Rafael Reis alcança bronze na prova de fundo do Europeu

O campeão nacional júnior de fundo e de contra-relógio, Rafael Reis, deu hoje a segunda medalha de bronze à selecção nacional no Campeonato da Europa, sendo terceiro na prova de fundo. O corredor natural de Palmela concluiu a corrida de 135 quilómetros com o mesmo tempo do vencedor, o esloveno Blaz Bogataj, que gastou 3h10m59s. A medalha de prata foi conquistada pelo francês Bryan Coquard.

Reis tentou surpreender os adversários, mas não conseguiu levar avante o intente de ganhar isolado. “Ataquei porque sabia que não tinha hipóteses no sprint. Ganhei algum avanço mas os últimos metros foram fatais. Agradeço aos meus companheiros o apoio ao longo da corrida. Depois de não ter feito uma boa prova no contra-relógio reabilitei-me e consegui o bronze, esperava mais nas não consegui melhor. O próximo objectivo será vencer a Volta a Portugal de juniores”, disse Rafael Reis.

A formação nacional alinhou com cinco corredores, dos quais três chegaram ao final. Além de Rafael Reis, concluíram a corrida Ricardo Ferreira, 12.º, a um segundo, e João Leal, 59.º, a 25 segundos dos melhores. Leonel Coutinho e Samuel Magalhães não terminaram, devido a quedas.

A nossa estratégia ficou limitada devido às quedas do Leonel Coutinho e do Samuel Magalhães. O Leonel era a nossa aposta, já que a chegada era propícia para sprinters. Sem ele, tivemos de trabalhar de outra forma. Como o Rafael Reis não é rápido, tentou antecipar-se a 500 metros da chegada, mas não foi possível ganhar. Estamos satisfeitos com a conquista de duas medalhas e amanhã ainda temos hipótese de aumentar o pecúlio na corrida de sub-23. Estes resultados que estamos a obter também são da responsabilidade do trabalho que é desenvolvido ao longo do ano pelas equipas portuguesas e temos, obviamente, de lhes agradecer”, declarou o seleccionador nacional, José Poeira.

A participação lusa no Campeonato da Europa que se realiza em Ancara, Turquia, chega amanhã ao fim. A partir das 12 horas portuguesas (14 horas locais), os cinco sub-23 escolhidos por José Poeira partem para os 175,5 quilómetros da corrida de fundo do respectivo escalão. Nelson Oliveira é a principal referência da selecção, contando com o apoio do campeão nacional de fundo, Marco Coelho, de José Gonçalves, António Carvalho e Guilherme Lourenço.

19 comentários a “Rafael Reis alcança bronze na prova de fundo do Europeu”

  1. Para quem neste site, aponto o dedo ao Rafael Reis por falta de humildade, aqui está a prova, que se o disse é porque sabia que era capaz de trazer uma medalha no CR. Quem o conhece sabe perfeitamente das suas capacidades! Bem acompanhado e com juizo…. vai ser corredor! Portanto, apoiem o rapaz e n
    ao o deitem abaixo!

  2. Bem afinal de contas temos de dar os parabens não so ao Rafael mas sim aos restantes elementos que o ajudaram para conseguir este facto. Toda a gente sabe que aq equipa tem um papel bastante inportante .
    Foi pena o Samuel e o Leonel sofrer estes precalsos. O samuel quando teve a queda ia numa fuga onde ele e o joão leal estiveram um papel bastante importante a saltarem aos ataques mais perigosos e que viu em directo no canal de televisão pode confirmar o grande trabalho da selecção o samuel abandonou devido as fortes dores sufridas na queda e o joao leal ficou preso em metade do pelutao que caiu perdendo ai 25 segundos.O leonel tambem se elnvolveu numa queda partindo a roda de traz estando bstante tempo a espera de um carro de apoio neutro.

  3. Sem dúvida que se deve dar os parabéns a todos os jovens atletas pelo esforço e empenho na representação da nossa nação e que alegrias nos nos tem dado nestes últimos dias. Infelizmente em comparação com a dita modalidade “rainha” que só nos dá desilusões o ciclismo não é tão visível injustamente pela imprensa generalista.
    Continuando é preciso não esquecer e dar aqui também os parabéns ao trabalho de todos dentro das equipas destes atletas durante a época como observou o seleccionador nacional e muito bem e que aqui eu lhe quero prestar também a justa e devida homenagem, PARABÉNS José Poeira e a toda a equipa da FPC e às empresas que apostaram na ajuda da formação dos jovens.

