Pellizotti suspenso dois anos, Valjavec ilibado

Franco Pellizotti foi suspenso dois anos pelo Comité Olímpico Italiano por violação dos regulamentos antidopagem. O corredor transalpino foi impedido de participar na Volta a Itália por apresentar valores considerados anormais no passaporte biológico. Na sequência do processo então aberto, foi hoje decretada a sanção.

Na mesma altura, o esloveno Tadej Valjavec foi alvo de um processo pelo mesmo motivo. A federação do país de origem do ciclista de Leste recusou-se a suspender o corredor, considerando não ter provas da culpabilidade de Valjavec, pois, entende a federação, o passaporte biológico não é cem por cento fiável. É crível que a UCI e a Agência Mundial Antidopagem não aceitem esta decisão e recorram para o Tribunal Arbitral do Desporto.

6 comentários a “Pellizotti suspenso dois anos, Valjavec ilibado”

  1. O Pelizzoti é castigado por valores anormais e no caso do esloveno o passaporte não é cem por cento fiável. Ora muito bem, estou admirado com esta noticia.
    Ha coisas fantasticas n ha? lol

  2. Não se trata de defender ninguém. Sou muito contra. Simplesmente não sou contra o ciclismo, como este “senhor”. Nunca fala da volta à Tailândia, mas se um tailandês acusar, fala. Se o Riccò for lá e ganhar, fala só para dizer que foi ganha por um ex-suspenso. Se alguém for investigado e condenado, fala. Se for investigado e ilibado, só diz que foi investigado. E é sempre o mesmo “jornalista”, porque o João Santos é competente e sério.

  3. Pena ver Pellizotti nisto , era um ciclista que gostava bastante mas se consumiu substancias ilicitas tem de ser punido!

    Quanto ao Valjavec e bom se for ilibado de facto , sempre e mais um bom ciclista na estrada e um a menos no consumo do doping

  4. E porque não se fala da justificação do Valjavec? E porque não se fala no Rosendo, que também foi ilibado há muito tempo? Este “jornalista” é assim tão limitado ao ponto de não passar do básico e da informação tendenciosa?

Os comentários estão fechados.