Michael Matthews campeão, Portugal por baixo

00000588-image []

Ao sprint, o australiano Michael Matthews conquistou o título mundial sub-23 ao bater o alemão John Degenlolg e o norte-americano Taylor Phinney na corrida ao ouro após os 159 quilómetros da corrida no circuito de Geelong. Matthews soube medir a potência no sprint para ultrapassar sobre o risco o alemão Degenkolg e levar de vencida uma prova que foi dominada, nas últimas três voltas, pela selecção australiana.

No grupo de 46 unidades que terminou com o mesmo tempo do vencedor apenas se colocou um português, Nélson Oliveira, na 23ª posição. O líder da equipa de Portugal – foi quarto na prova de contra-relógio – ficou isolado nas voltas finais. Marco Coelho e Domingos Gonçalves terminaram a prova mas em posições mais discretas, 89º e 90º, a 10m07s.

(em actualização)

CLASSIFICAÇÕES
1 Michael Matthews (Australia) 4:01:23
2 John Degenkolb (Germany)
3 Taylor Phinney (United States Of America)
3 Guillaume Boivin (Canada)
5 Arnaud Demare (France)
6 Sonny Colbrelli (Italy)
7 Laurens De Vreese (Belgium)
8 Sebastian Lander (Denmark)
9 Juan Jose Lobato Del Valle (Spain)
10 Viacheslav Kuznetsov (Russian Federation)
11 Luke Rowe (Great Britain)
12 Siarhei Papok (Belarus)
13 Blaz Jarc (Slovenia)
14 Ramunas Navardauskas (Lithuania)
15 Stefano Agostini (Italy)
16 David Boily (Canada)
17 Sylwester Janiszewski (Poland)
18 Mikel Landa Meana (Spain)
19 Yonathan Monsalve (Venezuela)
20 Egidijus Juodvalkis (Lithuania)
21 Arnaud Papillon (Canada)
22 Yannick Eijssen (Belgium)
23 Nélson Oliveira (Portugal)
24 Georg Preidler (Austria)
25 Massimo Graziato (Italy)
26 Rafal Majka (Poland)
27 George Bennett (New Zealand)
28 Dmitriy Ignatyev (Russian Federation)
29 Sebastian Balck (Sweden)
30 Vegard Stake Laengen (Norway)
31 Joel Zangerle (Luxembourg)
32 Blaz Furdi (Slovenia)
33 Arkimedes Arguelyes Rodriges (Russian Federation)
34 Ki Ho Choi (Hong Kong, China)
35 Tom Jelte Slagter (Netherlands)
36 Andi Bajc (Slovenia)
37 Daniel Schorn (Austria)
38 Carlos Alberto Betancur Gomez (Colombia)
39 Tobias Ludvigsson (Sweden)
40 Jesus Herrada Lopez (Spain)
41 Piotr Gawronski (Poland)
42 Eduard Alexander Beltran Suarez (Colombia)
43 Adrian Honkisz (Poland)
44 Higinio Fernandez (Spain)
45 Romain Hardy (France)
46 Ho Ting Kwok (Hong Kong, China)
47 Kanstantsin Klimiankou (Belarus) 0:00:28
48 Ying Hon Yeung (Hong Kong, China)
49 Enrico Battaglin (Italy) 0:00:42
50 Tony Gallopin (France) 0:00:46
51 Jimmi Sorensen (Denmark) 0:01:04
52 Malcom Rudolph (Australia)
53 Pawel Poljanski (Poland)
54 Javier Eduardo Gomez Pineda (Colombia)
55 Vegard Robinson Bugge (Norway)
56 Jonathan Mcevoy (Great Britain)
57 Sébastien Reichenbach (Switzerland)
58 Chris Butler (United States Of America)
59 Julien Vermote (Belgium)
60 Jelle Wallays (Belgium)
61 Daniel Teklehaymanot (Eritrea)
62 Christopher Juul Jensen (Denmark) 0:02:01
63 Joseph Lewis (Australia) 0:02:22
64 Alex Howes (United States Of America)
65 Shem Rodger (New Zealand) 0:02:40
66 Arman Kamyshev (Kazakhstan)
67 Vladislav Gorbunov (Kazakhstan)
68 Daniil Fominykh (Kazakhstan)
69 Jean-Lou Paiani (France)
70 Yoshimitsu Hiratsuka (Japan)
71 Ronan Van Zandbeek (Netherlands) 0:02:50
72 Julian David Arredondo Moreno (Colombia) 0:03:07
73 Andreas Hofer (Austria) 0:03:13
74 Michel Koch (Germany)
75 Alexei Tsatevitch (Russian Federation)
76 Rohan Dennis (Australia)
77 Michal Kwiatkowski (Poland)
78 Philipp Ries (Germany)
79 Boy Van Poppel (Netherlands) 0:05:30
80 Tom Dumoulin (Netherlands)
81 Marko Kump (Slovenia)
82 Matthias Krizek (Austria) 0:05:35
83 Enzo Moyano (Argentina) 0:05:39
84 Silver Schultz (Estonia) 0:05:40
85 Moreno Moser (Italy) 0:05:46
86 Geoffrey Soupe (France) 0:06:04
87 Jovan Zekavica (Serbia) 0:08:52
88 Andrei Krasilnikau (Belarus) 0:10:07
89 Marco Sérgio Dias Coelho (Portugal)
90 Domingos André Maciel Gonçalves (Portugal)
91 Luka Mezgec (Slovenia)
92 Arthur Van Overberghe (Belgium)
93 Hugo Houle (Canada) 0:12:38
94 Recep Unalan (Turkey) 0:16:40
95 Evaldas Siskevicius (Lithuania) 0:17:12
96 Daniel Egeland Jarstø (Norway) 0:21:32
97 King Lok Cheung (Hong Kong, China)
DNF David Hesselbarth (Germany)
DNF Maximilian May (Germany)
DNF Luke Durbridge (Australia)
DNF Coen Vermeltfoort (Netherlands)
DNF Pim Ligthart (Netherlands)
DNF Benjamin King (Australia)
DNF Fábio Silvestre (Portugal)
DNF Ryohei Komori (Japan)
DNF Kohei Uchima (Japan)
DNF Daniel Diaz (Argentina)
DNF Jan Tratnik (Slovenia)
DNF Alex Dowsett (Great Britain)
DNF Andrew Fenn (Great Britain)
DNF Benjamin King (United States Of America)
DNF Johan Le Bon (France)
DNF Oystein Stake Laengen (Norway)
DNF Rasmus Christian Quaade (Denmark)
DNF Silvan Dillier (Switzerland)
DNF Michaël Baer (Switzerland)
DNF Michael Vink (New Zealand)
DNF Andrew Talansky (United States Of America)
DNF Nikita Novikov (Russian Federation)
DNF Ariel Sivori (Argentina)
DNF Martin Mahdar (Slovakia)
DNF Carter Jones (United States Of America)

