José Poeira: “Portugal vai tentar aproveitar o trabalho dos outros”

Quem não tem cão, caça com gato. Apresentando-se apenas com cinco corredores para a prova de fundo do Mundial de Estrada, que se disputa em Melbourne, Austrália, no dia 3 de Outubro, a selecção nacional de elite “não vai tomar iniciativa, mas vai tentar aproveitar o trabalho dos outros”, promete o seleccionador, José Poeira, em declarações à agência Lusa.

O técnico espera uma corrida exigente. “Este vai ser um percurso rápido, mas duro, porque o circuito tem uma subida de um quilómetro, com algumas rampas acentuadas, e termina com uma ascensão de 400 metros, tendo depois seis quilómetros planos até à meta”, descreve José Poeira.

Os corredores portugueses “estão muito motivados”, assegura o seleccionador. “Para alguns é a primeira vez que estão num Mundial, mas espero o melhor”, confessa. José Poeira antevê uma prova a duas velocidades. Por um lado, formações que atacarão de modo a desfazer o pelotão. Por outro, equipas que tudo farão para que a corrida seja discutida ao sprint. Para responder às movimentações, Portugal conta com dois homens rápidos, Manuel Cardoso e Samuel Caldeira, e com “três fortes na montanha”, André Cardoso, Hernâni Broco e José Mendes.

O seleccionador não esconde, todavia, que “o ideal era conseguir chegar ao sprint”, de modo a aproveitar o bom momento patenteado por Manuel Cardoso na Volta a Espanha, onde discutiu as chegadas com os melhores.

Os primeiros lusos a entrar em acção são os sub-23 Nelson Oliveira e Fábio Silvestre, que vão participar no contra-relógio de 31,8 quilómetros, que será disputado a partir da uma da manhã de quarta-feira, 29 de Setembro. “O contra-relógio tem um percurso que nos agrada, com um perfil bom, tanto para o Nelson Oliveira, que tem feito bons resultados e à partida ainda é vice-campeão, como para o Fábio Silvestre. Estou confiante numa prestação honrosa”, adianta José Poeira.

21 comentários a “José Poeira: “Portugal vai tentar aproveitar o trabalho dos outros””

  1. E o Sérgio Paulinho? Continua a comer o dinheiro de atleta de alto rendimento? Numa prova que diria lhe seria favorável. Felizmente seja a subir ou em plano concordo que nesta altura do ano apenas ali temos André Cardoso, e apenas porque tem sido o mais honesto no seu trabalho.

  2. Eu não percebo muito disto, mas quando numa volta, a equipa que tem a camisola amarela, é a equipa que geralmente controla a corrida, aqui ninguem tem a amarela, portanto quem é que vai controlar a corrida. As equipas dos sprinters só o farão se não tiverem ninguem nas fugas. Portanto ou se mete gente nas fugas, ou então estamos “fugidos”.
    Não percebi o argumento de não levar o ciclista com caractristicas mais apropriadas para este percurso(S.Ribeiro), porque se levam o Brôco, o argumento caí por terra.
    Mas como disse, não percebo muito disto…

  3. EU REALÇO AS PALAVRAS DO SELECCIONADOR…QUE NÃO SÃO MAIS DO QUE UM ATESTADO DE INCAPACIDADE AOS ATLETAS QUE ELE PRÓPRIO(OU A LIBERTY) ESCOLHEU PARA ESTE MUNDIAL!!!ESTA IDA AOS MUNDIAS É UM CARO PASSEIO!!!

  4. Penso que entre dois homens bons no sprint realmente se chegarem bem já devem levar mais ou menos combinado quem pode preparar e para quem o sprint final mas têm que passar muito bem os dois as tais rampas e subidas quanto aos homens das ditas montanhas eu dizia logo de inicio ao Broco e ao André para se poderem irem embora os dois e arriscarem porque ninguem fica mal visto se arriscar e entre ajuda nos dois ciclistas.Ponto Final.Ok não resulta , vamos ter sprint e ainda temos o José Mendes para ajudar na preparação do final.É a selecção nacional e como tal todos por um e todos por PORTUGAL.Força nas pernas.

