Avaria de Schleck dá camisola amarela a Alberto Contador

O campeão francês, alheio à luta pela amarela, ganhou a etapa
O campeão francês, alheio à luta pela amarela, ganhou a etapa

O espanhol Alberto Contador (Astana) conquistou a camisola amarela na Volta a França, beneficiando de uma avaria na bicicleta de Andy Schleck (Saxo Bank), que aconteceu num momento em que o luxemburguês atacava, em plena subida. A etapa foi ganha pelo campeão francês de fundo, Thomas Voeckler (Bbox Bouygyues Telecom), cuja presença na fuga do dia foi determinante para o sucesso em Bagnères-de-Luchon, 187,5 quilómetros após a partida, em Pamiers.

A dura subida de categoria especial para Port de Balès foi determinante para as contas da geral individual, mas não do modo como seria previsível. Os 19,5 quilómetros de ascensão foram quase todos percorridos pelo pelotão em ritmo forte, mas constante, sem ataques. A 26 quilómetros da meta – o topo da montanha distava 21,5 mil metros da chegada -, o camisola amarela resolveu romper com a monotonia e testou os adversários. Alberto Contador, Samuel Sánchez (Euskaltel-Euskadi), Denis Menchov (Rabobank) e Jurgen van den Broeck (Omega Pharma-Lotto) responderam com prontidão e aparente facilidade.

A boa resposta dos rivais levou a um afrouxamento de Schleck e o grupo voltou a engordar. A 23 quilómetros da meta, Schleck voltou à carga. Aproveitando um momento em que Contador estava mais atrás no grupo, saiu em grande velocidade na subida. Ao tentar mudar o andamento, a corrente saltou e o camisola amarela ficou pregado na estrada. Alberto Contador, Denis Menchov e Samuel Sánchez não pensaram em desportivismo – já terá chegado a paragem do pelotão quando Schleck e companhia caíram na segunda etapa – e lançaram uma poderosa ofensiva.

O luxemburguês conseguiu minimizar as perdas, mas foi incapaz de recolar ao grupo dos principais adversários, que cortaram o risco com 39 segundos de vantagem sobre o chefe-de-fila da Saxo Bank, o que valeu a Alberto Contador a investidura da camisola amarela, com oito segundos à melhor sobre o anterior comandante. A etapa aproximou Sánchez e Menchov de Schleck, deixando o pódio do luxemburguês em risco, tendo em conta o contra-relógio que falta disputar. A partir daqui, o anterior camisola amarela vai mesmo ter de atacar nas duas tiradas de montanha que ainda faltam.

Enquanto a disputa da camisola amarela estava ao rubro, esta 15.ª etapa da prova decidia-se mais adiante. Thomas Voeckler atacou na subida para Port de Balès e deixou para trás os nove companheiros de fuga, pedalando decididamente para um triunfo em solitário. A melhor réplica foi dada por Alesandro Ballan (BMC) e de Aitor Pérez (Footon-Servetto), que não conseguiram melhor do que a segunda e a terceira posições, respectivamente, a 1m20s do herói da jornada.

Sérgio Paulinho (RadioShack) foi o 50.º a chegar à meta, a 9m35s de Voeckler, e ocupa o mesmo posto na geral, a 1h14m38s de Contador. Rui Costa foi o 153.º, a 28m49s, e está no 87.º posto, a 1h57m04s.

A 16.ª etapa, a disputar amanhã, é um carrossel de alta montanha. Em condições normais, não seria palco de ataques dos principais candidatos à camisola amarela, já que a última contagem está a mais de 60 quilómetros da meta. No entanto, a mudança hoje verificada na classificação poderá ditar algumas movimentações. O cenário é o ideal para ciclismo espectacular, pois a ligação de 199,5 quilómetros, entre Bagnères-de-Luchon e Pau, inclui dois prémios de montanha de primeira categoria (Col de Peyresourde e Col d’Aspin) e outros dois de categoria especial (Tourmalet e Col d’Aubisque).