20 thoughts on “Michael Matthews campeão, Portugal por baixo”

  1. Para começar quero dar os Parabens ao Nelson,mais era impossivel. Foi uma epoca longa,numa Equipa nova,Corridas com Elites,nao foi façil para ti. Fantastico a tua prestaçao no Mundial. Acredito que deste tudo o que tinhas. Quanto ao resto da Seleçao nao esteve tao bem. Mas acredito no valor destes Atletas,como noutros que infelizmente nao foram SeleçionadoAgora nao vale a pena vir para aqui dizer que devia ter levado tal atleta,ja terminou.. Na minha Opiniao sincera esta na hora da Seleçao mundar de Tecnico. Nessita de um tecnico diferente,com novos metedos,outra mentalidade, Novas anbiçoes,e algo fundamental transmitir confiança a todos os atletas,nao so aos Super Bons,mas ao bons e aos mais razoaveis. Sei do que falo porque ja fui ciclista,e com os meus 17 anos venci 1 corrida para a taça de Portugal de Juniores em Fafe,e esse Senhor esteve presente durante a corrida toda,e assistiu a entrega de Premios,e infelizmente nem os Parabens pela vitoria foi capaz de me dar. Foi algo que me marcou,a sua arrogançia.. Hoje com 24 anos lembro-me disso como se foçe hoje.. Abraço ao Mundo do Ciclismo..

  2. boa noite a todos!!!para “akele k sabe” n sabes mxm e nd…eu sou mt amigo do sergio e sou companheiro dele de treinos..e tax mt enganado sobre ele receber alguma coisa da federaçao knd n esta em competiçao…mx mxm k recebesse era bem entrege…pois ele ja fez mt pela seleçao…mt pelo ciclismo portugues…ele n percissa neste momento da seleçao para arranjar contratos..e tbm ta a dar lugar a otro colega k vai ser a 1x..abraço a tds

  3. O serraceno tu percebes tanto de ciclismo como eu de ballet.
    Um grande ciclista tem de ser completo onde viste isso??
    Quem e que te disse isso?
    Um grande ciclista nao tem de ser completo tem de ter acima de tudo bens resultados na sua especialidade.
    O Cancellara e um grande ciclista e eu nunca o vi a ganhar uma montanha no tour nem na vuelta porque?
    Porque e um contra-relogista nao um trepador.
    Vai ver ciclismo e aprender do que falas antes de vir para ca comentar.

