José Mendes anuncia participação na Volta a Portugal

O vimaranense José Mendes (LA-Paredes Rota dos Móveis) fez hoje o segundo treino na estrada depois da intervenção cirúrgica ao ombro e anunciou que estará presente na Volta a Portugal, que se disputa entre 4 e 15 de Agosto. “Cansado mas satisfeito. Mais um treino e correu tudo bem. Volta a Portugal…aqui vou eu!!!”, escreveu o corredor na página pessoal no Facebook.

O director-desportivo da equipa, Mário Rocha, mostra-se mais cauteloso e não dá ainda como certa a presença de José Mendes. “Há 90 por cento de hipóteses de isso vir a confirmar-se, mas a lesão é delicada e temos de analisar bem os resultados do teste efectuado no treino de hoje”, avança o técnico, em declarações ao Jornal Ciclismo.

A entrada de José Mendes no “nove” da LA-Paredes Rota dos Móveis implica a saída do espanhol Rubén Calvo. “O José Mendes dá-nos mais garantias, mas temos noção de que a paragem a que esteve sujeito o impede de colocar na estrada todo o seu potencial”, admite Mário Rocha.

A equipa LA-Paredes Rota dos Móveis vai ter como chefe-de-fila o experiente Hugo Sabido. “É ele o nosso homem para lutar pela geral. Vamos também tentar ganhar pelo menos uma etapa. Nas chegadas em pelotão dispomos de dois homens rápidos, o Bruno Sancho e o Filipe Cardoso”, enumera o director-desportivo.

4 comentários a “José Mendes anuncia participação na Volta a Portugal”

  1. Boa tarde,

    Caro @mourinho…. se existem corredores que já fizeram uma volta a frança com uma fractura de clavicula porque é que em 15 dias, não poderá o José Mendes estar apto? Nao entendo porque vem esta gente duvidar…não estamos a falar de futebolistas, onde se inventam lesoes! falamos de ciclistas, onde só existe um espirito correr enquanto o corpo aguentaR!

  2. Queda no dia 17….lesão grave…fractura da clavicula….afastado da Volta… intervenção cirurgica…vai à Volta….

    Recuperação milagrosa!?!?

    Ou afinal de lesão grave tinha pouco!?!??

  3. LA-Paredes Rota dos Móveis podia estar melhor a nivel financeiro nao fosse o senhor presidente da camara de paredes (cELSO fERREIRA) retirar em grande parte o contributo ao ciclismo inclusive ao premio Paredes Rota dos Móveis para construir um mastro com uma bandeira portugesa que ………………..iria…………………. custar apenas 1 milhao de euros

  4. Esperemos que esteja realmente bem,mas estará!?!!?O coração(vontade) não se estará a sobrepor à razão(condição fisica)!?!?De 4 a 15 veremos!!!!

Os comentários estão fechados.