CLASSIFICAÇÕES
Etapa

1      Thomas Voeckler (Fra) Bbox Bouygues Telecom      4:44:51
2     Alessandro Ballan (Ita) BMC Racing Team     0:01:20
3     Aitor Perez Arrieta (Spa) Footon-Servetto
4     Lloyd Mondory (Fra) AG2R La Mondiale     0:02:50
5     Luke Roberts (Aus) Team Milram
6     Francesco Reda (Ita) Quick Step
7     Alberto Contador Velasco (Spa) Astana
8     Samuel Sánchez Gonzalez (Spa) Euskaltel – Euskadi
9     Denis Menchov (Rus) Rabobank
10     Brian Vandborg (Den) Liquigas-Doimo
11     Johan Van Summeren (Bel) Garmin – Transitions
12     Andy Schleck (Lux) Team Saxo Bank     0:03:29
13     Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto
14     Alexander Vinokourov (Kaz) Astana
15     Robert Gesink (Ned) Rabobank     0:03:55
16     Ryder Hesjedal (Can) Garmin – Transitions
17     Levi Leipheimer (USA) Team Radioshack
18     John Gadret (Fra) AG2R La Mondiale
19     Roman Kreuziger (Cze) Liquigas-Doimo     0:04:08
20     Kevin De Weert (Bel) Quick Step
21     Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha
22     Andreas Klöden (Ger) Team Radioshack
23     Lance Armstrong (USA) Team Radioshack
24     Carlos Sastre (Spa) Cervelo Test Team
25     Serguei Ivanov (Rus) Team Katusha     0:04:14
26     Ruben Plaza Molina (Spa) Caisse d’Epargne     0:05:18
27     Christophe Moreau (Fra) Caisse d’Epargne     0:05:44
28     Daniel Moreno Fernandez (Spa) Omega Pharma-Lotto
29     Juan Manuel Gárate Cepa (Spa) Rabobank
30     Luis León Sánchez Gil (Spa) Caisse d’Epargne
31     Christopher Horner (USA) Team Radioshack
32     Ivan Basso (Ita) Liquigas-Doimo
33     Matthew Lloyd (Aus) Omega Pharma-Lotto
34     Sylvain Chavanel (Fra) Quick Step
35     Thomas Löfkvist (Swe) Sky Professional Cycling Team
36     Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team     0:06:58
37     Nicolas Roche (Irl) AG2R La Mondiale     0:07:52
38     Christophe Le Mevel (Fra) Française des Jeux     0:08:35
39     Maxime Monfort (Bel) Team HTC – Columbia
40     Julien El Farès (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne
41     Rémi Pauriol (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne
42     Michael Rogers (Aus) Team HTC – Columbia
43     Volodymir Gustov (Ukr) Cervelo Test Team
44     Steve Morabito (Swi) BMC Racing Team
45     Iban Velasco Murillo (Spa) Euskaltel – Euskadi
46     Mario Aerts (Bel) Omega Pharma-Lotto
47     Daniel Navarro Garcia (Spa) Astana
48     Bradley Wiggins (GBr) Sky Professional Cycling Team     0:09:35
49     Inaki Isasi Flores (Spa) Euskaltel – Euskadi
50     Sergio Paulinho (Por) Team Radioshack
51     Sébastien Turgot (Fra) Bbox Bouygues Telecom
52     Eduard Vorganov (Rus) Team Katusha     0:12:01
53     Paolo Tiralongo (Ita) Astana     0:12:41
54     Chris Anker Sørensen (Den) Team Saxo Bank     0:13:04
55     Alexandr Pliuschin (Mda) Team Katusha     0:13:08
56     George Hincapie (USA) BMC Racing Team
57     Rémy Di Grégorio (Fra) Française des Jeux
58     Grischa Niermann (Ger) Rabobank
59     Damiano Cunego (Ita) Lampre-Farnese Vini
60     Jesus Hernandez Blazquez (Spa) Astana
61     Francesco Gavazzi (Ita) Lampre-Farnese Vini     0:15:20
62     Anthony Roux (Fra) Française des Jeux     0:15:44
63     Sandy Casar (Fra) Française des Jeux     0:17:09
64     Matthieu Ladagnous (Fra) Française des Jeux
65     Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Caisse d’Epargne
66     Michael Barry (Can) Sky Professional Cycling Team
67     Alexandr Kolobnev (Rus) Team Katusha
68     Sylvester Szmyd (Pol) Liquigas-Doimo
69     Kanstantsin Siutsou (Blr) Team HTC – Columbia
70     Vasili Kiryienka (Blr) Caisse d’Epargne
71     Benjamin Noval Gonzalez (Spa) Astana
72     Jakob Fuglsang (Den) Team Saxo Bank
73     David De La Fuente Rasilla (Spa) Astana
74     Francis De Greef (Bel) Omega Pharma-Lotto
75     Maxime Bouet (Fra) AG2R La Mondiale
76     Thomas Rohregger (Aut) Team Milram
77     Sebastian Lang (Ger) Omega Pharma-Lotto
78     Grega Bole (Slo) Lampre-Farnese Vini
79     Janez Brajkovic (Slo) Team Radioshack
80     Anthony Charteau (Fra) Bbox Bouygues Telecom
81     Koos Moerenhout (Ned) Rabobank
82     Cyril Gautier (Fra) Bbox Bouygues Telecom
83     Lars Boom (Ned) Rabobank
84     Dimitri Champion (Fra) AG2R La Mondiale
85     Arkaitz Duran Daroca (Spa) Footon-Servetto
86     Jurgen Van De Walle (Bel) Quick Step     0:19:39
87     Jurgen Roelandts (Bel) Omega Pharma-Lotto
88     Maarten Wijnants (Bel) Quick Step
89     Maarten Tjallingii (Ned) Rabobank     0:24:01
90     Jérôme Pineau (Fra) Quick Step
91     Johannes Fröhlinger (Ger) Team Milram
92     Christophe Riblon (Fra) AG2R La Mondiale
93     Christian Knees (Ger) Team Milram
94     Sébastien Minard (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne
95     Pierrick Fedrigo (Fra) Bbox Bouygues Telecom
96     Pierre Rolland (Fra) Bbox Bouygues Telecom
97     Egoi Martinez De Esteban (Spa) Euskaltel – Euskadi
98     Nicki Sörensen (Den) Team Saxo Bank
99     Dries Devenyns (Bel) Quick Step
100     Matthieu Sprick (Fra) Bbox Bouygues Telecom
101     José Ivan Gutierrez Palacios (Spa) Caisse d’Epargne     0:26:04
102     Imanol Erviti Ollo (Spa) Caisse d’Epargne
103     Mathieu Perget (Fra) Caisse d’Epargne
104     Geraint Thomas (GBr) Sky Professional Cycling Team
105     Eros Capecchi (Ita) Footon-Servetto
106     Mauro Da Dalto (Ita) Lampre-Farnese Vini
107     Pavel Brutt (Rus) Team Katusha
108     Rafael Valls Ferri (Spa) Footon-Servetto
109     Gorka Verdugo Marcotegui (Spa) Euskaltel – Euskadi
110     Carlos Barredo Llamazales (Spa) Quick Step
111     Kevin Seeldrayers (Bel) Quick Step     0:28:40
112     Robbie McEwen (Aus) Team Katusha     0:28:49
113     Mark Cavendish (GBr) Team HTC – Columbia
114     Mirco Lorenzetto (Ita) Lampre-Farnese Vini
115     Alessandro Petacchi (Ita) Lampre-Farnese Vini
116     Matti Breschel (Den) Team Saxo Bank
117     Andriy Grivko (Ukr) Astana
118     Gerald Ciolek (Ger) Team Milram
119     Bernhard Eisel (Aut) Team HTC – Columbia
120     Bert Grabsch (Ger) Team HTC – Columbia
121     Yaroslav Popovych (Ukr) Team Radioshack
122     Danilo Hondo (Ger) Lampre-Farnese Vini
123     Dmitriy Muravyev (Kaz) Team Radioshack
124     Grégory Rast (Swi) Team Radioshack
125     Martin Elmiger (Swi) AG2R La Mondiale
126     Juan Antonio Flecha Giannoni (Spa) Sky Professional Cycling Team
127     Karsten Kroon (Ned) BMC Racing Team
128     Julian Dean (NZl) Garmin – Transitions
129     Simon Spilak (Slo) Lampre-Farnese Vini
130     Manuel Quinziato (Ita) Liquigas-Doimo
131     Kristjan Koren (Slo) Liquigas-Doimo
132     Tony Martin (Ger) Team HTC – Columbia
133     Francesco Bellotti (Ita) Liquigas-Doimo
134     Linus Gerdemann (Ger) Team Milram
135     Daniel Oss (Ita) Liquigas-Doimo
136     Alexander Kuschynski (Blr) Liquigas-Doimo
137     Oscar Freire Gomez (Spa) Rabobank
138     Alan Perez Lezaun (Spa) Euskaltel – Euskadi
139     Jose Alberto Benitez Roman (Spa) Footon-Servetto
140     Ruben Perez Moreno (Spa) Euskaltel – Euskadi
141     Steven Cummings (GBr) Sky Professional Cycling Team
142     Yukiya Arashiro (Jpn) Bbox Bouygues Telecom
143     Adriano Malori (Ita) Lampre-Farnese Vini
144     Nicolas Vogondy (Fra) Bbox Bouygues Telecom
145     Daniel Lloyd (GBr) Cervelo Test Team
146     Serge Pauwels (Bel) Sky Professional Cycling Team
147     Brent Bookwalter (USA) BMC Racing Team
148     Fabian Wegmann (Ger) Team Milram
149     Brett Lancaster (Aus) Cervelo Test Team
150     Stuart O’Grady (Aus) Team Saxo Bank
151     David Millar (GBr) Garmin – Transitions
152     Martijn Maaskant (Ned) Garmin – Transitions
153     Rui Alberto Faria da Costa (Por) Caisse d’Epargne
154     David Zabriskie (USA) Garmin – Transitions
155     Wesley Sulzberger (Aus) Française des Jeux
156     Amaël Moinard (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne
157     Bram Tankink (Ned) Rabobank
158     Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Professional Cycling Team
159     Jens Voigt (Ger) Team Saxo Bank
160     Thor Hushovd (Nor) Cervelo Test Team
161     Anthony Geslin (Fra) Française des Jeux
162     Stéphane Auge (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne
163     Marcus Burghardt (Ger) BMC Racing Team
164     Damien Monier (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne
165     Rinaldo Nocentini (Ita) AG2R La Mondiale
166     Benoït Vaugrenard (Fra) Française des Jeux
167     Maxim Iglinskiy (Kaz) Astana
168     Andreas Klier (Ger) Cervelo Test Team
169     Ignatas Konovalovas (Ltu) Cervelo Test Team
170     Jeremy Hunt (GBr) Cervelo Test Team
171     Fabian Cancellara (Swi) Team Saxo Bank
172     Jérémy Roy (Fra) Française des Jeux
173     Christophe Kern (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     0:29:57
174     Iban Mayoz Echeverria (Spa) Footon-Servetto     0:30:37
DNF     Mauro Santambrogio (Ita) BMC Racing Team

