JO Juventude: Rafael Reis segundo na prova de fundo

Rafael_Reis_450

Rafael Reis voltou a subir ao pódio nos Jogos Olímpicos da Juventude com a conquista do segundo lugar na prova de fundo que decorreu na manhã de domingo no circuito urbano de Marina Bay. O campeão nacional de júniores foi somente batido pelo belga Boris Vallee que o precedeu em dois segundos na prova de 48 quilómetros. João Leal foi 28º classificado e Rodrigo Gomes terminou a prova na 41ª posição

O segundo lugar de Reis dá sucessão ao triunfo na prova de contra-relógio individual na qual o natural de Palmela bateu toda a concorrência. Os esforços de Reis foram complementados pela prestação de Magda Martins, João Leal e Rodrigo Gomes que competiram individualmente nas sete programas do programa de ciclismo do evento: contra-relógio masculino e feminino, corrida de fundo em estrada masculina, cross country masculino e feminino, BMX Race masculino e feminino. Ao somar um ponto no contra-relógio e dois pontos na prova de fundo, a maior penalização para a comitiva portuguesa adveio das performances nas provas de cross-country masculino e de BMX masculino cada uma penalizada com 72 pontos.

No ranking final das Nações, a Colombia (154 pontos) foi a mais regular e conquistou a medalha de ouro – o ciclismo é um evento por equipas e com disciplinas combinadas não havendo lugar à consagração individual – diante da Itália (171 pontos) e da Holanda (191 pontos). Portugal deu por terminada a sua participação velocipédica com 260 pontos na nona posição entre a República Checa e o Chile. A Eritreia foi a última nação entre as 32 classificadas.