao pelotão na presente temporada e marcou o defeso do ano passado, quando assumiu uma postura agressiva no mercado de transferências, que lhe valeu a antipatia de boa parte das equipas rivais. Um ano depois, Dave Brailsford corrigiu o tiro e optou pela discrição nos negócios.

O director da equipa britânica optou de tal forma por uma postura mais suave, que, não negando o interesse e as negociações com Rogers, frisa que ainda não há contrato assinado, porque não confirma a contratação de corredores que se mantenham sob contrato com outras equipas.

Foto: Volta à Califórnia

9 comentários a “Michael Rogers transfere-se para a team Sky [actualização]”

  1. Para o Jõao.
    —— Em 1º – Palas nos olhos deve ter quem gosta de ti.
    —— Em 2º – Disse precisamente o contrário daquilo que tu concluiste.
    —— Em 3º – Se é a falar dessa forma, que esperas que o ciclismo tenha adeptos, Meu DEUS.
    Para finalizar, em quanto critico, é sinal que me preocupo, o problema está quando as pessoas deixaram de criticar, é porque concluiram que já não vale a pena. Entendes, ou as tais palas tambem te estorvam?
    Não tenho sorte nenhuma com as cartas, é que só me sai Duques, Senas tristes, e Cromos mal educados

  2. helder:
    o wiggins nao fez uma má volta foi realmente pessima:um top-10 tendo em conta k nao acredito em vencer…..mas é um dos k mais gosto(pa 3 semanas)

  3. mas que perseguiçao com a carne de espanha… abram um bocadinho as palas que teêm ai al lado dos olhos e vejam outros desportos e vao criticar para outros sites de diferentes modalidades, ou so no ciclismo ha casos destes? atletismo, nataçao, etc… contruam, nao destruam. nao podem ver ng a obter resultados, que é, olha la vai o dopado…

  4. O Rogers deu uma entrevista a dizer que, finalmente descobriu o tipo de provas adequadas para ele, e são as provas de 1 semana, vamos lá ver.
    Outro que aqui há dias deu uma entrevista, a dizer que estava descontente com a pouca apreciação do seu trabalho pela sua equipa(porque não lhe aumentaram o salário), foi o Cavendish, e pelas palavras, fiquei com a idéia que estava a tentar aranjar problemas com a equipa, para assim o libertarem e talvez fosse tambem para a SKY.
    O Bradley Wiggins não correspondeu as expectativas criadas há volta dele, porque no ano anterior fez um grane Tour, e até ele próprio se disse desiludido com as suas prestações. Eu acho outra coisa, tendo em conta o seu andamento, acho que ele não comeu carne de Espanha, e talvez seja esse o motivo para as suas más prestações, pois já há muito desconfio que, anda muita gente a comer carne do mesmo sitio, espero estar enganado, mas fico com essa idéia, e claro, que quem andar limpo, não tem andamento, veja-se o Wiggins, o German, o Sella. Só espero é que de hoje para amanhã, o wiggins não comece a andar como um super-heroi.

  5. Ma temporada da Sky em 2010 mesmo tendo gasto bastante dinheiro e agora tem de melhorar em 2011!

    Rogers ja nao andava muito bem na Columbia por isso faz bem em mudar de ares e a Sky ganha um ciclista muito completo , bom no contra-relogio , a ser um elemento importante num comboio para um sprint e ate um bom trepador para ajudar um lider , neste caso o Wiggins.

    E precisamente no Wiggins que esta o problema da Sky porque nao e um lider feroz penso eu.
    A Sky tem como objectivo ganhar o Tour e para isso precisava de um Schleck , um Nibali , um Gesink , Menchov ou um Samuel Sanchez e nao tem esse ciclista visto que dos lideres das equipas candidatas ao Tour 2011 , o Wiggins e o mais fraco.

    Equipa eles tem porque Uran e Zandio sao bons reforços para a montanha tal como Rogers e ainda tem la o Lovkvist .
    De resto tem o Barry e o Flecha para as classicas do pavés e o Boasson Hagen para sprints e outras classicas.

  6. brad wiggins vai ser team mate para o rogers no tour(pelo menos era o k deviam fazer)e depois lovkvist,froome e augustyn para o resto das 2 provas

  7. a columbia tem tods a sair…………podiam ir buscar o hoogerland,dubridge,irmaos fothen(se forem irmaos),nerz,matthews,rohan dennis,carlos oyarzun,baden cooke etc.

  8. “A Team Sky chegou ao pelotão na presente temporada e marcou o defeso do ano passado, quando assumiu uma postura agressiva no mercado de transferências, que lhe valeu a antipatia de boa parte das equipas rivais.”

    Antipatia? Disto é que eu não tinha ouvido falar! Então uma nova equipa quando entra no mundo do ciclismo não pode ter o direito de querer ter logo ciclistas de nível mundial? Têm todas que passar uma época ou duas a arrastar pelo meio do pelotão? Equipas como esta e a Vacansoleil é que a malta gosta porque são equipas que se esforçam para entrar no pro tour e não se inferiorizam às outras.

Os comentários estão fechados.