Selecção feminina compete em França

A Selecção Nacional/Liberty Seguros de elite feminina compete em França de 24 a 28 de Agosto, integrando o pelotão do Trophée d’Or Féminin. O seleccionador nacional, Nuno Alves, escolheu cinco corredoras para este compromisso, que visa dotar as ciclistas de maior experiência em provas de nível internacional.

As convocadas são Ana Rita Vigário e Celina Carpinteiro (Ouribike-Ouriquense), Ester Alves (Lointek), Ângela Fernandes e Isabel Caetano (CSN Epinay). “É mais uma oportunidade para estas corredoras tomarem contacto com o nível competitivo internacional, o que dará outro ritmo às nossas atletas. Como temos poucas saídas ao estrangeiro, não foram estabelecidas metas prévias de resultados, pedindo-se a cada uma que dê o seu melhor, sempre com a perspectiva de conquistar mais experiência de competição a este nível”, afirma o técnico nacional.

O Trophée d’Or Féminin totaliza 467,4 quilómetros, distribuídos por cinco etapas em linha e um contra-relógio individual. O segundo dia de competição será o mais complicado. Além de se correr a etapa mais longa da prova, 102,8 quilómetros,  é também nesta jornada que será cumprido o contra-relógio de 7,5 quilómetros.

12 comentários a “Selecção feminina compete em França”

  1. Que vergonha…eu ate disse numa prova para o pessoal vrem ver esyes comentarios e classifaçao das tres atletas que ainda muita gente esta a espera da resposta ao porque elas irem….

    Isabel fica em casa ou almenta a familia ,porque tu agora ja nao das mais nada pa caixa so se for com milagres

  2. Ja li isto tudo pelo menos umas 3 vezes…

    So quero deixar aqui algumas coisas esritas para 3 atletas que ainda nao referrm aqui nada.e assim é que é…
    Anais-aplica t no triatloo e caga para o ciclismo. Eras mais apoiada de dentro e de fora…O ciclismo esta t a queimar pouco a pouco…
    Monica Magro-Trabalha e quando fores chamada para um estagio manda catar o senhor Nuno
    Catarina Anastacio- Adorava que para a nova epoca tivesses muito bem para mostrar ao senhor Nuno que o pelatao é dominado por sub23..
    Tu e a Anais fazem uma bela dupla…Adorei ver em Loule as duas a trabalhar…Parabens e monica nao dessists….

    EU FOSSE VOCESES NUNCA MAIS IA A UMA SELECÇAO…

  3. Sr Tono estamos á espera do seu comentário , quanto á maravilhosa prestação da sua atleta e campeã de xco Rita vigário. Que apareça alguém a assumir responsabilidades e a explicar estas opções de escolha. Mais de 15 minutos para o pelotão é muito para as sua experientes!!!, ou acha que só houve chuva e vento para as atletas Portuguesas ? Vergonha este investimento a pensar no futuro…

  4. Boas, Sr. Tono parece que lhe toquei em pontos já feridos pelo desgaste, fica exaltado por se discutir o que está á vista de todos. É esta então a sua selecção feminina para se preparar no futuro uma equipa com potencial, de que tanto se falou na federação? Quando se abdica da vencedora da taça de Portugal de estrada para levar a campeã de XCO 2010, está tudo dito. Quando esta campeã de cross não aparece na estrada e quando aparece perde para todas as novatas que felizmente aparecem no ciclismo , sim temos futuro!!!. quando o trabalho das atletas no ano em que se considera não é motivo de opção , então sim ! vamos vivendo dos feitos históricos que atletas escolhidas ostentam!. O amigo sabe por acaso dizer-me quantas provas essas 3 meninas ganharam frente por exemplo como é óbvio a Anaiz. ou á Catarina Anastácio ou mesmo á Mónica Magro, nenhuma Sr. tono , é que nem na estrada nem sequer nas maratonas de btt de que o sr. se orgulha tanto em ter no seu grupo preferido as campeãs de XCO,XCM, Rampa, e restantes actividades desportivas com bicicleta de montanha, na selecção de estrada. Todos os nomes que lhe falei lutam para ganhar ritmo, e estão a mostrar muito bem as suas capacidades , já as escolhidas não lutam porque o ritmo não está mais ao seu alcance, a sua vez já passou, por muito que me custe a dizê-lo. É lamentável que se queiram tornar válidas as opções que á muito todos já vimos que não têm mais para dar, mas inconscientemente continua-se a fazer o jeitinho, que por ventura alguém vai pedindo, em detrimento de uma selecção a pensar no futuro constituida por gente nova e por novos talentos, que por muito que tentam aparecer são de imediato seifadas por mentes como a sua. Continuamos a dar passos retrógrados. O presente é que interessa o Futuro que venha outro e resolva ! sinceramente!!!