  5. eu sei bemd a qualidade do manuel, mas nao e para este percurso, pois a quilometragem e as diciculdades do percurso vao fazer toda a diferença, arrisco a dizer que nao entra nenhum dos profissionais nos 20 primeiros, para mim Sergio ribeiro era o melhor sem duvida para este percurso,ja nos sub 23 acredito no Nelson Oliveira nos 10 primeiros, o Marco Coleho se tiver num bom dia e como no inicio de epoca e capaz de mostrar também o seu valor, mas mais uma vez deixaram corredores melhores aqui, tal como a muito dizia, António Carvalho era o homem ideal para o percurso, e mais uma vez na madeira, que e uma prova de muita montanha mostrou estar muito bem, tal como Jose gonçalves, penso que poderiamos ter levado uma equipa muito mais forte para os mundiais, claro que não ponho em causa a qualidade de domingos golçalves, mas nao esta num bom momento, o mesmo nao posso dizer em relação ao Fabio Silvestre, pois so o vi andar num premio.
    Apesar de tudo muito boa sorte a quem la esta

  6. pro’s que estão a criticar “ah e nao valem nada” voces nao faziam melhor por calou wannabies!!!!!
    tambem ninguem dizia que o Paulinho fazia aquele lugar nos olimpicos por isso (: 

    CARREGA SELECÇÃO.

  7. ninguem falou aqui de ir um algarvio um nortenho um alentejano ou um lisboeta!
    ele apenas disse q o caldeira pode nao se adapatar a este percurso…
    mas eu posso dizer que conheço bem o caldeira se ele tiver mesmo mesmo bem ate trepa paredes. ele quando quer passa media montanha! por isso… so falta ver se ele vai estar bem com os km e com o nivel alto da concorrencia.. quanto ao manel… se ele entrar nos 10 primeiros nao nos espanta nada! ja estamos habituados a isso!!:D:D
    mas claro ha sempre aqui gente que nao sabe ver isso!!!

  8. pancho…? dá assim tanta comichao ter um algarvio no mundial ao invés de outro? mostrou que esta bem e que merece o lugar. em portugal é que se continua a pensar que que esta bem na volta e que deve ir ao mundial, entao e manter ate la a vontade e força de vontade em treinar? e na foi so o circuito da moita que lhe garantiu o lugar…

  9. Lol: pelos vistos estamos errados, o ora toma e o vinodopov é q sabem e percebem de ciclismo! Gente desta a desapoiar a nossa seleção não precisamos.

  10. Lançar o caldeira? lol Só se for mesmo pro caldeirão. Estamos a falar de sprinters puros e não de adaptações que vencem uma corrida por ano e é tipo circuito da moita.
    Esta selecção vai e deve sem duvida alguma trabalhar em prol do Manuel Cardoso. É o unico que pode lá fazer qualquer coisa para portugal ao invés do habitual chegar no primeiro ou segundo grupo.
    Penso que com o Manuel Portugal pode sonhar com o melhor lugar de sempre em Mundiais de estrada. O resto é paisagem.

  11. ora toma : es mesmo esperto tu! continua lá agente nao entende nada de ciclismo!!! se tu disseres q eles nem meia prova aguentam agente acredita… sabes quem e o manel cardoso? e sabes quem e o samuel caldeira??? loooool nao me parece q saibas! vai mas e perguntar ao sergio ribeiro se pode correr! depois vens ca mandar bitaits! sobre o andre cardoso e broco… futuros vencedores da volta a portugal..mendes se entrar numa fuga com o kolobnev (por exemoplo)pode ser mesmo campeao mundial!!!. selecçao bem feita!

  12. Ora toma: Achas mesmo q o selecionar foi para os mundiais com os ciclistas “ao molho”? Descansa o cérebro!

    Força Portugal, acreditem em vocês!

  13. Mais vale sonhar do que ir para linha de saida já derrotados para isso mais valia ficar em casa a dormir, força portugal

  14. desculpem me a pergunta mas se for a xegada ao sprint……..kem lança kem?? o caldeira para o cardoso ou o contrario……a mim parece me k vai ser tudo o molho e fe em deus…..o unico tuga k era capaz de se desenrascar sozinho ( pk aki ja o faz e com resultados) é o sergio ribeiro mas esse atleta pelos vistos nao tem valor algum para o poeira……

  15. do kerer fazer a estar feito vai mta distancia……e kuando akilo apertar os nossos tugas nem se vao conseguir colocar para o k ker k seja……..sejam realistas e nao sonhem

  16. acredito que todos vão defender a camisola ao maximo…muita força e muita sorte também para tds vc.

Os comentários estão fechados.