Lampre e ISD fundem-se em 2011

A Lampre e a ISD vão fundir-se em 2011, num projecto com duração mínima de três temporadas. O capital ucraniano da ISD reforça o fundo de maneio da equipa ProTour patrocinada pela Lampre, que chegou a ter a presença no escalão principal comprometida por dificuldades financeiras no começo da época em curso.

As informações sobre esta fusão de patrocínios numa única formação são ainda escassas, não se sabendo se parte do plantel da equipa ISD-Neri transita para o bloco ProTour no próximo ano.

Um dos líderes da nova equipa será o italiano Michele Scarponi, que competiu pela Androni-Diquigiovanni em 2009 e 2010. O cazaque Andrey Kashechkin, que integrou a Lampre neste Verão, deverá continuar na equipa, ao passo que o futuro de Damiano Cunego, principal figura da Lampre nos últimos anos, continua a ser uma incógnita.

Foto: Lampre

2 comentários a “Lampre e ISD fundem-se em 2011”

  1. Penso que com esta fusao se faz uma equipa mais forte pois penso que a Lampre precisava de uma nova vida!

    Creio que o Cunego devia sair pois esta a precisar de mudar de ares.

    Mesmo com a sua saida a Lampre ficaria forte na mesma com Scarponi para a montanha , com Pettachi para sprintar e ainda podia ter Kaschechkin , Sinkewitz e Visconti.

  2. Nem sei o que pensar, será isto uma boa coisa ou não. Por um lado teremos uma equipa bem mais forte e com mais soluções, por outro lado é uma equipa a menos, logo menos opções para ciclistas profissionais. Como tal, tem vantagens e desvantagens. :{P

Os comentários estão fechados.