  5. Parece que somos dois bicos opostos da mesma vara…só não consigo neste momento descobrir quem é o bom da fita. Eu ou o Rui. Primeiro que tudo não são minhas atletas, são das equipas que representam, mas posso dizer que as conheço. Nenhuma é da minha terra, não são minhas vizinhas, não tenho laços familiares, não sou dirigente nem nada que se pareça. Quanto ao Rui não sei se posso dizer o mesmo dada a forma inflamada com que responde.
    É óbvio que temos bons valores nas mais novinhas mas por amor de Deus Rui, as que refere…até gostava que o selecionador lhe fizesse o favor de as levar e depois dizia-me os resultados porque a Catarina penso que já teve a sua oportunidade, a Mónica e a Ana Antunes podem vir a mostrar mais valias mas começaram quando? 2007, 2008?, a Anaiz ainda tem de saber se comportar em equipa é que estrada é um desporto colectivo e ela corre bem mas é quando vai sozinha na frente (e gostava de saber quando pegou na bike pela última vez, deve tar com um belo bronzeado). A Irina ainda luta para ganhar ritmo, a Carla é atleta de btt (fez o nacional de estrada apenas que eu saiba e recusou correr estrada numa equipa) a Ana Valido já foi escolha do selecionador deixando este em casa outras que lá estão neste momento.
    Esta é uma prova por etapas com uma média superior a 100kms diários, essas atletas que referiu têm provas dadas que aguentam?

    Caro amigo, gosto da distância a que me tenta pôr quando me trata por senhor, mas Esse está no Céu. A categoria de elites não tem limite de idade (se não sabe passa a saber) olhe a idade da Jeannie Longo, e mais uma vez observe a lista de inscritas na prova, as idades, pesos, etc… Formação sei o que é, não posso é dizer qual de nós sabe mais, mas o Sr Nuno Alves sabe de certeza mais que nós dois juntos, é que ele dedica-se a todas as categorias das femininas e das escolas de ciclismo também 😉 se calhar “não sabe certamente”? Ninguém precisa de justificar as escolhas que faz porque acredito que todas lá estão pelo valor que o selecionador sabe que elas têm, tenho a certeza que estas não precisaram de amigos ou papás a enviarem e-mails a pedir lugar na selecção porque lá não há lugares cativos. Uma selecção normalmente é composta por gente com experiencia, dotadas de mentalidade focada no desporto e rendimento (não em praia e saídas nocturnas), os anos em cima da bicicleta contam muito e nem sempre os resultados imediatos são os melhores. Quando quisemos resultados imediatos levamos a Anaiz aos campeonatos do mundo e viu-se o resultado. A própria Ester já foi vitima da sua inexperiencia lá fora, pergunte-lhe. Lamento, não sirvo de pombo correio, quer resultados procure, devem tar no cyclingnews ou aqui mesmo já no final do dia de hoje. O único hábito que tenho é de vir ler as notícias, acho que faço muito mal em descer a página e reduzir-me ao ponto de dar respostas. Ahhh, também não sou amigo nem nada que se pareça do Sr. Nuno Alves!

    Já agora, porque não foi a Vanessa é a nossa campeã! A Joana Patrício é novinha, não foi porquê? Temos também a Ana Ferreira, esta corre há anos… se não percebeu são perguntas retóricas, se não sabe o que significa procure no google. Caro Rui, deve sofrer de teoria da conspiração para achar que hoje em dia algum amiguinho influência as escolhas do selecionador, acho que nunca tivemos um grupo de trabalho tão bom como tivemos agora, falando de selecionadores/staff e vice presidente. Cure os seus males com uma ida à praia, hoje temos sol!

  6. Caro amigo Tono , sabe o que é trabalho de formação e preparação de Futuro em qualquer selecção desportiva. ? Não sabe certamente!!! Porque, andamos á anos arrastar esses nomes que tanto defende, e não percebe que essas mesma atletas já não têm mais para dar ao ciclismo Nacional. Os Portugueses agradecem o tanto que deram á modalidade , mas está na hora de trabalharmos para o futuro, de virarmos as páginas e apostar em novas atletas, novas caras, com idades muito mais novas!

