José Mendes luta contra o tempo para estar na Volta a Portugal

A recuperação de José Mendes (LA-Paredes Rota dos Móveis) para a Volta a Portugal ainda não está descartada. A novidade foi transmitida pelo director-desportivo da equipa, em declarações à RTPN, durante a transmissão da Volta a França. “O José Mendes está muito motivado para estar presente na corrida e o médico que o segue também acha possível. Estamos em contacto diário, mas só arriscamos a inscrição do corredor se tivermos a garantia de que a participação não poderá provocar um agravamento da lesão”, afirmou o técnico.

O ciclista minhoto fracturou uma clavícula, no final da semana passada, na sequência de uma queda durante um estágio de altitude que estava a fazer em Espanha, na companhia do colega de equipa Filipe Cardoso.

7 comentários a “José Mendes luta contra o tempo para estar na Volta a Portugal”

  1. Estupido e ignorante no sentido em que não beneficia em nada a modalidade.
    Penso que as mentalidades pelo menos nos mais jovens estão a mudar á parte de um ou outro que ainda lhes tenham sido passados testemunhos dos mais velhos que em nada beneficiam a modalidade.
    Fico feliz por ver que a maioria dos nossos melhores jovens têm uma mentalidade diferente.
    Existem inumeras formas de ir ter ao msm destino mas por vezes ngm opta pela mais dificil mas tb mais gratificante no final.
    Penso que os passaportes vieram beneficiar em muito a modalidade.

  2. Fez e não fez. Então agora para se dizer seja o que seja são necessárias provas ? Mais ninguém comentava.
    Todos sabemos como são as coisas na altura da volta. Não vale a pena escamotear essas situações.
    Acredito e sei que é muito frustrante e não ponho isso em causa, até porque não foi isso que o primeiro comentário disse. Agora dizer que é estúpido e sobretudo ignorante quando se diz que o investimento é um factor para que queira voltar depressa não me parece correcto. Todos sabemos como as coisas são e todos sabemos como vão continuar a ser. Existem outros que por não terem possibilidade de investir , nem pré-seleccionados foram para ir à volta.
    Mas tudo bem !

  3. Sr eduardo o que posso eu dizer, sei que investiu num hotel para fazer um estágio em altitude.
    As suposições que vocês fazem já nada têm haver comigo.
    O que eu sei é que é um bom atleta, que anda um ano a preparar-se para este momento e que é frustrante ficar de fora na hora da verdade.
    O comentário do verdade em nada beneficia a modalidade.
    No entanto, penso que quando as pessoas fazem declarações daquelas deveriam retirar-se do anonimato, revelar as verdadeiras intenções das palavras e depois provar o que estão a dizer, n tenho razão?
    Mandar bitaites sem fundamento é o que estraga o mundo do ciclismo.
    É em toda esta rivalidade não saudavel que se encontra o verdadeiro cancro do ciclismo.
    As pessoas deviam de se preocupar em comentar a noticia e deixar as outras coisas para as autoridades competentes. Pois só eles podem dizer se isto ou aquilo está mal. Penso que me fiz entender.

  4. VS sei que sabe perfeitamente que o comentário do “verdade” não tem nada de estúpido nem de ignorante, mas prontos.
    Espero que consiga recuperar e que esteja em condições de abrilhantar a nossa volta.

  5. Comentários estupidos e ignorantes á parte.
    Penso que a recuperãção é possivel e que estará a 90% na altura da volta o que será suficiente para participar na volta sem dores. A unica agravante pode ser uma queda ou um mau momento de forma por ter perdido 2 semanas de treino.
    Mas pode chegar ao final da volta num grande momento visto que recarregou um pouco as baterias. Se passar os primeiros dois dias temos homem para ajudar ao espectaculo.
    Espero que consiga recuperar.

Os comentários estão fechados.