Geral Individual
1      Alberto Contador Velasco (Spa) Astana      72:50:42
2     Andy Schleck (Lux) Team Saxo Bank     0:00:08
3     Samuel Sánchez Gonzalez (Spa) Euskaltel – Euskadi     0:02:00
4     Denis Menchov (Rus) Rabobank     0:02:13
5     Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto     0:03:39
6     Robert Gesink (Ned) Rabobank     0:05:01
7     Levi Leipheimer (USA) Team Radioshack     0:05:25
8     Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha     0:05:45
9     Alexander Vinokourov (Kaz) Astana     0:07:12
10     Ryder Hesjedal (Can) Garmin – Transitions     0:07:51
11     Roman Kreuziger (Cze) Liquigas-Doimo     0:07:58
12     Luis León Sánchez Gil (Spa) Caisse d’Epargne     0:08:19
13     Carlos Sastre (Spa) Cervelo Test Team     0:09:02
14     Ivan Basso (Ita) Liquigas-Doimo     0:09:15
15     Andreas Klöden (Ger) Team Radioshack     0:11:14
16     Thomas Löfkvist (Swe) Sky Professional Cycling Team     0:12:09
17     Nicolas Roche (Irl) AG2R La Mondiale     0:12:34
18     Kevin De Weert (Bel) Quick Step     0:14:07
19     John Gadret (Fra) AG2R La Mondiale     0:14:24
20     Ruben Plaza Molina (Spa) Caisse d’Epargne     0:14:47
21     Christopher Horner (USA) Team Radioshack     0:15:37
22     Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team     0:16:16
23     Bradley Wiggins (GBr) Sky Professional Cycling Team     0:17:44
24     Daniel Moreno Fernandez (Spa) Omega Pharma-Lotto     0:20:00
25     Christophe Le Mevel (Fra) Française des Jeux     0:21:18
26     Michael Rogers (Aus) Team HTC – Columbia     0:27:07
27     Johan Van Summeren (Bel) Garmin – Transitions     0:28:56
28     Sylvain Chavanel (Fra) Quick Step     0:30:09
29     Christophe Moreau (Fra) Caisse d’Epargne     0:34:39
30     Rémi Pauriol (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     0:35:14
31     Lance Armstrong (USA) Team Radioshack     0:40:31
32     Julien El Farès (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     0:41:01
33     Volodymir Gustov (Ukr) Cervelo Test Team     0:41:10
34     Sandy Casar (Fra) Française des Jeux     0:42:05
35     Kanstantsin Siutsou (Blr) Team HTC – Columbia     0:42:16
36     Juan Manuel Gárate Cepa (Spa) Rabobank     0:42:36
37     Christophe Riblon (Fra) AG2R La Mondiale     0:44:09
38     Mario Aerts (Bel) Omega Pharma-Lotto     0:50:13
39     Janez Brajkovic (Slo) Team Radioshack     0:53:02
40     Damiano Cunego (Ita) Lampre-Farnese Vini     0:55:41
41     Cyril Gautier (Fra) Bbox Bouygues Telecom     0:58:55
42     Gorka Verdugo Marcotegui (Spa) Euskaltel – Euskadi     1:01:24
43     Egoi Martinez De Esteban (Spa) Euskaltel – Euskadi     1:03:35
44     Grischa Niermann (Ger) Rabobank     1:05:10
45     Iban Velasco Murillo (Spa) Euskaltel – Euskadi     1:05:15
46     Damien Monier (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     1:09:26
47     Pierre Rolland (Fra) Bbox Bouygues Telecom     1:11:02
48     Anthony Charteau (Fra) Bbox Bouygues Telecom     1:12:09
49     Rafael Valls Ferri (Spa) Footon-Servetto     1:12:33
50     Sergio Paulinho (Por) Team Radioshack     1:14:38
51     Thomas Voeckler (Fra) Bbox Bouygues Telecom
52     Matthew Lloyd (Aus) Omega Pharma-Lotto     1:17:33
53     Vasili Kiryienka (Blr) Caisse d’Epargne     1:17:57
54     Sylvester Szmyd (Pol) Liquigas-Doimo     1:21:33
55     Daniel Navarro Garcia (Spa) Astana     1:21:50
56     Carlos Barredo Llamazales (Spa) Quick Step     1:22:07
57     Maxime Monfort (Bel) Team HTC – Columbia     1:22:38
58     Paolo Tiralongo (Ita) Astana     1:23:27
59     Bram Tankink (Ned) Rabobank     1:25:18
60     José Ivan Gutierrez Palacios (Spa) Caisse d’Epargne     1:25:53
61     Jakob Fuglsang (Den) Team Saxo Bank     1:27:32
62     Koos Moerenhout (Ned) Rabobank     1:27:50
63     Jérôme Pineau (Fra) Quick Step     1:29:47
64     George Hincapie (USA) BMC Racing Team     1:29:55
65     Alexandr Kolobnev (Rus) Team Katusha     1:30:16
66     Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Caisse d’Epargne     1:31:27
67     Amaël Moinard (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     1:31:29
68     Arkaitz Duran Daroca (Spa) Footon-Servetto     1:32:18
69     Francis De Greef (Bel) Omega Pharma-Lotto     1:32:48
70     Thomas Rohregger (Aut) Team Milram     1:32:52
71     Jurgen Van De Walle (Bel) Quick Step     1:33:11
72     Geraint Thomas (GBr) Sky Professional Cycling Team     1:33:12
73     Mathieu Perget (Fra) Caisse d’Epargne     1:33:27
74     Steve Morabito (Swi) BMC Racing Team     1:36:17
75     Chris Anker Sørensen (Den) Team Saxo Bank     1:37:11
76     Rémy Di Grégorio (Fra) Française des Jeux     1:40:33
77     Pierrick Fedrigo (Fra) Bbox Bouygues Telecom     1:40:38
78     Eduard Vorganov (Rus) Team Katusha     1:40:54
79     Alessandro Ballan (Ita) BMC Racing Team     1:43:33
80     Nicolas Vogondy (Fra) Bbox Bouygues Telecom     1:44:53
81     Aitor Perez Arrieta (Spa) Footon-Servetto     1:46:07
82     Johannes Fröhlinger (Ger) Team Milram     1:49:04
83     Imanol Erviti Ollo (Spa) Caisse d’Epargne     1:49:31
84     Sebastian Lang (Ger) Omega Pharma-Lotto     1:49:58
85     Christian Knees (Ger) Team Milram     1:54:30
86     Linus Gerdemann (Ger) Team Milram     1:54:56