    As selecções não podem gastar os poucos recursos a premiar velhas guardas! O investimento tem que passar obrigatóriamente pela formação e aposta em atletas novas. Nesta selecção não vejo uma única aposta. Vejo sim duas grandes atletas que foram justamente escolhidas para integrar uma selecção Nacional mas que por azar as integraram num grupo de veteranas que em nada justifica serem escolhidas a receber esse prémio. Quando fala em campeãs de XCO, Rampa, Maratona, Crono e Linha, xpto etc.. certamente não sabe que estamos perante uma selecção de estrada , que em nada tem a ver com essa situação , porque se o tivesse bastava ir buscar as 5 melhores maratonistas do Ranking Nacional da Taça de Portugal de Maratonas e tinhamos uma selecção muito melhor que essa !!! e as suas meninas ficavam de fora. O Sr. Tono pode explicar porque é que se não leva a Anaiz Moniz (21 anos), a Catarina Anastácio (21 anos ) , Mónica Magro (25 anos), Ana Antunes(22 anos) e outras tantas promessas que aparecem a pedalar muito bem !!! E mais, se a escolha recaíu em veteranas então também tinhamos a ana Valido, a Irina Coelho a Carla Cabral que pelo menos a presentam e continuam a apresentar muito melhores resultados nas competições Nacionais. Se os resultados justificam as escolhas como diz, então como justifica que a melhor das 3 atletas mal escolhidas aparece apenas em 10 lugar no RanKing Nacional. Desta forma só posso lamentar que ainda exista um grupo de amiguinhos que para infelicidade do ciclismo feminino Nacional conseguem manipular as decisões e as opções de escolha, prejudicando assim as novas ciclistas que se podiam afirmar nas competições internacionais, mas que por iniciativa dos que não vêm o futuro para as jovens, são obrigadas a anular e arrumar na prateleira os sonhos de virem a ser grandes ciclistas. Sr. Tono obrigado pelo seu contributo para o Futuro ciclismo feminino. Pena que não ponham a categoria de elites até aos 40 anos porque se não, o sr. continuava a colocar a Rita Vigário etc… nas selecções durante mais uns bons anos. Abram a mente por favor ! é o que o ciclismo vos pede… !!! Já agora vá informando a qui a malta dos resultados das suas atletas.

  7. Vamos a contas: Celina e Ester – justamente escolhidas; Angela e Isabel Caetano – não se percebe o porquê; Ana Vigário – tem familiares nos sitios certos. Valha-me Deus Rui Bernado, a Celina é atleta de btt tem títulos nacionais, a Ester apareceu nem à meia dúzia de anos mas já conta com títulos nacionais, a Angela excelente atleta ja antes integrava os quadros da selecção, a Isabel extenso currículo a par da Ana Vigário (o currículo destas duas dava as páginas amarelas)…
    Acho que os resultados justificam a presença de todas não vejo outras com mais experiência, vês? Familiares no sitio certo, pois…por isso é que uma destas está na selecção de btt acertei? ooooppsss é a Sandra que tá lá na de btt com as outras mais novitas, Joana e Magda… se calhar também são familiares não é? Falei com as meninas da selecção ainda agora (19h) estão muito bem dispostas apesar do belo treino debaixo de vento e chuva que fizeram pela manha, mandaram beijinhos para mim claro e cumprimentos/beijinhos aos fãs mas sem nunca esquecer os invejosos que tanto torcem por elas (bem ou mal torcem sempre). (Há um que ainda não se manifestou, deve tar de férias).
    Temos lá campeãs de XCO, Rampa, Maratona, Crono e Linha. Caro Rui, quem, no teu mais perfeito juízo de brilhante conhecedor do nosso ciclismo feminino deveria lá estar? Qual a constituição desta selecção de 5 atletas?

  8. Duas justamente escolhidas e os seus resultados justificam plenamente a opção , duas que não se percebe porquê!, resultados que em nada justificam um prémio destes, e uma que dá para perceber porquê! estar em todas não é preciso ter resultados basta ter familiares nos lugares certos… Assim não vamos lá !!! Celina e Ester, lamento muito mas essa não é certamente a vossa selecção, quem é que vos poderá ajudar ?

  9. Dizem que o Cancellara também ta “gordo”…nota-se! Observador, se tens assim tanto olho, vê o plantel feminino da HTC-Columbia ou da Cervélo Test Team. Não quero dizer com isto que as nossas não precisem de perder peso, mas sabes lá tu o que é gordura… a percentagem de massa gorda é que conta ou já tens medidor de gordura integrado nos olhos?

  10. e é este o apoio que temos…. desgraçados , sedentários que em casa sentados comentam noticias de terceiros. Façam melhor….Nem que seja assumam o nome.

Os comentários estão fechados.