  4. afinal o lugar do ricardo e 12 ..so sairam as classificaçoes agora e o comissario tinha dito que era 11 mas ouve um engano…

  5. Já estou a ver o aeroporto cheio de portugueses para receber os nossos atletas de bandeiras na mão e a gritar por Portugal. Ah pois, isto é Portugal, n vamos ter nada disso.
    Os meus parabens aos medalhados e a todos os que estão no Europeu.
    A formação Portuguesa está a evoluir, pena a continuidade não estar assegurada.
    Já está na hora de uma das grandes empresas tipo: Ctt, Pt, Edp, etc de criarem uma equipa Pro Tour com ciclistas Portugueses. Temos valor suficiente para isso.

  6. o ricardo vale nao é 12 mas sim 11. e caiu duas vezes e trocou de bicicleta uma vez a 4 voltas do fim. nao acabou com a sua bicicleta mas sim com a da selecçao, a qual nao esta habituado e conseguio fazer um excelente resultado e ajudou.me na chegada á frente da corrida. o Samuel encontra-se bem sem problemas, foi mais do susto. e o leonel igual.

    obrigado.

    Ass:
    Rafael Reis

  7. É com grande alegria se recebe estas noticias, grande europeu estão a fazer os nossos ciclistas portugueses, aproveito desde já para dar os parabens ao Rafael, bem como, a toda a selecção pois os resultados não se conseguem sem equipa.
    As melhoras para o coutinho e o samuel, e se o coutinho não tivesse estes azares poderia ter discutido o europeu tal como fez o reis, pois e um verdadeiro sprinter. A todos um grande abraço e os meus parabens

  8. Alguem sabe dizer alguma coisa sobre como estao o samuel e o coutinho? sem duvida que eles podiam ter feito muito melhor, mais resultados se o azar nao tivesse batido a porta deles…. que azar! continuai a subir miudos!!! No mundial podeis fazer historia e elevar o noso pais aos lugares mais altos!!!

    Parabens reis! fizeste um excelente trabalho.
    ou muito me engano ou o que ganhou foi o que ganhou na alemanha o coutinho fez 3º e o ue fez 2º foi o que ganhou na republica checa ao reis na ultima etapa.

    cumprimentos

  9. Parabéns,mais uma página brilhante do nosso ciclismo.

    Quanto ao outro dia , era fundamental “um puxão de orelhas” pelas tuas palavras pouco adequadas,serve de lição certamente.

    Da minha parte foi o que fiz…”puxão de orelhas”,nunca coloquei em causa o teu valor…..pena que alguns comentadores que por aqui passam não tenham capacidade suficiente para entender.

  10. Porque nem todos os dias correm como esperamos, hoje foi sem dúvida o dia para o RAFAEL REIS demonstrar que o seu lugar é sempre entre os primeiros e que nem as críticas o conseguem desanimar; PARABÉNS por conseguires levantar as cores da Bandeira Portuguesa.

    Não esquecer que todos os restantes colegas da selecção estão de PARABÉNS

  11. PARABÉNS RAFA continua assim que vais dar muitas alegrias para Palmela e PORTUGAL ÈS UM CAMPEÂO!

  12. PARABÉNS CAMPEÃO !! afinal há mesmo ” DIAS ASSIM ” grande resultado ! o ciclismo português parece querer entrar no bom caminho. Estes resultados que temos conseguido nos vários escalões a nível internacional, são a melhor prenda para o nosso ciclismo. PARABÉNS !!!!!
    Eduardo Azevedo.

  13. Então onde andam as liguas de mal dizer agora mordem a propria lingua porque quem trabalha e ambiciona sempre alcança boa resposta Reis és o maior.
    Mais uma alegria para portugal continua assim deixa falar quem fala porque não chegam a lado nenhum pobres imbecis.

  14. Este jovem atleta, se não se perder, vai ser com certeza, um caso muito sério no ciclismo internacional. Podem escrever

Os comentários estão fechados.