87     Rui Alberto Faria da Costa (Por) Caisse d’Epargne     1:57:04
88     Yaroslav Popovych (Ukr) Team Radioshack     1:57:24
89     Eros Capecchi (Ita) Footon-Servetto     2:02:16
90     Michael Barry (Can) Sky Professional Cycling Team     2:03:08
91     Matthieu Sprick (Fra) Bbox Bouygues Telecom     2:03:38
92     Luke Roberts (Aus) Team Milram     2:04:44
93     Benjamin Noval Gonzalez (Spa) Astana     2:04:55
94     Serge Pauwels (Bel) Sky Professional Cycling Team     2:05:39
95     Francesco Gavazzi (Ita) Lampre-Farnese Vini     2:06:14
96     Pavel Brutt (Rus) Team Katusha     2:06:32
97     Juan Antonio Flecha Giannoni (Spa) Sky Professional Cycling Team     2:07:05
98     Martin Elmiger (Swi) AG2R La Mondiale     2:07:17
99     Maxime Bouet (Fra) AG2R La Mondiale     2:07:33
100     Alexandr Pliuschin (Mda) Team Katusha     2:08:05
101     Rinaldo Nocentini (Ita) AG2R La Mondiale     2:09:40
102     Sébastien Minard (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     2:10:11
103     Inaki Isasi Flores (Spa) Euskaltel – Euskadi     2:12:03
104     Lloyd Mondory (Fra) AG2R La Mondiale     2:12:08
105     Yukiya Arashiro (Jpn) Bbox Bouygues Telecom     2:13:36
106     Christophe Kern (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     2:13:49
107     Matthieu Ladagnous (Fra) Française des Jeux     2:16:21
108     Kristjan Koren (Slo) Liquigas-Doimo     2:17:05
109     Sébastien Turgot (Fra) Bbox Bouygues Telecom     2:17:45
110     Fabian Wegmann (Ger) Team Milram     2:18:44
111     Serguei Ivanov (Rus) Team Katusha     2:19:03
112     Alexander Kuschynski (Blr) Liquigas-Doimo     2:19:54
113     Brian Vandborg (Den) Liquigas-Doimo     2:20:33
114     David De La Fuente Rasilla (Spa) Astana     2:20:35
115     Mauro Da Dalto (Ita) Lampre-Farnese Vini     2:20:43
116     Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Professional Cycling Team     2:21:48
117     Jurgen Roelandts (Bel) Omega Pharma-Lotto     2:22:36
118     Jens Voigt (Ger) Team Saxo Bank     2:22:55
119     Benoït Vaugrenard (Fra) Française des Jeux     2:25:18
120     Maarten Wijnants (Bel) Quick Step     2:26:02
121     Maxim Iglinskiy (Kaz) Astana     2:26:29
122     Danilo Hondo (Ger) Lampre-Farnese Vini     2:28:53
123     Kevin Seeldrayers (Bel) Quick Step     2:28:59
124     Lars Boom (Ned) Rabobank     2:30:09
125     Ruben Perez Moreno (Spa) Euskaltel – Euskadi     2:30:35
126     Grégory Rast (Swi) Team Radioshack     2:30:53
127     Andriy Grivko (Ukr) Astana     2:30:57
128     Maarten Tjallingii (Ned) Rabobank     2:31:44
129     Karsten Kroon (Ned) BMC Racing Team     2:32:31
130     Grega Bole (Slo) Lampre-Farnese Vini     2:33:53
131     Daniel Oss (Ita) Liquigas-Doimo     2:34:08
132     Oscar Freire Gomez (Spa) Rabobank     2:34:09
133     Martijn Maaskant (Ned) Garmin – Transitions     2:34:43
134     Matti Breschel (Den) Team Saxo Bank     2:36:14
135     Tony Martin (Ger) Team HTC – Columbia     2:36:16
136     Francesco Bellotti (Ita) Liquigas-Doimo     2:37:55
137     Anthony Geslin (Fra) Française des Jeux     2:38:02
138     Jose Alberto Benitez Roman (Spa) Footon-Servetto     2:38:59
139     Fabian Cancellara (Swi) Team Saxo Bank     2:39:02
140     Thor Hushovd (Nor) Cervelo Test Team     2:39:32
141     Dries Devenyns (Bel) Quick Step     2:40:42
142     Jérémy Roy (Fra) Française des Jeux     2:41:27
143     Alessandro Petacchi (Ita) Lampre-Farnese Vini     2:42:52
144     Wesley Sulzberger (Aus) Française des Jeux     2:43:45
145     Francesco Reda (Ita) Quick Step     2:43:59
146     Brent Bookwalter (USA) BMC Racing Team     2:44:18
147     David Zabriskie (USA) Garmin – Transitions     2:45:27
148     Jesus Hernandez Blazquez (Spa) Astana     2:46:54
149     Steven Cummings (GBr) Sky Professional Cycling Team     2:47:18
150     Stéphane Auge (Fra) Cofidis, Le Credit en Ligne     2:48:01
151     Mark Cavendish (GBr) Team HTC – Columbia     2:49:43
152     Bernhard Eisel (Aut) Team HTC – Columbia     2:50:16
153     Simon Spilak (Slo) Lampre-Farnese Vini     2:51:09
154     Gerald Ciolek (Ger) Team Milram     2:52:45
155     Julian Dean (NZl) Garmin – Transitions     2:55:42
156     Ignatas Konovalovas (Ltu) Cervelo Test Team     2:56:05
157     David Millar (GBr) Garmin – Transitions     2:57:19
158     Stuart O’Grady (Aus) Team Saxo Bank     2:58:21
159     Nicki Sörensen (Den) Team Saxo Bank     2:58:39
160     Dimitri Champion (Fra) AG2R La Mondiale     2:59:16
161     Brett Lancaster (Aus) Cervelo Test Team     2:59:19
162     Iban Mayoz Echeverria (Spa) Footon-Servetto     2:59:24
163     Daniel Lloyd (GBr) Cervelo Test Team     2:59:45
164     Alan Perez Lezaun (Spa) Euskaltel – Euskadi     3:00:54
165     Manuel Quinziato (Ita) Liquigas-Doimo     3:01:12
166     Jeremy Hunt (GBr) Cervelo Test Team     3:01:58
167     Robbie McEwen (Aus) Team Katusha     3:04:23
168     Mirco Lorenzetto (Ita) Lampre-Farnese Vini     3:05:13
169     Andreas Klier (Ger) Cervelo Test Team     3:10:38
170     Marcus Burghardt (Ger) BMC Racing Team     3:14:48
171     Anthony Roux (Fra) Française des Jeux     3:14:59
172     Dmitriy Muravyev (Kaz) Team Radioshack     3:16:17
173     Adriano Malori (Ita) Lampre-Farnese Vini     3:25:06
174     Bert Grabsch (Ger) Team HTC – Columbia     3:27:07

