Leonardo Piepoli suspenso dois anos

O Tribunal Nacional Antidopagem italiano condenou Leonardo Piepoli a uma suspensão de dois anos, devido ao consumo de CERA – EPO de efeito retardado – detectado durante a última Volta a França. A sentença proferida pelo tribunal confirma a pena proposta pelo Comité Olímpico Italiano. Leonardo Piepoli já confessou o uso de CERA, alegando que o fez por não ter tido tempo de preparar-se adequadamente para correr o Tour, após uma desistência, por queda, na Volta a Itália.