Blanco ganha tempo a Bernabéu e a Broco nos contra-relógios

A superioridade de David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira) na presente Volta a Portugal autoriza todos os prognósticos que apontam para o reforço da liderança do galego no contra-relógio deste sábado. Mas há ainda mais dados a favor do chefe-de-fila dos tavirenses. Ao longo de toda a época de 2010, Blanco conseguiu melhores resultados na luta contra o tempo do que Hernâni Broco (LA-Paredes Rota dos Móveis) e David Bernabéu (Barbot-Siper), pretendentes à camisola amarela. De 2007 para cá, nunca perdeu tempo para os dois rivais nos “cronos” da Volta a Portugal.

As prestações do galego são superiores às de Broco e às de Bernabéu, tanto em esforços mais longos, como aquele que será desenvolvido durante os 32,6 quilómetros que separam Pedrógão de Leiria, como nos prólogos, que apelam a outro tipo de características.

Em 2010, os três corredores defrontaram-se três vezes em contra-relógios. O ordenamento foi sempre igual: Blanco, Bernabéu, Broco. N oentanto, ao fim de dez dias de competição, além das capacidades de contra-relogista, pode pesar a gestão do esforço nos dias anteriores e as reservas com que os ciclistas chegam àquele que Broco definiu como “dia B. Nâo sei se de Broco, de Blanco ou de Bernabéu. Sei que estou na discussão da Volta a Portugal e sinto-me muito feliz por estar na luta com dois excelentes ciclistas e duas excelentes pessoas”, afirma o único português que pode impedir o triunfo de um espanhol na edição 72 da corrida lusa.

David Bernabéu lembra que será muito difícil bater David Blanco, tendo em conta o que o adversário tem demonstrado, “até porque ele é um especialista em contra-relógios. Vamos dar luta até ao fim, para, pelo menos, tentar ganhar a etapa”, promete o valenciano da Barbot-Siper.

Apesar de todos os indicadores apontarem para a inevitabilidade de mais uma vitória na Volta a Portugal, David Blanco prefere repetir que “até ao rabo é touro” e que “festejos só em Lisboa”, mas já vai admitindo que está em vantagem. “Os 53 segundos constituem uma vantagem semelhante à que tive para gerir para o Héctor Guerra, em 2008. Vou ter referências ao longo de todo o percurso, o que torna tudo mais fácil. É melhor ter vantagem do que precisar de recuperar tempo”, assinala.

2010
Volta ao Algarve
Lagoa – Portimão, 17,2 km
1.º Luis León Sánchez, 21m32s
37.º David Blanco, a 1m29s
53.º David Bernabéu, a 1m49s
80.º Hernâni Broco, a 2m20s

Volta a Castela e Leão
Ponferrada – Ponferrada, 15,1 km
1.º Alberto Contador, 20m30s
5.º David Bernabéu, a 1m20s
22.º Hernâni Broco, a 1m56s

Volta às Astúrias
Piedras Blancas – Piedras Blancas, 14 km

1.º Beñat Intxausti, 17m06s
6.º David Blanco, a 40s

Volta ao Alentejo
Reguengos – Monsaraz, 18,4 km

1.º David Blanco, 23m21s

GP Joaquim Agostinho
Torres Vedras – Forte S. Vicente, 5,3 km

1º Cândido Barbosa, 7m46s
3.º David Blanco, a 2s
6.º David Bernabéu, a 4s
17.º Hernâni Broco, a 11s

Volta a Portugal
Viseu – Viseu, 5,5 km

1.º Jimmy Engoulvent, 6m25s
8.º David Blanco, a 7s
16.º David Bernabéu, a 12s
34.º Hernâni Broco, a 17s

Volta 2009
Lisboa – Lisboa, 2,4 km

1.º Cândido Barbosa, 2m56s
15.º David Blanco, a 6s
45.º David Bernabéu, a 10s

Viseu – Viseu, 30,8 km
1.º David Blanco, 39m01s
5.º David Bernabéu, a 34s

Volta 2008
Portimão – Portimão, 6,4 km

1.º Rubén Plaza, 7m24s
6.º David Blanco, a 11s
35.º David Bernabéu, a 27s

Penafiel – Felgueiras, 31,2 km
1.º Héctor Guerra, 43m03s
2.º David Blanco, a 28s
6.º David Bernabéu, a 2m18s

Volta 2007
Portimão – Portimão, 6,8 km
1.º Martín Garrido, 7m51s
8.º David Bernabéu, a 12s
9.º David Blanco, a 12s
79.º Hernâni Broco, a 37s

Viseu – Viseu, 38,8 km
1.º Héctor Guerra, 50m46s
3.º David Blanco, a 22s
12.º Hernâni Broco, a 2m16s
15.º David Bernabéu, a 2m22s

Foto: Carlos Rodrigues/PAD/JLS

1 comentário a “Blanco ganha tempo a Bernabéu e a Broco nos contra-relógios”

  1. vai ser para o blanco,e o especialista…entao a controlar o tempo dos outros,agora o hernani e uma incognita,muito tempo sem sentir a volta,poucas referencias neste tipo de cronos,bernabeu defende-se bem,mas apenas para perder pouco tempo….acho que e opinao geral que algo se devia fazer para que a nossa volta se tornasse mais competitiva,patrocinios,convidar mesmo assim equipas pro tour,nao sei,mas gostava de ver mais figuras do pelotao,trazer o tiago,paulinho,rui costa..mesmo estrangeiros mas de mais qualidade…para a volta tornar a subir de escalao…e a minha opiniao…claro que nao e facil,mas tentar…ah aos srs directores desportivos para deixarem os jovens e outro portugueses mais soltos,andre cardoso,o rui sousa que so este ano esta livre mas os anos foram passando,entre muitos outros.

Os comentários estão fechados.