63 comentários a “Avaria de Schleck dá camisola amarela a Alberto Contador”

  1. Ninguem pede k o Contador para-se mas sim continua-se no grupo em que estava e nao ataca-se mas sim atacar quando o andy estivesse lá….teve medo o contador…o contador nao ia parar mas devia continuar no grupo….ou se calhar ganhou umas forças especiais naquele momento…

  2. ao menos ja aparecem mais pessoas racionais e falar de ciclismo como deve de ser. muito mais aliviado. so dei o exemplo do armstrong e do beloki, mas nao precisa ir tao atras…quando o irmao cai ao lado dele no pavé e ele nem olha para tras, que razao tem de se estar agora a queixar. mais mentiroso e falta de caracter tem ele ao dizer que nao o faria, pois isso e impossivel de saber agora certo, logo esta a aproveitar-se da situaçao para minorar os prejuizos que podera vir a ter no contra relogio. vamos supor que nada disto acontecia, e chegavam ao contra-relogio separados plos 31sg, o contador saltava-lhe a corrente, o andy ia ter o fair play que tanto fala? deixei-se de hiopocrisias baratas. ele que corra o melhor que sabe e se cale, pois se e profissional de ciclismo sabe como e o ciclismo.

  3. É normal a insatisfação pelo azar do Andy. Agora insultarem o Contador é que não. É um atleta respeitável goste-se ou não do seu feitio.
    Já agora querem um safety car só para o Andy?

  4. E continuam.
    É verdade, que a Astana, a SKy e a Saxo Bank estiveram muito mal em não esperarem pelo Armstrong. E daí ????
    Agora por uma ter errado vai-se achar bem que todas o façam ? Um erro não pode servir de desculpa para erros futuros.
    Alguem que o deite ao chão ,SEM QUERER, antes do inicio do Tourmalet e depois quero ver como é .

    Uma coisa é certa, Contador tão muito pior do que nos outros anos.

  5. Independente de terem visto, porque carga de água tinham eles de esperar pelo Schleck??? também esperaram no dia que Armstrong caiu 3 vezes??

    a saxo bank e o mesmo schleck também esperou quando no dia de pavé o armstrong furou, ou então melhor ainda, pk não esperou nesse mesmo dia do pavè o andy pelo seu irmão que caiu mesmo ao seu lado???
    claro que não podiam esperar, pois sabiam que naquele dia podiam arrumar com uns quantos favoritos á vitoria final….nunca esquecendo que logo ao segundo dia do tour os mesmos que agora são criticados por falta de desportivismo, foram os mesmos que fizeram com que Andy logo nesse dia não tenha perdido para cima de 8 minutos…..será que agora querem fair play a toda a hora?? haja paciência!!

  6. no dia de SPA toda a gente esperou pelo andy, em Arenberg Cancellara e Andy não esperaram por ninguém, com disse na altura, são situações de corrida. Toca a todos. Toda a gente sabe: o ciclismo é assim, feito destas coisas.

  7. beloki cai ninguem espera. armstrong fura ninguem espera. evans fura ninguem espera. o nibali caiu no giro na etapa da terra batida e ninguem esperou. numa prova de atletismo se alguem cair ninguem espera. numa corrida de carros se um carro se avariar ninguem espera. se o sergio paulinho ,o rui costa ou mesmo o grega bole furasse o andy esperava? NAO ME VENHAM COM TRETAS, E SE QUEREM CULPAR ALGUEM, CULPEI TAMBEM O SANCHEZ E O MENCHOV. o contador nao tinha que esperar

  8. bem eu sou ANTI – CONTADOR , mas agora voces metam se no lugar dele , voces iam atacar , e uma volta a franca nao a portugal , e os outros atacaram porque contador podia ir sozinho para meta e ganhar tempo para todos , mas ta visto e mais que visto que ANDY e um grande ciclista , como eu custumo dizer DEUS NAO DORME —-

  9. Acho que se o contador esperasse tinha uma atitude muito bonita, uma atitude de desportista. Óbvio que ele não tinha nada que esperar mas só lhe ficava bem. Também acho que o contador é o melhor ciclista e não tem nada a provar mas sinceramente espero bem que se f…
    E depois é um hipócrita. Se ataca, ataca, não vem dizer que não se apercebeu quando na tv se vê ele a olhar para trás. Parece que afinal teve necessidade de se justificar e por isso não deve estar bem com a sua consciência. Enfim, pior que não ter fair play para mim é ser hipócrita

  10. É bom que o Schleck ataque em força no Tourmalet é que 2minutos para o Menchov podem não ser suficientes no contra-relógio.

