Ricardo Mestre sobe ao oitavo lugar na Volta à Bulgária

Mestre e Cardoso são os mais bem colocados da equipa
Mestre e Cardoso são os mais bem colocados da equipa

O português Ricardo Mestre passou a ser o oitavo classificado e melhor homem do Palmeiras Resort-Prio-Tavira na Volta à Bulgária, depois de disputada a quarta etapa da prova, que ligou Kazanlak e Burgas e que foi ganha pelo alemão Robert Bengsch.

Os 180 quilómetros da quarta tirada provocaram grandes mudanças classificativas, começando logo pelo topo da geral individual, que é agora ocupado pelo checo Tomas Buchacek. A etapa foi discutida por um grupo de 28 corredores, entre os quais se posicionaram três tavirenses, que garantiram a manutenção da liderança da geral colectiva. O melhor do dia foi o “rei da montanha” André Cardoso, na nona posição, diante de Ricardo Mestre, que foi o décimo.

Em termos de geral individual, Buchacek comanda com quatro segundos de vantagem sobre um grupo de seis corredores, encabeçado pelo colombiano Andrés Diaz. O Palmeiras Resort-Prio-Tavira tem dois homens no top 10. Ricardo Mestre é oitavo, a 1m02s, e André Cardoso é décimo, a 1m08s. Os outros “algarvios” em liça são Nelson Vitorino (12.º, a 1m08s), Henrique Casimiro (20.º, a 17m39s), Daniel Mestre (37.º, a 52m40s) e  Tomás Metcalfe (64.º, a 1h13m09s).

6 comentários a “Ricardo Mestre sobe ao oitavo lugar na Volta à Bulgária”

  1. Esse ciclista do povo só e bom em Portugal agora correr fora de Portugal não lhe dá muito jeito ??? eeeeeehhhhhhh

Os comentários estão fechados.