  4. Eu acho uma piada a estes que vem dizer que fulano trabalha muito para lá estar, e os outros não trabalham de igual modo, eu não sei quem era melhor ou pior para lá estar, porque não estou tão por dentro da modalidade(ligo mais ao ciclismo internacional), mas que todos trabalham de igual modo! Trabalham, por isso esqueçam lá essa razão, que eu acho inadequada.
    Lá deveriam estar os mehores, ou os que estivessem em melhor forma, para que garantissem o melhor resultado. È só.

  5. pois , eu sou da opinião que os melhores devem representar portugal .
    no cri Nelson Oliveira e Fabio Silvestre , mas na prova de estra estes dois não tinhão lá lugar , no campionato nacional , um desistiu o outro fez o lugar que fez e os melhores ficaram cá . Pois que eu saiba não são atletas para esta prova mas sim para somente para o cri ou volta ao alentejo , porque é sempre a rrrrrrrrrrrroooolllaaarrrr e os campiões são completos e ainda bem que os completos não são seleccionados . pois é sinal que temos melhores , só que não vão lá …………….

  6. Fala-se de Nelson mas trabalha para estar sempre no seu melhor quanto ao resto quer é protagonismo e arranjar contratos. ( Sérgio Paulinho não vai mas o pais está a pagar-lhe), a selecção de sub 23 deve ter sido a possível…..e convocar outros provocava muita azia-…

  7. pah
    desculpa……
    mas brincamos com o nosso pais…
    nao ele contava ser chamado….
    mas nao foi….
    nunca se mostou indisponivel para a selecçao mesmo quando foi castigado…
    para mim isto foi mais um castigo daquilo que ele falou….

    na altura da volta a portugal…. mas vejam aqui vcs encontram….

  8. Resposta para o aves .
    Era impossivel chamar á seleção o tiago machado visto ele ter se demonstrado indisponivel.

  9. Pelos resultados que tenho visto, ja dizia que esses dois atletas referidos pelo Pancho Villa teriam que estar obrigatoriamente no campeonato do mundo, mas afinal não sou so eu a olhar para os resultados aqui em Portugal, a muito o tinha dito, Nelson Oliviera, António Carvalho, Marco Coelho e Jose Gonçalves, esta sim seria a selecção ideal, nao deixar de frisar para quem nao sabe e nao viu, marco Coelho furou no inicio da prova o que depois foi obrigado a ter mais esse desgaste. A esta hora o seleccionador deve estar a pensar muito pois tambem nao vejo bons resultados tambem nos profissionais,

  10. Penafes:
    nao acabou…
    mas por aquilo que vi esta epoca… mesmo o nel.. nao vai ter grandes hipostes..
    a concorrencia e grande…
    a minha aposta vai para pozzato…
    e a vossa…
    reparem numa coisa um selecionador…que deixa os melhores corredores tugas de fora…
    nao vamos longe…

    por mim ao mundial… iam
    cri
    Tiago Machado
    Rui Costa

    prova de fundo
    TIago Machado
    Rui Costa
    Sergio Sousa
    Rui Sousa
    Sergio Ribeiro

    Bem foram os que tiveram melhores este ano…
    pelo menos para mim…

    nao quero com isto dizer que os outros estivem mal… o nel fez a vuelta toda….
    e esteve no tour…. embora com azar… no monte da assunçao disse me pessoalmente… que o campeonato do mundo nao fazia parte dos planos… e que prefia ir a vuelta… logo depois da convuctoria fiquei supereso….
    o hernani broco … bem o melhor tuga na nossa volta…. mas nao ao melhor nivel…penso eu…

    mas nao gosto de mexer no trabalho das outras pessoas….

    FORÇA PORTUGAL

  11. Fantastica exebição da selecção, parabens senhor seleccionador, veio a confirmar-se os prognosticos, tirando o Nelson Oliveira que apesar de ter feito 23 andou sempre a mostrar as nossas cores, e a 3 km ainda estava no podio, levava uns metros para o pelotão, em relação ao Marco Coelho foi pena ter furado no inicio, pois não existem carros de apoio e teve que trabalhar sozinho para chegar novamente ao pelotão, de resto ja sabemos, apenas um atleta nos 70 primeiros, muito mau para ser verdade, apesar disso bom esforço rapazes, voçes nao tem culpa, mas sim quem apostou em voçes, tinha dito que o Fabio Silvestre nao terminava, pelos vistos nao me enganei.

  12. Dp digam-me que o Antonio Carvalho e o josé gonçalves não tinham lugar nesta selecção.

  13. O Nelson tentou escapar quando faltavam 2 ou 3 kilometros para o fim, não resultou, paciencia, mas pelomenos tentou, fica a intenção e o inconformismo. parabens para ele. Isto foi o que eu li aí num site, espero não estar a mentir.

  14. uma duvida que tenho… o Silvestre não fez estrada?
    qualquer das maneiras acredito k os portugueses deram o seu melhor e parabens por ixo!

Os comentários estão fechados.