  11. Boa noite pessoal!! noticia de ultima hora a UCI vai lançar uma nova leia para proxima epoca, sempre k um ciclista cair,furar,avariar etc o grupo tenhe k esperar por ele, mesmo k ate aconteca no grupeto.. ja agora parece k tb bom mandar o contador para casa por nao esperar pelo andy

  12. Boas, Os que estao hoje a criticar o Contador porque e que nao criticaram o Andy na etapa dos Paves, a exepçao do C.Evans todos tiveram de parar devido a queda do Frank e todos perderam tempo enquanto o Cancelara levava o Andy a ganhar tempo a todos, nao gostam do Contador porque e o melhor, o Andy pode ser ate melhor na montanha mas nos CR e muito fraco e o Tour e ganho por ciclistas completos, dificilmente o Andy ganhara um Tour.

  13. Só gentes de bem aqui comentam, fora isto matam e esfolam, mas vejam lá que por o Contador não ter esperado que ainda o pregam à cruz, ridiculo … Havia ele de ficar à espera? Se calhar também queriam que ele o empurrasse, e depois iam os dois, Contador e Andy perseguir o Sanchez e o Menchov? LOL

    Enfim … Falam falam, mas nunca lá estiveram dentro!

  14. Eu axo k n xe tratava de experar pelo andy max xim de n atakar. ninguem esperou pelo lance max tb ninguem atacou para lhe ganhar tempo.

  15. Não se apercebeu???? Se calhar AVARIOU O RADIO…… sinceramente o contador até podia ganhar 20 tours que nunca extaria perto dos calcanhares do Armstrong. Devia ter vergonha e admitir o que fez.. ta cheio de medo do Schleck por isso fez isto…. No Tourmalet o Schleck vai mostrar quem e o melhor trepador da actualidade… CARREGA SCHLECK!

  16. Se não tivesse havido fair.play anteriormente, o Andy já estaria a mais de 3 minutos, lembram-se? Óleo na estrada? Afmito que o Contador assobiou para o lado e fingiu que não percebeu. Mas fosse ao contrario, o Andy pararia para fumar um cigarro à beira da estrada?

  17. quando o ARMSTRONG furou no PAVÊ  o andy schleck  também nao esperou por ninguem por isso toca-lhe a ele tambem…ahhhh e o saber mudar de pedaleira faz parte da qualidade do ciclista ,   um  furo é k já se pode considerar azar…

  18. Gostava que me disse-sem onde esta escrito que o Contador neste caso devia ter esperado pelo Schleck.
    Que eu saiba isto do desportivismo é muito bonito, mas quase todos nos da-mos as nossas voltas de fim de semana e gostamos sempre
    de ser os primeiros naquela subida ao pé de casa.
    Agora imaginem quem faz disto a sua vida e trabalha um Ano Inteiro para estar em forma para o TOUR, e ganha a vida a andar de bicicleta.
    Agora imaginem também o que o Contador teria de dizer aos patrocinadores, caso perdesse o Tour por causa do desportivismo!!!

    Pensem nisso e depois opinem…

  19. Mas afinal isto é uma competição ou um encontro de amigos? Numa corrida de automoveis quando um carro avaria os outros concorrentes param? Se o Schleck tivesse um furo tinham que esperar por ele? Então antes disto acontecer o Schleck não tinha atacado o Contador porque ele estava tapado e ia mal colocado? Vamos mas é deixar de hipocrisia, reconhecer de facto o azar do Schleck, mas daí ate estar a condenar o Contador parece-me pouco razoavel. O Conatador não vai necessitar destes segundos de vantagem, pois no dia do contra relogio vai passar-lhes o respectivo recibo. O Schleck deve é começar a preocupar-se com o Menchov, pois começa a ter dificuldades em manter um lugar no podio, ainda ontem a maior preocupação dele era marcar o Contador esquecendo-se de outros adeversário que lhes podem ganhar lugares na geral….
    FORÇA CONTADOR! JÁ DEMONSTRASTE QUE É MUITO DIFICIL BATEREM-TE. SÓ NÃO TENS 3 VITORIAS NO TOUR PORQUE FOSTE IMPEDIDO EM 2008….

  20. O contador vai mostrar que vai merecer ganhar o tour, e que nºao foi por causa da avaria do andy…

  21. isto nao e cicloturismo. acho bem que o contador tenha seguido. e mais nao me parece que mais alguem tenha esperado. logo a culpa nem e do contador.

    se ainda fosse quando ia tudo junto ainda se compreenderia esperarem. agora o shleck ataca e depois queria que esperassem por ele. ja chegou esperarem por ele na etapa 2. isso foi uma palhaçada

    mais uma vez isto e alta competiçao, nao e cicloturismo

  22. quem critica o contador e porque realmente nao percebe nada de ciclismo e realmente nunca andou em cima de uma bicicleta. o armstrong esperou pelo beloki quando este caiu à sua frente, ou sequer mostrou intençao em esperar. isto é uma volta a frança, uma corrida, uma competiçao, azares fazem parte dela. nao compreendo esta historia de fair play, e de uns a esperarem pelos outros. no futebol um jogador por azar marca na propria baliza, a outra equipa vai tb marcar na propria so porque o outro teve azar e entao nao aproveita a situaçao? perdoem.me, mas o schleck e o contador nao iam a treinar, estao a competir. fora de corrida e uma coisa, em cima da bicicleta numa etapa decisiva de uma volta à frança, e completamente diferente.

  23. Houve um dia quem disse-se o fair Play é uma treta é trister ver que realmente é verdade. Embora nada seja ilegal para mim que gosto de ciclismo é triste ver alguem ganhar assim.
    Há campeões e CAMPEÔES

  24. Em primeiro lugar eu não gosto do Contador e gostava imenso que o Schleck ganhasse esta Volta a França!! mas não posso concordar com alguns comentários…os acidentes fazem parte das corridas e também é por isso que o Ciclismo é um desporto espectáculo porque os imprevistos estão sempre a surgir! não se pode atacar quando há um furo? não se pode atacar quando há uma avaria mecânica? desculpem mas não concordo e não se trata de fair play trata-se sim de uma situação que à partida os ciclistas devem contar porque é a estrada que também faz os resultados e é claro que Schleck não foi o escolhido teve sim azar..mas ainda acredito nele para ganhar!

