Henrique Casimiro é o melhor luso na Bulgária

O alentejano Henrique Casimiro é o mais bem colocado do Palmeiras Resort-Prio-Tavira na Volta à Bulgária, quando estão disputadas três etapas, ocupando a 11.ª posição, a 1m16s do russo Roman Kolstov, que lidera a geral individual. Outro tavirense em evidência é André Cardoso, que comanda a classificação da montanha.

Na geral, Ricardo Mestre, 13.º, a 2m14s, é o segundo melhor da equipa portuguesa, seguindo-se André Cardoso (16.º, a 2m20s), Nelson Vitorino (19.º, a 2m20s), Daniel Mestre (29.º, a 36m07s) e Tomás Metcalfe (58.º, a 56m46s).

O melhor resultado parcial até ao momento foi conseguido por Daniel Mestre, quarto classificado na segunda etapa, quando foi o mais rápido do pelotão, que foi precedido por três fugitivos.

Estão também em prova dois corredores que já representaram a equipa algarvia, Krasimir Vasilev e Daniel Petrov.

A Volta à Bulgária está na estrada até ao próximo domingo, 19 de Setembro.

5 comentários a “Henrique Casimiro é o melhor luso na Bulgária”

  1. Muito bem Henrique. Bora lá Tavira ! O henrique abriu caminho, agora é dispararem os foguetes qe se adequem a cada etapa da volta á bulgária 😀

  2. Sim , o palmeiras resort vai deixar de patrocinar mas não é por querer largar a equipa é apenas porqe não podem continuar a fazer publicidade a um investimento que ainda não foi construído e está atrasado. Aliás isso é ” proibido “

  3. Isto da crise está a afectar a todos, mas o ciclismo parece ainda mais vulneravel que o resto, porque o futebol tem transferencias de jogadores, patrocinios, totobola, televisão, socios, e bilheteiras, estes são os meios de subsistencia do futebol, já o ciclismo disto que referi para o futebol, só tem patrocinios e prémios de vitórias. O futebol, garante a um patrocinador o retorno do seu investimento, através da publicidade televisiva, mas como é que o ciclismo faz isto! Se vencer a volta a Portugal ainda é um grande retorno, mas se não estiver bem aí, é uma calamidade, terá que se procurar novas soluções, mas não estou a ver o quê!
    Deve ser um castigo tanto para os ciclistas, como directores, viverem nesta constante incerteza sobre o futuro, é que no ciclismo é tudo a curto prazo, nunca ví ninguem ter um projecto a 5 anos, é quase tudo a 2 anos, e no segundo vai-se ver, até para os ciclistas estarem melhor fisicamente, o psicologico é muito importante que estaja em paz, e estas situações não ajudam em nada.
    Digo eu que não estou por dentro, mas se alguem tiver uma ideia que me tenha escapado, faça o favor de me dizer.

  4. e entao como está esta equipa ano?? sempre continua já k ouvi k a palmeiras resort vai deixar de patrocinar??

    e as outras loule,la,boavista sempre saiem para estrada para ano??

    era interesante o jornaldeciclismo tb dar estas informaçoes, tentar saber como esta o futuro das equipas e mesmo atletas, para só esta confirmado barbot e liberty era bom k as outras continuem

Os comentários estão fechados.