Ricardo Mestre, o combativo, segundo na Bulgária

O algarvio Ricardo Mestre (Palmeiras Resort-Prio-Tavira) terminou hoje a Volta à Bulgária na segunda posição, a 56 segundos do antigo colega de equipa Krasimir Vasilev, que se sagrou vencedor da volta ao país natal. A derradeira tirada, 148 quilómetros entre Troyan e Teteven, foi ganha pelo sérvio Ivan Stevic, mais rápido dos seis homens que se adiantaram ao pelotão. O melhor tavirense na tirada foi André Cardoso, 11.º classificado.

A participação do Palmeiras Resort-Prio-Tavira na Volta à Bulgária saldou-se por uma vitória de etapa, por intermédio de Ricardo Mestre, que ainda foi considerado o homem mais combativo da competição. André Cardoso conquistou a classificação da montanha e foi o segundo melhor português na geral, terminando na quarta posição, a 1m23s de Vasilev.

Os outros pupilos convocados por Vidal Fitas também chegaram ao fim: Nelson Vitorino foi 13.º, a 2m56s, Henrique Casimiro  foi 15.º, a 6m13s, Daniel Mestre foi 31.º, a 51m21s e Tomás Metcalfe foi 70.º, a 1h38m48s.

1 comentário a “Ricardo Mestre, o combativo, segundo na Bulgária”

  1. Olá a todos.
    Não podia de deixar de dar os parabens ao Krassimir, dos melhores ciclistas que por cá passaram. Capaz de dar a camisola pelos colegas de equipa, enfim um Homem com H dos grandes. Parabens ao Tavira.

Os comentários estão fechados.