  25. O Ciclismo é um desporto competitivo, onde o objectivo é derrotar o oponente, por forma a obter a glória, o reconhecimento da superioridade frente aos adversários, mas também o respeito dos adeptos, dos media, dos patrocinadores, dos organizadores e de todos os públicos que constituem o Ciclismo.
    A esta atitude cívica por parte dos atletas e equipas, a esta lógica de comportamento e atitude no campo por parte todos os corredores tem-se designado de “Fair-Play, e esta forma de viver o desporto tem vindo a ser promovida em todo o mundo em todas as grandes competições, em todos os grandes palcos do desporto. Porque sem desportivismo não há verdadeiramente desporto.
    A atitude de Contador e dos outros ciclistas deste ponto de vista e no mínimo criticável pois a volta a França ou outra qualquer competição deve ser decidida em cima da bicicleta através fazendo as diferenças através da disponibilidade física, táctica, etc… é verdade que o factor sorte entra sempre nisto tudo. No entanto esse factor sorte tem de ser distinguido do factor azar de um adversário directo. Mas quem sou eu para julgar seja quem for. Mas contador não se livra de que se ganhar esta volta a França irá ser sempre assombrado pelo que se passou hoje tal e qual como o Benfica, ainda que de forma diferente, ficou com o campeonato assombrado pelos túneis.
    Até agora a unica coisa que se pode dar como dado adquirido é a indiferença de Contador para acontecimento e as declarações de sheleck “Estou cheio de raiva. Eu não gostaria de ter a camisa amarela como esse”

  26. Há aqui alguns comentários no mínimo líricos…Esperar outra vez pelo Schlek?!… Já não bastou o turismo na 3ª etapa?!… As avarias fazem parte das corridas, do sucesso e do insucesso. Hoje foi o Schlek a ter azar, no passados foram outros e no futuro outros haverá. A este nível, como disse o treinador do Benfica, o fairplay é uma treta. A história das grandes vitórias está cheia de episódios de sorte e azar, quem chega primeiro é que leva a taça e nem isso torna o Schlek um coitadinho nem o Contador um oportunista, são dois grandes corredores a lutar no mesmo ringue, hoje um teve azar e mais nada…

  27. Por amor de Deus!! Na minha opinião esta discussão é de tolos. Isto é uma Volta a França, não é a corrida do bairro Sto.André. Sao todos adversários e no fim so um vai vencer, é verdade que o Andy teve uma grande infelicidade e não foi o ideal para o espetaculo mas acho que QUALQUER pessoa na situação do Contador faria o mesmo.
    não entendo esta onda de ódio em relação ao Contador quando tanto Menchov e Sanchez tiveram o mesmo comportamento e não vejo nenhuma manifestação em relação a isso!

  28. o que o Contador fez nao se faz. Ver o shelek a por o pe no chão e ataca bom mas a mim ja nada me supreende ou ja se esqueceram o que ele fez o ano passado ao Kloden e era colega de equipa. Enfin….

  29. não falam da 2 etapa que o andy ja ia com quase 5m de atraso e o pelotao esperou por ele????????? neste momento ja tinah dito xauuu ao tour

  30. O Contador tinha todo o direito de seguir no grupo mas eticamente não devia ter puxado. Até tinha ganho com isso pois n se tinha desgastado.
    Penso que no tempo do Armstrong e Ulrich haviam 2 ciclistas mas acima de tudo 2 homens.
    Vai ser interessante ver a postura da Saxo Bank se o Contador furar. Pode a Saxo Bank numa etapa a rolar dar-lhe 5 ou 6 minutos. Tb seria bonito de se ver.

  31. O Contador é um cobarde. Ainda me lembro quando Ullrich fez toda a gente esperar por Lance. Isso sim, é fair-play. Contador é um falso campeão. Um verdadeiro campeão tem de ser um desportista, e não um mercenário como ele. Hoje, Andy Schleck Ganhou milhões de seguidores. Contador… perdeu a credibilidade! Ainda por cima, teve a lata de dizer que não se apercebeu do inidente… Deve pensar que somos todos uns milhões de estúpidos!

  32. Foi com essa solidariedade toda que o Armstrong se foi inteirar da situação de Beloki, há uns anos! Até atalhou caminho.. Deixem-se de tretas. A solidariedade tem limites..

  33. Tava a ver que so eu e que pensava assim.. Ainda bem que ha pessoas que pensam como eu como o zequinha , o tiago vaz e o fabio gerardo.

  34. o contador pagou na mesma moeda que o andy, o andy quando viu o contador a ficar fechado no grupo, atacou logo de seguida… tendo ate sido o vinokourov a responder… depois aconteceu o que aconteceu… mas se repararam o contador nao aumentou o ritmo, tentou ir certinho, tanto que no final da subida ja so eram 12s +-… mas o samuel sanches e o menchov tambem queriam beneficiar da situação…

  35. Se nao fosse o contador a atacar era o Sanchez ou o Menchov e Contador tinha que responder. Penso eu…. verdade?

    mnas sim, o contador hoje foi um pouco .. :S

  36. o menchov e o sanches so atacaram pk um ciclista k lhe chamam pistoleiro atacou…pk sera k ele foi assubiado??? sim ja o contador e astana nao esperaram pelo armstrong e eu k me lembre o contador tava lá atraz e so atacou pk do azar do andy….palhaço… FORÇA ANDY

  37. sabem o que o Andy disse no Twiter:

    Perdi a amarela hoje! Merda acontece, mas a corrida ainda não acabou! Eu vou estar de volta!

  38. Apesar de gostar do Andy acho que se fosse ao contrario o Andy não ia esperar pelo Contador.

    Parabéns ao Voeckler, ele já começa a tomar o gosto de vencer no TOUR.

  39. contador fez o que lhe competia…aproveitar pra ganhar com o azar dos outros..uma vez que este ano nao é ele o melhor corredor em prova…

  40. “Things happen, and everything happens for a reason. People can say what they want but they also have realize that Alberto was one of the guys who waited for me in Spa and that was really a great sign of fair play. Chapeau! Today was a different story, a different scenario but the Tour is not finished.

  41. Na etapa do pavé o Contador nao caiu , nem furou nem nada do genero .. Ia mal colocado e ficou na queda e nesse dia o Andy abdicou do seu proprio irmão mas penso que nao ficava nada mal ao contador ter esperado pelo Andy .. Mas fora isso depois o Andy conseguiu tirar tempo o que vem a provar que tá tão ou mais forte que o Contador na Allta Montanha mas o TOUR vai para o Contador sem duvida .

  42. Isto é um corrida e não um passeio ciclistico, Se Andy teve um problema foi uma falta de sorte dele, o Contador está correto, não tem ficar esperando ninguém se fosse ao contrário tenho certeza que Andy ia fazer o mesmo.
    Por isso é que se chama Prova Ciclistica,cada um defende o seu lado, caso contrário seria um simples passeio de primavera.
    Imagina se furasse o pneu de contador Vocês acham que Andy iria parar esperar trocar a roda de Contador???
    É muito fácil vocês falarem do lado de fora da corrida, pois lá dentro o clima é completamente diferente…Então parem de falarem ASNEIRAS…
    Contador,Menchov,Sanchez, Vinokourov tem atacar sim sem Dó…..afinal ciclismo é isso ataque em cima de ataque, se não gostaram vão jogar Xadrez.

  43. TENHO QUE LEVAR COM CADA BURRO. O Contador não presta e era bem feito que algum maluco o atirasse por uma ribanceira abaixo.

    O facto de não terem esperado pelo Lance Armstrong não siginifica que hoje aquela besta tenha agido bem. Um erro não pode servir para desculpar outro. Mas é claro que eu percebo estes palermas que vêm para aqui tentar defender o indefensável, afinal de contas firmeza de carácter não é para todos.

    Podia pelo menos ter argumentado o que alguns palhaços disseram, ” que não tinha nada que esperar” mas não preferiu dizer que não se apercebeu da avaria. Não presta.
    Que caia por uma ribanceira abaixo !!

  44. Por aqui se encontra muitas vezes maus apreciadores de ciclismo. Contador foi o único a seguir em frente? Sempre que o Schleck tiver um problema vamos ver toda gente parada? Confundir competição com o valor humano de um atleta é no mínimo disparatado. Beloki caiu e quantos esperaram? Gosto apenas de ciclismo e gostava muito de ver Contador e Schleck juntos. Desde Armstrong e Ulrich não se via nada assim. Mas temos que entender que isto é competição. Vejo também que muitos vêm em todas as oportunidades para atacarem a pessoa Contador. Via isto nos tempos de Armstrong. Quando ele se afastou todos já concordavam que ele era o melhor apesar de não gostarem da sua personalidade. Podia dar milhões de exemplos para provar que Contador, Menchov, Broeck e Sánchez não tinham de esperar pelo Andy. Foi manifesto azar. E o desporto também é feito disto. Basta imaginarmos o Contador perder por 20 segundos a Volta a França. O patrocinador ia achar muita piada à brincadeira de ele esperar pelo Andy.
    Tenho dito. Amanhã vamos ter grande etapa de certeza. Este Tour é dos melhores que já vi.
    Parabéns ao Voeckler, que é um dos que mais admiro dentro do pelotão, pela excelente prestação de hoje. É um grande campeão.

  45. Estou a pensar mudar o nick para Cagador… mais uma série de gente para irritar.

  46. Eu gosto do Contador.
    Ha uns anos o Lance caiu numa subida o Ulriche esperou por ele e este quando la chegou atacou de mancinho atacou quando o outro estava distraido, belo ferplay

  47. LIMPINHO. Foi um erro do Shleck a passar as mudanças. Os erros pagam-se caro. CONTADOR Nº1 🙂

  48. Já li os comentários que escreveram em cima, realmente em termos desportivos o contador falhou, no entanto teremos uma coisa boa devido a este episódio, que irá certamente dar outra vida ao Tour, iremos ver o verdadeiro Andy, nas próximas etapas, com necessidade de ganhar tempo a todos, iremos ter uma corrida mais ao ataque não tão á defensiva como foi ontem todos a guardarem todos, como é óbvio o principal aliado na etapa de hoje do Contador foi o Sanchez e o Menchov, pois tinham também a ganhar.
    ACIMA DE TUDO VIVA O TOUR E QUE VENHAM MUITAS GUERRAS E ATAQUES QUE É O QUEREMOS (LUTA ATÉ AO FIM), O VERDADEIRO ESPECTÁCULO DO CICLISMO ACONTECE

  49. palhaços sao voces.o contador nao tinha de esperar por ninguem tal como o shleck nao esperou na etapa do pave.contador vai provar neste tour que e o melhor ciclista nas montanhas e da actualidade.em cima das bicicletas nao a amigos apenas adversarios. e contador nao estava sozinho tinha com ele samuel sanchez e d.menchov que tambem puxaram.força contador vais ganhar o tour e alias nao podes agradar a gregos e troianos.

  50. E mais uma coisa. Tenho a certeza absoluta que se a situação fosse ao contrário o Schleck não iria esperar pelo Contador.

  51. Vocês têm memória curta! Então expliquem me lá como é que o Schleck tinha 31s de vantagem sobre o Contador? Ele por acaso esperou por alguém na etapa do pavê?! Obviamente que não. E será que o Contador foi o único que não esperou? Ou agora também se vão tornar anti-Menchov e anti-Sanchez?!
    Isto é uma corrida e os acidentes/fazem parte dela. O Schleck teve muito azar! E para piorar a situação não tinha ninguém da sua equipa… Os outros simplesmente fizeram o que lhes competia.

  52. mais uma palhaçada do contador….como alguém consegue gostar deste ? ( nem lhe chamo pessoa porque não é)

  53. Inacreditavel o que se passou hoje com o Andy.. Ter saltado a corrente no momento em que atacava e uma coisa inacreditavel. Fez-me lembrar o Evans na Vuelta do ano passado quando furou numa subida tambem . Felizmente os danos para o Andy Schleck nao foram tao graves como esse furo do Evans.

    Acho mal quem critica Contador porque tambem ninguem esperou pelo Armstrong por exemplo e tambem nao nos podemos esquecer que isto e a Volta a França e que estas coisas acontecem.. sao acidentes. Creio que o Schleck nao esperaria pelo Contador se fosse ao contrario pelo simples facto de estarmos numa altura critica da corrida , numa subida importante.
    Alem disso Menchov e Samuel Sanchez tambem iam com o Contador.

    Ainda bem que o Schleck nao perdeu a luta pelo Tour mas as coisas ainda estao piores agora para ele.

    Parabens ao campeao fraces , Voeckler , pela vitoria de hoje.

  54. Concordo com o sr EDUARDO e com o V.S …

    Ainda diz Contador que nao se apercebeu… É um mau ser humano….
    Força Shleck

  55. Muito Azar para o Andy e acho que o Contador não deveria ter atacado a corrida, e acho que com o ataque do Andy mesmo depois do azar que teve acho que o Andy está melhor que o Contador…

  56. O Contador não presta.
    Um ciclista que vê um adversário directo, daqueles que lutam pelo pódio, ficar em dificuldades técnicas e aproveitar esse mesmo instante para atacar é no mínimo desprezível.
    Tenho pena que o melhor ciclista da actualidade seja um homem sem carácter.
    Já não morria de amores por ele, a partir de hoje sou anti-Contador.
    Lance Armstrong é um Homem e é também um Ciclista.
    Alberto Contador é apenas um ciclista.

Os comentários estão fechados.